Mia Wasikowska

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mia Wasikowska
Mia no Festival de Berlim em 2018.
Nascimento 25 de outubro de 1989 (30 anos)
Camberra, Território da Capital
 Austrália
Nacionalidade australiana
polaca
Ocupação Atriz
Atividade 2004 - presente
Outros prêmios
Young Artist Awards
2010 - Alice in Wonderland (melhor nhã jovem atriz)

Mia Wasikowska[1] (Pronuncia:vah -shi- kof -skə,[2] Canberra, 25 de outubro de 1989) é uma atriz australiana, de ascendência polonesa.[3][4]

Ganhadora do Young Artist Awards de melhor atriz, conhecida por ter interpretado o papel de Alice no filme Alice in Wonderland (Alice no País das Maravilhas), de Tim Burton (2010).[5]

Ela estreou em série de drama na televisão australiana All Saints em 2004,seguida de sua estréia no cinema em Suburban Mayhem(2006).[6]Ela se tornou conhecida pela audiência após seu trabalho aclamado pela crítica na série de televisão HBO In Treatment e ela recebeu uma indicação para o Independent Spirit Awards.[7]

Ela ganhou proeminência em todo o mundo em 2010,depois de estrelar como Alice no filme de Tim Burton,Alice no País das Maravilhas.Em 2011, Wasikowska interpretou o personagem-título em Jane Eyre recebendo aclamação da critica pelo seu trabalho.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Mia nasceu e foi criada em Canberra, capital da Austrália, onde continua a residir com os pais e dois irmãos.[8][9] Dos nove aos quinze anos de idade, dançava balé 35 horas por semana, aspirava se tornar uma bailarina.[9][10] Mia é filha de mãe polaca.

Em 2006 decidiu centrar-se na carreira de atriz. Como resultado, foi nomeada para um prêmio AFI na categoria jovem ator/atriz. Mia trabalhou nos Estados Unidos na série da HBO, In Treatment, e foi também escolhida para interpretar Alice na adaptação de Tim Burton de Alice no País das Maravilhas, na qual estrelou ao lado de Johnny Depp, Helena Bonham Carter, entre outros. Ainda em 2010 participou do filme The Kids Are All Right, protagonizado por Julianne Moore, Annette Bening e Mark Ruffalo.

2004-2008:Inicio de carreira[editar | editar código-fonte]

Wasikowska conseguiu seu primeiro papel em 2004,em dois episódios da série australiana All Saints. Aos 15 apareceu em vários episódios de Suburban Mayhem,pelo qual recebeu uma indicação para o prêmio AFI de melhor jovem ator.[11]No mesmo ano,ela também apareceu em seu primeiro curta-metragem intitulado Lens Love Story.[12]

Em 2007,Wasikowska apareceu no filme de terror crocodilo Rogue, ao lado de Radha Mitchell e Sam Worthington. for which she received a nomination for a Young Actor's AFI Award. Ela então estrelou o aclamado curta-metragem de Spencer Susser,I Love Sarah Jane,que estreou no 2008 Sundance Film Festival.[13]

Com dezessete anos,Wasikowska recebeu seu primeiro grande papel nos Estados Unidos quando foi escolhida como Sophie,uma ginasta suicida, no aclamado drama semanal da HBO,In Treatment,depois de fazer uma audição para o papel por fita de vídeo. A exposição levou Wasikowska a escolher suas primeiras aparições no cinema americano. Ela desempenhou o papel de Chaya ao lado de Jamie Bell em Defiance. Wasikowska desempenhou o de Pamela Choat no filme independente do Southern Gothic de 2009.

2008-2011:Ascensão e reconhecimento[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2008,depois de uma longa pesquisa, Wasikowska foi lançada como a heroína homônima no filme de Tim Burton em Alice in Wonderland ,ao lado de Johnny Depp,Helena Bonham Carter e Anne Hathaway. O filme foi um sucesso mundial de bilheteria e levou a Mia a uma ascensão mundial.Wasikowska retratou uma Alice de 19 anos de idade,retornando ao País das Maravilhas pela primeira vez em mais de uma década depois de fugir de uma proposta de casamento indesejada.

Pareceu mais tarde em The Kids Are All Right,interpretando Joni,a filha de um casal de lésbicas( Annette Bening e Julianne Moore) que foi concebida através de inseminação artificial. Em 25 de outubro,Wasikowska foi honrado com as concessões de Hollywood Award Breakthrough de melhor atriz,que foi entregue a ela por Bryce Dallas Howard,ela ganhou no mesmo ano o Prêmio Internacional Australian Film Institute de Melhor Atriz por seu desempenho Em Alice no País das Maravilhas.De acordo com a Forbes,Alice in Wonderland estava entre os filmes de maior bilheteria de 2010 com US $ 1,025 bilhão. A partir de janeiro de 2017,é o filme em 25º nas maiores bilheterias de todos os tempos.[13]

De março a maio de 2010, Wasikowska filmou a adaptação de Cary Fukunaga intituladao Jane Eyre, na qual estrelou ao lado Michael Fassbender.[14]Wasikowska recusou participar no drama de Robert Redford em 2011,The Conspirator,para atuar como a personagem principal em Restless. Em 21 de abril de 2011 Wasikowska foi nomeada para o Time 100 , uma lista das pessoas mais influentes do mundo.

2012-presente[editar | editar código-fonte]

Em 2011, Wasikowska apareceu ao lado de Shia LaBeouf em Lawless. No final do ano,ela filmou a primeira direção em inglês do diretor Park Chan-wook ,Stoker.Lawless estreou em Cannes em maio de 2012,enquanto Stoker estreou em Sundance em janeiro de 2013. Ambos bem recebidos pela crítica.

Apareuce em The Double,em 2012. [67] Em julho, ela apareceu no drama de Jim Jarmusch Only Lovers Left Alive no qual ela interpreta a irmã mais nova de Tilda Swinton. Em julho de 2013,Wasikowska começou a filmar Maps to the Stars de David Cronenberg.Wasikowska substituiu Emma Stone no romance gótico Crimson Peak,dirigido por Guillermo del Toro,no qual estrelou junto com Tom Hiddleston e Jessica Chastain.

Em maio de 2015, Wasikowska se juntou ao elenco do próximo filme de suspense histórico de Cédric Jimenez intitulado HHhH,baseado no romance do mesmo nome,estrelado por Jason Clarke,Rosamund Pike,Jack O'Connell e Jack Reynor. Wasikowska retomou o papel de Alice em Alice Through the Looking Glass,a sequela de 2016 de Alice no País das Maravilhas . [14]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Filmes
Ano Título Papel Notas
2006 Lens Love Story Garota Curta-metragem
Suburban Mayhem Lilya
2007 Moondance Alexander Bella Wonder
Skin Emma Curta-metragem
Cosette Cosette
September Amelia Hamilton
Rogue Sherry
2008 I Love Sarah Jane Sarah Jane Curta-metragem
Summer Breaks Kara
Defiance Chaya Dziencielsky
2009 That Evening Sun Pamela Choat
Amelia Elinor Smith
2010 The Kids Are All Right Joni
Alice in Wonderland Alice Kingsley
2011 Restless Annabel Cotton
Jane Eyre Jane
Albert Nobbs Helen Dawes
2012 Lawless
2013 Stoker India Stoker
The Double Hannah
Tracks Robyn Davidson
2014 Maps to the Stars Agatha Weiss
Only Lovers Left Alive Ava
Madame Bovary Emma Bovary
2015 Crimson Peak Edith Crushing
2016 Alice: Through the Looking Glass Alice Kingsley
2017 The Man with the Iron Heart Anna Novak
2018 Damsel Penelope
Piercing Jackie
2019 Judy and Punch Judy
Blackbird Anna
Televisão
Ano Título Papel Notas
2004-2005 All Saints Lily Watson 2 episódios
2008 In Treatment Sophie 9 episódios

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmios
Ano Resultado Premiação Categoria Título
2006 Indicado Australian Film Institute Awards Suburban Mayhem
2009 Venceu Special Jury Awards Melhor elenco That Evening Sun
Indicado Australian Film Institute Awards Melhor atriz In Treatment
2010 Indicado Independent Spirit Awards Melhor atriz coadjuvante That Evening Sun

Referências

  1. Stern, Marlow (1 de março de 2013). «Mia Wasikowska's Psychosexual Turn in 'Stoker'». The Daily Beast. Consultado em 6 de outubro de 2013 
  2. Bahr, Lindsay (22 de novembro de 2013). «'Alice in Wonderland 2' and 'The Jungle Book' snag release dates». Entertainment Weekly. Consultado em 23 de novembro de 2013 
  3. «Jesse Eisenberg and Mia Wasikowska go public with their romance as they kiss publicly in Toronto - Daily Mail Online». Mail Online. Consultado em 7 de outubro de 2014 
  4. «Mia Wasikowska on doppelgangers, dancing and developing survival instinct». The Independent. 30 de março de 2014. Consultado em 9 de novembro de 2014 
  5. Dow, Steve (31 de outubro de 2015). «Crimson Peak's Mia Wasikowska in sharp focus». The Saturday Paper. Consultado em 1 de maio de 2016 
  6. Celebrating the Achievements of our Past Students, ACT Government, consultado em 31 de janeiro de 2017, cópia arquivada em 31 de janeiro de 2017 
  7. Celebrating the Achievements of our Past Students, ACT Government, consultado em 31 de janeiro de 2017, cópia arquivada em 31 de janeiro de 2017 
  8. «Career roll taking Mia Wasikowska to the top». The Daily Telegraph. 29 de novembro de 2007. Consultado em 31 de janeiro de 2009 
  9. a b Fulton, Rick (1 de janeiro de 2010). «Exclusive: Alice in Wonderland role earns Mia Wasikowska place at Hollywood's top table». Daily Record. Consultado em 1 de janeiro de 2010 
  10. Wasley, Alice (24 de setembro de 2008). «Melissa George and Mia Wasikowska in HBO's new drama In Treatment». The Daily Telegraph. Consultado em 26 de setembro de 2008 
  11. Kingma, Jennifer (25 de setembro de 2012). «The world's her oyster». SMH. Fairfax Media. The Sydney Morning Herald. Consultado em 30 de junho de 2015 
  12. Kingma, Jennifer (25 de setembro de 2012). «The world's her oyster». SMH. Fairfax Media. The Sydney Morning Herald. Consultado em 30 de junho de 2015 
  13. a b Haramis, Nick (24 March 2011). «Mia Wasikowska, Once More Through the Looking Glass». BlackBook. Consultado em 24 March 2011  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  14. a b «Mia Wasikowska & More Join David Cronenberg's 'Maps To The Stars,' Some Story Details Revealed». Consultado em 17 de março de 2013 
Ícone de esboço Este artigo sobre um ator ou atriz de cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.