Este é um artigo bom. Clique aqui para mais informações.

Nemesis (Resident Evil)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nemesis
Nemesis em Resident Evil 3: Nemesis.
Informações gerais
Nome no Japão Nemesis (追跡者)
Série de jogos Resident Evil
Primeiro jogo Resident Evil 3: Nemesis
Informações pessoais
Ator em filme Matthew G. Taylor

Nemesis (追跡者?), também chamado de Pursuer[1] ou Chaser (追跡者, Tsuisekisha?),[2][3] é um personagem fictício da série Resident Evil. Criado pela Capcom, apareceu pela primeira vez em Resident Evil III: Nemesis, antes de emergir em outros títulos e participações especiais. O vilão também aparece em vários produtos e no filme Resident Evil: Apocalypse. O personagem foi dublado por um ator não-creditado no jogo e interpretado pelo ator Matthew G. Taylor no filme.[4]

Nemêsis é uma arma bio-orgânica[5] criada pela Umbrella Corporation como uma forma de supersoldado. Desenvolvido como um aprimoramento do último ser da Umbrella, o Tyrant, Nemêsis pode usar armas e pensar de forma independente o suficiente para superar obstáculos a fim de completar sua missão. Solto em Raccoon City durante a infecção do T-Vírus, suas ordens eram para assassinar todos os membros dos S.T.A.R.S que sobreviveram ao incidente da mansão, com Jill Valentine sendo o seu alvo principal.

Desde a introdução de Nemêsis, o personagem foi bem recebido e é lembrado como um dos mais populares da série. Publicações, como a GamePro, elogiaram seu papel como um vilão intimidador, enquanto outras, como IGN e GameDaily, o consideram um dos seus monstros mais assustadores e favoritos dos jogos eletrônicos. O público em geral, também elogiu o personagem, recebendo uma menção no Filter da G4 e na GameSpot, como um de seus vilões favoritos de todos os tempos.

Concepção e Desenho[editar | editar código-fonte]

Introduzido em Resident Evil III, Nemêsis foi desenhado sob o conceito de um "monstro enorme e opressor que poderia usar armas e [...] localizar pessoas inteligentemente em qualquer lugar". Durante o desenvolvimento, muitos esboços diferentes foram considerados. Apesar de alguns elementos terem permanecido constantes entre eles, os primeiros apresentavam diversos graus diferentes de danos na superfície, assim como, opções diferentes para a vestimenta, tais quais: um colete à prova de balas ao invés de um casaco ou um desenho nu similar ao Tyrant original de Resident Evil.[6]

Na história da série, Nemêsis é o resultado da infecção de um Tyrant (uma arma biológica humanóide criada para ser a forma de vida definitiva[7]) com um organismo parasítico, criado para aumentar sua inteligência. Ao ser infectado, o parasita toma o controle do sistema nervoso do Tyrant, formando seu próprio cérebro e permitindo-lhe seguir instruções precisas e tomar decisões sem a necessidade de instruções constantes. Vestindo calças, um sobretudo, botas e luvas pretas, Nemêsis está armado com um lança-mísseis, montado em seu braço esquerdo.[8] Para enfatizar seu desenho como um protótipo, os desenvolvedores do jogo deixaram músculos expostos em seu corpo e adicionaram pontos para cobrir o olho direito.[9] Sua outra característica marcante é dizer o nome do alvo ao vê-lo e assim, o atacar.[8]

As secreções do parasita, lhe concede habilidades regenerativas elevadas, que resultam em danos à pele e a emergência de tentáculos adicionais, assim como, mutações imprevisíveis para resistir aos ataques futuros.[10] Em Resident Evil III, os instintos de sobrevivência da criatura, eventualmente excedem sua programação, fazendo com que o corpo do hospedeiro rejeite o parasita e se transforme em um órgão digestivo gigante. Apresentando grandes protuberâncias centrais de osso e tentáculos alongados, ele rasteja em busca de uma presa, ao mesmo tempo, em que continua tentando completar sua missão, apesar de agora, sua inteligência estar reduzida.[8] Este desenho provou ser o mais difícil para a equipe de desenvolvimento do jogo, uma vez que tentaram deixá-lo, da forma mais única possível.[9]

Aparições[editar | editar código-fonte]

Nos jogos eletrônicos[editar | editar código-fonte]

Nemêsis, nomeado à partir da deusa da vingança da mitologia grega, aparece primeiramente em Resident Evil III como o personagem-título do jogo e o principal antagonista. Um produto de anos de pesquisa,[11] o protótipo é enviado pela Umbrella Corporation para caçar e matar os S.T.A.R.S. como um teste de campo e como vingança pela destruição do Tyrant original.[9] A protagonista do jogo, Jill Valentine, encontra o monstro pela primeira vez do lado de fora da delegacia de polícia de Raccoon City, onde ele mata Brad Vickers e então à persegue, pronunciando "STARS..." toda vez que vê a moça. Nemêsis continua seguindo Jill pelo jogo, atacando-a com socos e lhe agarrando pelo pescoço, e depois utilizando o lança-mísseis. Após perder seu sobretudo como resultado de vários danos, o monstro se transforma e ganha a habilidade de atacar com tentáculos longos que podem se estender. Apesar de posteriormente ser submergido em ácido, Nemêsis continua a perseguição e se modifica para um monstro muito maior, após absorver um Tyrant morto, obtendo a habilidade de vomitar veneno. Por fim, Jill finalmente o destrói, usando um canhão elétrico.[12]

Nemêsis também aparece em Resident Evil: Survivor II, caçando o jogador, se ele falhar em completar o nível antes do limite de tempo acabar e o matando instantaneamente se o atingir. O monstro também pode ser enfrentado como um chefe secreto, armado com um lança-mísseis, se o jogador atingiu as condições próprias ao concluir o jogo.[13] O vilão retorna em um dos capítulos de Resident Evil: The Umbrella Chronicles, no qual ele persegue Jill da mesma maneira que é vista no jogo original e muda a sua forma para a secundária, como um chefe.[1] Nos jogos portáteis, o monstro é visto também em Biohazard: Zombie Shooter onde, por questões de censura, era mostrado numa cor cinza.[14] Ele também é visto em Resident Evil: The Missions,[15] Biohazard: The Stories[16] e Biohazard: The Episodes,[17] nos quais, em pequenas missões, perseguia Jill pelas ruas e na delegacia de Raccoon City. Ele também aparece em Resident Evil: Operation Raccoon City, onde sua programação está danificada e o serviço de segurança da Umbrella é enviada para encontrar um parasita capaz de consertá-lo. Uma vez encontrado, os jogadores devem derrotar Nemêsis e injetar o parasita no monstro.[18]

Junto com Jill, Nemêsis também aparece no título da Capcom Under The Skin,[19] e age como um chefe, do qual o jogador deve roubar moedas, em um nível inspirado em Raccoon City.[20] Alguns cards de personagem para o monstro apareceram em SVC: Card Fighters' Clash II: Expand Edition e na sua sequência para Nintendo DS.[21]

Nemêsis, juntamente com outros personagens da franquia Resident Evil, como Albert Wesker, Chris Redfield e Jill Valentine (por meio de DLC's) aparecem como personagens jogáveis no jogo de luta da Capcom: Ultimate Marvel vs. Capcom III. Posteriormente, somente Nemêsis e Chris retornariam como personagens jogáveis no jogo seguinte: Marvel vs. Capcom: Infinite, sendo que nesse último, o vilão faz uma aparição como um chefe no modo história, onde é derrotado por Chris e Mike Haggar, da franquia Final Fight.

Nos Filmes[editar | editar código-fonte]

Nemêsis aparece no filme Resident Evil: Apocalypse, sendo interpretado pelo ator Matthew G. Taylor. O desenho do personagem permaneceu relativamente intacto, apresentando um lança-mísseis e um traje similar, mas, com a adição de um canhão elétrico montado em seu antebraço,[22] modelado a partir de uma minigun fortemente modificada. O diretor Paul W. S. Anderson comentou que a adição da arma foi inspirada na idéia de Nemêsis "andar por aí com uma arma gigantesca e poderosa em cada mão e ficar quase que indeciso quanto a qual arma utilizar".[4] A roupa para o personagem foi criada pela Kropserkel Inc. e PJFX Studios, e possui uma altura de aproximadamente dois metros e vinte centímetros,[23] pesando cerca de 45 quilos.[24] Após a produção de Resident Evil: Apocalypse ter sido finalizada, a roupa foi restaurada e posta para exibição nos escritórios da Kropserkel.[24]

Ainda que o desenho de Nemêsis tenha permanecido similar, o personagem em si foi expandido, agora retratado como um vilão trágico. Anteriormente Matt Addison, um sobrevivente dos eventos do primeiro filme, foi infectado com o T-Vírus após ser arranhado por um licker e mais tarde capturado pela Umbrella Corporation, tornando-se uma cobaia. Transformado em Nemêsis, ele é enviado para assassinar os membros sobreviventes dos S.T.A.R.S, mas, relembra a sua humanidade após lutar contra Alice, lutando ao lado dos protagonistas, próximo ao término do filme.[25] Nemêsis é eventualmente esmagado por um helicóptero, e mais tarde, morto pela explosão nuclear que destrói Raccoon City.[26]

Nas adaptações impressas[editar | editar código-fonte]

O vilão foi incluído em um manhua de Lee Chung Hing, publicado em Hong Kong em 1999, que adaptava Resident Evil III, intitulado Biohazard III: Last Escape, seguindo o título japonês do jogo. A série de 27 edições aumenta a história do passado de Nemêsis, detalhando sua origem, ao mostrar a infecção e a transformação do Tyrant original pelo parasita que o gerou. Alguns elementos foram modificados, como o fato de Nemêsis, ter ambos os olhos inicialmente, perdendo o olho direito e ganhando grampos cranianos somente após um encontro com Jill.[27] A história em quadrinhos também introduz os personagens de Resident Evil II no enredo, o que resulta em um confronto entre Nemêsis e o mutado William Birkin, próximo ao final da série.[28]

Em 2000, a Simon e Schuster publicou uma romantização de Resident Evil III, escrita por S. D. Perry. Apesar de não ter sido mudado em sua maioria, Nemêsis é imediatamente reconhecido como um Tyrant modificado no romance,[29] e passa a ser chamado dessa forma por Jill Valentine, após esta ponderar quanto ao porquê ele à caça.[30] Ao invés de sofrer uma mutação devido aos danos recebidos, Nemêsis se modifica, perto do final da história, na sua perseguição à Jill,[31] com sua segunda forma do jogo, sendo sua aparência real, aquela debaixo do seu sobretudo.[32]

Uma romantização de Apocalypse escrita por Keith R. A. DeCandido foi lançada em 2004. No livro, Matt e Nemêsis agem como personalidades separadas dentro de um mesmo corpo, ambos conscientes, sendo Nemêsis o dominante. Matt eventualmente recupera o controle, após seu corpo ter sido empalado em um caco de metal, enquanto lutava contra Alice, quando a moça mostrava ao vilão suas memórias de experimentações da Umbrella.[26] O personagem é posteriormente mencionado na romantização de Resident Evil: Extinction, na qual o antagonista, Dr. Isaacs, considera Nemêsis, o seu maior sucesso e o seu maior fracasso, odiando menções à ele e culpando o desejo da Umbrella de enviá-lo à um teste de campo imediatamente.[33]

Impacto cultural[editar | editar código-fonte]

Promoções e Produtos[editar | editar código-fonte]

Nemêsis aparece na capa de todas as versões de Resident Evil III,[34] e foi mencionado proeminentemente nos panfletos de Resident Evil: Survivor II.[13] A Capcom também lançou produtos comerciais modelados à partir do personagem, como uma máscara de Dia das bruxas em tamanho adulto,[35] e mais tarde, um anel prateado modelado à partir da cabeça de Nemêsis, disponível para compra através de sua loja online japonesa.[36] A empresa Palisades Toys usou sua imagem para criar uma action figure em poses, que foi lançada junto com outras figuras baseadas nos jogos, com uma base e um lança-mísseis equipável na embalagem.[37] A empresa Moby Dick lançou sua própria linha de figuras de ação de Resident Evil em pares, com um personagem jogável e um inimigo. A primeira e a segunda formas de Nemêsis foram incluídas na série: a primeira contendo uma cabeça alternativa e um lança-misseis equipável. Cada par incluía ainda uma parte de uma figura de ação da terceira forma de Nemêsis, que media 60 centímetros de comprimento quando completado.[38][39]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Um cosplay de Nêmesis em 2006.

Após sua estreia em 1999, Nemêsis se tornou um dos personagens mais reconhecidos e populares da série Resident Evil. O programa Filter da revista G4 o nomeou, um dos dez maiores vilões de jogos eletrônicos de todos os tempos, através de uma seleção pelos espectadores, ficando na quinta posição da lista.[40] Doug Perry, do site IGN, afirmou que ele é a sua parte preferida de Resident Evil III, comentando: "A questão é: ele é implacável, tem várias surpresas guardadas, além dos pés rápidos e da sua grande arma".[41] Em um artigo posterior, Jesse Schedeen afirmou que Nemêsis era um de seus monstros mais preferidos, porém, sentiu desdém por sua apresentação no filme.[42] Eles também nomearam-no como um dos melhores chefes da série, chamando-o de "o que pode ser a criação mais temível da história da Umbrella", o comparando ao T-1000 de Terminator II: Judgment Day, e mais tarde, classificando-o como um dos 100 maiores vilões de jogos, deixando o personagem na 59º posição, que foi descrito como "horrível, não por sua aparência ou ataques, mas por sua persistência".[43][44][45] O site 1UP.com classificou a batalha contra Nemêsis como uma das "25 batalhas de chefe mais implacáveis de todos os tempos", dizendo: "Existem diversos chefes da série Resident Evil que valem a pena mencionar, mas aquele, que até hoje, a maior parte das pessoas indicam, como o mais implacável do grupo, é o Nemêsis".[46]

A revista GamePro colocou Nemêsis na 29ª posição de sua lista dos "47 vilões mais diabólicos dos jogos eletrônicos", afirmando que o personagem "fez de Resident Evil III, um jogo memorável, até mesmo, entre os outros lançamentos superiores da série".[47] Ele ficou na quarta posição no artigo "Os 10 mortos-vivos mais implacáveis" da Electronic Gaming Monthly, que descreveu seu papel, como um vilão simples e ainda assim eficaz.[48] Na sua lista dos maiores vilões de jogos, a GameSpot classificou Nemêsis na oitava posição, comentando a popularidade alta do personagem entre os fãs, quando foi comparado com o Tyrant.[49] O site GameDaily o listou como um de seus personagens favoritos da Capcom, afirmando que: "a série possui uma enorme quantidade de vilões memoráveis para escolher... entretanto, Nemêsis é o nosso favorito".[50] Adicionalmente, o personagem ficou na quinta posição na lista dos "25 monstros de jogos eletrônicos mais assustadores" feita pela revista,[51] sendo também, nomeado como um dos seus personagens mortos-vivos favoritos nos jogos eletrônicos.[52]

Referências

  1. a b Capcom (13 de novembro de 2007). Resident Evil: The Umbrella Chronicles (em inglês). Wii. Capcom. Resident Evil 3 Digest 1 (Arquivo): Um monstro vestido de preto estava entre eles e sua liberdade. Nemesis, ou Pursuer, tinha a intenção de eliminar todos os membros restantes dos S.T.A.R.S. Nemesis já havia acabado com Brad sem nenhum esforço e continuava a seguir Jill para cumprir os objetivos de sua missão. 
  2. Studio BentStuff Co., Ltd. (31 de julho de 2002). Biohazard 3 Last Escape Official Guide Book: Complete Conquest of Nemesis Edition. [S.l.]: Enterbrain, Inc. ISBN 4-7577-1143-3 
  3. Studio BentStuff Co., Ltd. (31 de julho de 2002). Biohazard 3 Last Escape Official Guide Book: Fulfillment of Her Escape Edition. [S.l.]: Enterbrain, Inc. ISBN 4-7577-1142-5 
  4. a b Jeremy Walker. «Resident Evil: Apocalypse - Production Notes» (em inglês). Jeremy Walker & Associates. Consultado em 28 de setembro de 2009. 
  5. Arma bio-orgânica (do inglês Bio-Organic Weapon ou B.O.W.) é um termo utilizado pela Umbrella Corporation para designar criaturas modificadas geneticamente por um agente mutagênico.
  6. Capcom (2005). Resident Evil Archives. BradyGames/Capcom. [S.l.: s.n.] 223 páginas. ISBN 0744006554 
  7. Capcom (2005). Resident Evil Archives. BradyGames/Capcom. [S.l.: s.n.] 156 páginas. ISBN 0744006554 
  8. a b c Capcom (2005). Resident Evil Archives. BradyGames/Capcom. [S.l.: s.n.] pp. 159–160. ISBN 0744006554 
  9. a b c Equipe de desenvolvimento de Resident Evil 3 (13 de novembro de 1999). Biohazard 3 Last Escape Official Guide Book. Aspect Co., Ltd./Capcom. [S.l.: s.n.] 
  10. Capcom (13 de novembro de 2007). Resident Evil: The Umbrella Chronicles (em inglês). Wii. Capcom. Fase: Nemesis T-Type (Pursuer) Notes 
  11. Capcom (22 de março de 2001). The Wesker Report. Dreamcast. Capcom. Albert Wesker: Era nosso décimo primeiro verão desde que nós havíamos chegado ao Laboratório Arclay. Alguns dias depois, no meio da noite, um pacote chegou da Europa através de vários pontos de trânsito. Chegou ao nosso heliporto em uma caixa pequena. "Protótipo Nemesis"... 
  12. Capcom (2005). Resident Evil Archives. BradyGames/Capcom. [S.l.: s.n.] pp. 61–69, 160. ISBN 0744006554 
  13. a b «Gun Survivor 2 - Biohazard Code: Veronica» (em inglês). Reino Unido: Capcom. 2001. Consultado em 24 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 10 de janeiro de 2013 
  14. «Biohazard Zombie Shooter». Mikes. Consultado em 5 de junho de 2016.. Cópia arquivada em 11 de março de 2016 
  15. «Biohazard: The Missions». Capcom. Consultado em 5 de junho de 2016.. Arquivado do original em 25 de março de 2010 
  16. «Biohazard The Stories». Mikes. Consultado em 5 de junho de 2016.. Cópia arquivada em 28 de março de 2016 
  17. «Biohazard: The Episodes». Campom. Consultado em 5 de junho de 2016.. Arquivado do original em 25 de março de 2010 
  18. «Nemesis Battle». IGN. Consultado em 5 de junho de 2016. 
  19. «Under the Skin» (em inglês). IGN. Consultado em 24 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 3 de março de 2016 
  20. Tom Bramwell (18 de outubro de 2004). «Under the Skin Review» (em inglês). Eurogamer. Consultado em 24 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 3 de março de 2016 
  21. SNK Playmore (24 de abril de 2007). SNK vs. Capcom: Card Fighters DS. Nintendo DS. Fase: descrição do card de Nemesis. Nome oficial: Nemesis Tipo T. Um parasita foi adicionado com sucesso ao modelo de arma biológica Tyrant que persegue STARS 
  22. Downey, Ryan J. (12 de fevereiro de 2004). «Milla Jovovich Battles Zombies, Bloody Hands On 'Resident Evil: Apocalypse' Set» (em inglês). MTV Asia. Consultado em 28 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 24 de novembro de 2005 
  23. «Resident Evil: Apocalypse Nemesis costume» (em inglês). Kropserkel. Consultado em 28 de setembro de 2009. 
  24. a b «Custom Display Services» (em inglês). Tom Spina Designs. Consultado em 28 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 23 de janeiro de 2009 
  25. Collura, Scott (21 de setembro de 2007). «Resident Evil Movies Character Rundown» (em inglês). IGN. Consultado em 28 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 29 de abril de 2009 
  26. a b DeCandido, Keith R. A. (2004). Resident Evil: Apocalypse. Simon & Schuster. [S.l.: s.n.] pp. 148–149, 247, 257. ISBN 0-743-49937-9 
  27. Lee Chung Hing (1999). «BioHazard 3: Last Escape». Hong Kong. 1 
  28. Lee Chung Hing (1999). «BioHazard 3: Last Escape». Hong Kong. 21 
  29. Perry, S. D. (2000). Resident Evil: Nemesis. Simon and Schuster. [S.l.: s.n.] 60 páginas. ISBN 067178496X 
  30. Perry, S. D. (2000). Resident Evil: Nemesis. Simon and Schuster. [S.l.: s.n.] 72 páginas. ISBN 067178496X 
  31. Perry, S. D. (2000). Resident Evil: Nemesis. Simon and Schuster. [S.l.: s.n.] 148 páginas. ISBN 067178496X 
  32. Perry, S. D. (2000). Resident Evil: Nemesis. Simon and Schuster. [S.l.: s.n.] 140 páginas. ISBN 067178496X 
  33. DeCandido, Keith R. A. e Anderson, Paul W. S. (2007). Resident Evil: Extinction. Simon & Schuster. [S.l.: s.n.] pp. 18–19. ISBN 1-416-54498-4 
  34. «Resident Evil 3: Nemesis - Cover Art» (em inglês). MobyGames. Consultado em 25 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 4 de março de 2016 
  35. «Resident Evil Deluxe Nemesis Mask» (em inglês). HalloweenMask.com. Consultado em 25 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 3 de março de 2016 
  36. «バイオハザード シルバーリング "追跡者"» (em japonês). Capcom. Consultado em 25 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 2 de outubro de 2007 
  37. «Resident Evil Action Figures (Series One) by Palisades» (em inglês). Toymania.com. Consultado em 25 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 3 de março de 2016 
  38. «BOX TYPE LINEUP» (em japonês). Moby Dick. Consultado em 25 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 5 de maio de 2001 
  39. «BIOHAZARD» (em japonês). Moby Dick. Consultado em 25 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 3 de junho de 2003 
  40. Mizota, Diane (25 de junho de 2002). Filter (vídeo). G4. Em cena em Top 10 Villains list 
  41. Perry, Doug (11 de novembro de 1999). «Resident Evil 3 Review» (em inglês). IGN. Consultado em 25 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 2 de março de 2012 
  42. Schedeen, Jesse (31 de outubro de 2008). «The Monsters of Gaming» (em inglês). IGN. Consultado em 25 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 4 de novembro de 2008 
  43. Schedeen, Jesse (11 de março de 2009). «Best Resident Evil Bosses». IGN. Consultado em 2 de novembro de 2009.. Cópia arquivada em 10 de março de 2012 
  44. Schedeen, Jesse (30 de novembro de 2009). «Big Boss of the Day: Resident Evil's Nemesis». IGN. Consultado em 5 de dezembro de 2009.. Cópia arquivada em 10 de julho de 2012 
  45. Staff (3 de maio de 2010). «Nemesis is number 59». IGN. Consultado em 20 de maio de 2010.. Cópia arquivada em 10 de abril de 2012 
  46. «25 of the Most Badass Boss Fights of All Time». 1UP.com (em inglês). UGO Networks. 17 de março de 2009. Consultado em 25 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 17 de julho de 2012 
  47. GamePro (Online) (24 de março de 2008). «The 47 Most Diabolical Video-Game Villains of All Time» (em inglês). PC World. Consultado em 25 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 13 de abril de 2008 
  48. Sharkey, Scott (2008). «EGM's Top Ten Badass Undead: Thriller Night». Electronic Gaming Monthly (233). 106 páginas 
  49. «TenSpot Reader's Choice: Top Ten Video Game Villains» (em inglês). GameSpot. Consultado em 25 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 3 de novembro de 2012 
  50. Workman, Robert. «Top 25 Capcom Characters of All Time». GameDaily (em inglês). AOL. Consultado em 25 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 8 de abril de 2009 
  51. Workman, Robert. «Top 25 Scariest Video Game Monsters». GameDaily (em inglês). AOL. Consultado em 25 de setembro de 2009.. Cópia arquivada em 10 de dezembro de 2008 
  52. «Halloween Zombie Awards». GameDaily (em inglês). AOL. Consultado em 25 de setembro de 2009.. Arquivado do original em 10 de agosto de 2011 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]