Mr. Brownstone

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Mr. Brownstone"
Canção de Guns N' Roses
do álbum Appetite for Destruction
Lado A "It's So Easy" (Reino-Unido, A-side duplo)
"Welcome to the Jungle" (EUA)
Gravação Rumbo Studios, Canoga Park, Califórnia; Take One Studio, Burbank, Califórnia; Can Am Studio, Tarzana, Califórnia
Gênero(s) Hard rock
Duração 3:49
Gravadora(s) Geffen
Composição Izzy Stradlin, Slash
Produção Mike Clink

"Mr. Brownstone", é uma canção da banda de rock estadunidense Guns N' Roses e incluída em seu álbum Appetite For Destruction de 1987. Foi escrita por Izzy Stradlin e Slash no apartamento de sua noiva "Desi", enquanto conversavam sobre o vício dos dois em heroína como pode ser visto em parte da letra "I used ta do a little but a little wouldn't do So the little got more and more I just keep tryin' ta get a little better Said a little better than before" (ou em português "Eu costumava usar um pouco mas um pouco não dava então o pouco foi aumentando mais e mais eu só tentava ficar um pouco melhor digo, um pouco melhor que antes"). A palavra "Brownstone" é um segundo nome para "Heroína"). Foi o primeiro single da banda a ser lançado pela Geffen[1]. Mr. Brownstone foi o primeiro single do Guns N' Roses no Reino Unido, aparecendo no Lado A, do outro lado "It's So Easy"

Lançamento do Single[editar | editar código-fonte]

"Mr. Brownstone" não foi lançado no mundo inteiro como todos os outros singles do Appetite for Destruction, ele foi lançado somente no Reino Unido mas pela vez foi conhecido no Lado B para "It's So Easy" e "Welcome to the Jungle" por outras partes do mundo, ele foi negligenciado do seu álbum "Greatest Hits", possivelmente devido ao fato de que era um único single britânico.

Ao vivo[editar | editar código-fonte]

Embora ele nunca foi lançado no mundo todo como um single, "Mr. Brownstone" é usado como "grampo" nos shows do Guns N' Roses. Pertenceu no setlist de quase todos os shows desde 1986 e é tocado no início do show, geralmente. Velvet Revolver também tocou uma vez a música ao vivo com Izzy Stradlin pois ele fez uma aparição ocasional.

Referências

  1. Bozza, Anthony, & Slash (2007). Slash. Harper Entertainment: Nova York. pp. 142