O Diabo Veste Prada (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Devil Wears Prada
O Diabo Veste Prada (PT/BR)
Pôster original do filme.
 Reino Unido
 Estados Unidos
 França

2006 •  cor •  109 min 
Direção David Frankel
Roteiro Aline Brosh McKenna
Elenco Meryl Streep
Anne Hathaway
Emily Blunt
Stanley Tucci
Gisele Bundchen
Adrian Grenier
Simon Baker
Género Comédia dramática
Idioma inglês
Orçamento US$ 35 milhões
Receita US$ 326 551 094
Página no IMDb (em inglês)

The Devil Wears Prada (título no Brasil e em Portugal: O Diabo Veste Prada) é um filme de 2006, uma adaptação cinematográfica do bestseller literário de 2003 de Lauren Weisberger com o mesmo título.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Andrea "Andy" Sachs é uma aspirante a jornalista que sai da Universidade Northwestern. Apesar de achar ridícula a superficialidade da indústria da moda, ela consegue um emprego que "um milhão de garotas se matariam para ter", ela se torna assistente pessoal júnior de Miranda Priestly, a editora-chefe da revista Runway. Andy planeja aguentar o tratamento arrogante, humilhante é um tanto que explorador, aproveitador, de Miranda por um ano, na esperança de conseguir um emprego como repórter ou escritora em outro lugar. Primeiramente, Andy se atrapalha com o seu trabalho e se encaixa mal com seus colegas de trabalho, que dizem fofocas sobre como ela se veste, especialmente da assistente sênior de Miranda, Emily Charlton. No entanto, com a ajuda do diretor de arte, Nigel, que empresta a ela roupas de grifes da Runway, Andy começa a se adaptar aos padrões da empresa. Com o tempo ela aprende gradualmente suas responsabilidades e começa a se vestir mais elegantemente para mostrar seu esforço e empenho para a posição. Ela também atende o atraente e jovem escritor Christian Thompson, que se oferece para ajudá-la com sua carreira. Como ela passa cada vez mais tempo atendendo as chamadas de Miranda, surgem problemas em seu relacionamento com seus amigos e seu namorado, Nate.

Miranda está impressionada com Andy e permite que ela seja a única a transitar entre sua casa e a sede da Runway com o "Livro", uma revisão da próxima edição da revista onde anotações e opiniões de Miranda estão avaliando as escolhas dos outros editores. Ela leva junto com sua roupa que Miranda usará para determinado evento. Ela recebe instruções por Emily sobre onde deixar os itens e é dito para não falar com ninguém na casa. Andy chega na casa de Miranda e descobre que as instruções que recebeu são vagas. Enquanto ela tenta descobrir o que fazer, começa a entrar em pânico, as gêmeas de Miranda falsamente dizem que ela pode deixar o livro com elas, assim como Emily tem feito em muitas ocasiões. No topo das escadas, Andy interrompe Miranda e seu marido. Mortificada, ela deixa o livro e corre para fora da casa. No dia seguinte, Miranda diz que ela quer o livro inédito do Harry Potter para suas filhas e se Andy não coneguir encontrar uma cópia, ela será demitida. Andy tenta desesperadamente encontrar o livro, quase desiste, mas finalmente o consegue através de contatos de Christian. Ela surpreende Miranda por não só encontrar o livro, mas por deixar cópias para as meninas na estação de trem, deixando nenhuma dúvida de que ela realizou a tarefa "impossível" de Miranda, poupando assim o seu trabalho.

Com o decorrer do filme Andy conquista a confiança plena de Miranda, sendo convidada por ela a ir para Paris, na semana da moda mais esperada no ano. A viagem originalmente era de Emily, mas que por motivos que desanimaram Miranda, fez com que ela perdesse a chance para Andy. Miranda obriga Andy a contar para Emily que não irá mais para Paris, mas esta temendo o recado dela, não se sente confiante a fazer a ligação. Mesmo assim realiza a ligação sendo pressionada por sua chefe. Ao ligar para Emily, faz com que ela se distraia e seja atropelada. No hospital, conta a notícia para Emily que fica nervosa e se recusa a conversar com ela, a mandando ir embora. A decisão de Andrea de ir para Paris acaba piorando a real situação entre ela e Nate, e assim acabam decidindo por darem um tempo.

Enfim elas vão à Paris, e após uma semana cansativa de desfiles e festas, Andy encontra Miranda chorando sobre assuntos pessoais. Ao sair do quarto de hotel encontra Christian Thompson, que após um jantar e algumas taças de vinho, passa uma noite com ela. Na manhã seguinte ao encontrar a próxima edição da Runway no quarto, ela questiona Christian sobre o conteúdo da capa. Sem ressentimentos, Christian revela que Miranda sairá da Runway e será substituída por sua "inimiga" Jacqueline Follet. Desesperada, Andy corre pelas ruas de Paris a procura de Miranda para avisa-lá sobre o que irá acontecer. Andy a encontra no hotel conversando com o diretor da editora da

Runway, mas ao tentar falar com ela é expulsa por Miranda.

Na festa onde Jacqueline assumirá o papel de Miranda, Andy fracassa mais uma vez ao tentar avisa-lá. Na hora do discurso anunciando a nova editora chefe da Runway,

surpreendentemente Miranda é chamada para anunciar Jacqueline como sócia do estilista Jame Holt, deixando Andy impressionada. No caminho de volta para o hotel Miranda questiona Andy sobre o que ela queria falar e a elogia pela confiança. Miranda diz que Andy é muito parecida com ela, e Andy questiona perguntando em que aspecto. Mirando a responde dizendo que é semelhante a ela pelo o que fez com Emily. Elas têm uma pequena discussão sobre esse assunto e ao chegarem no hotel, Miranda a explica como conseguiu manter o seu cargo de editora chefe da Runway e tirar Jacqueline de seu caminho. Primeiramente Miranda sai do carro e enfrenta a multidão de paparazzi. Andy sai em seguido e toma outro caminha, deixando para trás a profissão conturbada e duvidosa de assistente da famosa Miranda. Não encontrando Andy, Miranda a liga e Andy joga o celular no chafariz da Place de la Concorde.

Mais tarde, de volta a Nova York, ela reencontra Nate e conversam sobre seus futuros separados enquanto tomam café. Ele aceitou uma oferta para trabalhar como chef de cozinha num popular restaurante de Boston. Na conclusão do filme, ela está sendo entrevistada para um trabalho no New York Mirror. O entrevistador revela que Miranda lhe disse que ela era, de longe, sua maior decepção, mas que ele seria um idiota se não a contratsse. Na última cena, Andy, vestida casualmente, mas com um pouco mais de estilo, dá uma chamada para Emily no escritório de Miranda e lhe oferece todas as suas roupas que ela recebeu em Paris. Emily aceita a oferta e conta a nova assistente que ela tem que dar muito duro para alcançar Andy. Depois disso, Andy olha e vê Miranda saindo do prédio da Runway e entrando em seu carro do outro lado da rua. Elas trocam olhares e Miranda dá um sorriso suave, uma vez dentro do carro. Miranda, em seguida, olha para o motorista e diz com atitude: "Vai", enquanto Andy continua a caminhar pela rua.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator / Atriz Personagem
Anne Hathaway [1] Andrea "Andy" Sachs
Meryl Streep Miranda Priestly
Emily Blunt Emily
Stanley Tucci Nigel
Adrian Grenier Nate
Tracie Thoms Lilly
Rich Sommer Doug
Daniel Sunjata James Holt
Stephanie Szostak Jacqueline Follet
Rebecca Mader Jocelyn
Jimena Hoyos Lucia
Tibor Feldman Irv Ravitz
Gisele Bündchen Serena
Simon Baker Christian Thompson
David Marshall Grant Richard Barnes
James Naughton Stephen
Heidi Klum
Valentino Garavani

Premiações[editar | editar código-fonte]

Oscar 2007 (EUA)

Ano Categoria Notas Resultado
2007 Melhor Atriz Meryl Streep Indicado
Melhor Figurino Patricia Field Indicado

Globo de Ouro 2007 (EUA)

Ano Categoria Notas Resultado
2007 Melhor Filme - Comédia/Musical Indicado
Melhor Atriz - Comédia/Musical Meryl Streep Venceu
Melhor Atriz Coadjuvante Emily Blunt Indicado

BAFTA 2007 (Reino Unido)

Ano Categoria Notas Resultado
2007 Melhor Atriz Meryl Streep Indicado
Melhor Atriz Coadjuvante Emily Blunt Indicado
Melhor Roteiro Adaptado Aline Brosh McKenna Indicado
Melhor Figurino Patricia Field Indicado
Melhor Maquiagem/Penteado Mari Houston Jheel Indicado

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

O filme tem recepção favorável pela crítica profissional. Com a pontuação de 76% em base de 186 avaliações, o Rotten Tomatoes chegou ao consenso: "Um filme raro que supera a qualidade de sua nova fonte, este Diabo é um espirituoso expor de cenário de moda em Nova York, com Meryl Streep em sua melhor forma e Anne Hathaway mais do que segura"[2] .

Referências

  1. «O Diabo Veste Prada (The Devil) - InterFilmes.com». Consultado em 30 de novembro de 2013. 
  2. «The Devil Wears Prada - Rotten Tomatoes» (em inglês). Consultado em 30 de novembro de 2013. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o