O Remorso de Baltazar Serapião

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
O remorso de baltazar serapião
Autor(es) Valter Hugo Mãe
Idioma português
País Portugal Portugal
Gênero romance
Editora QuidNovi
Formato capa mole
Lançamento 2006
Páginas 189
ISBN 972-8998-10-4
Edição brasileira
Editora Editora 34
Páginas 200
ISBN 978-85-7326-459-3

O remorso de Baltazar Serapião é um romance do escritor português valter hugo mãe publicado em 2006 pela editora QuidNovi, vencedor da sexta edição do Prémio Literário José Saramago, em 2007. Foi reeditado no Brasil no final de 2010, pela Editora 34


SINOPSE: As mulheres assistem ao mundo como presas dos homens. A história do mundo revela tempos em que a mulher mais não é do que um instrumento da vida do homem. Neste romance, valter hugo mãe torna impossível ignorar este facto. Criador de uma linguagem exuberante, e deitando mão à mais rica imaginação, o autor explica o amor a partir do ponto de vista tremendo do machismo. Esta é a aventura de um homem que, casando com a moça mais bonita da sua terra, se deixa corromper pelo preconceito e pela pobre tradição. Entre ser divertido e cruel, o remorso de baltazar serapião é um marco fundamental na literatura portuguesa contemporânea.

Com prefácio de José Saramago: "Este livro é um tsunami. Para este prémio chamar um livro de tsunami, em que sentido o digo eu? No sentido total. Um tsunami linguístico, um tsunami estilístico, semântico, sintáctico. Um tsunami num sentido não destrutivo, evidentemente, mas no sentido do ímpeto, da força".

José Saramago, no discurso de atribuição do Prémio Literário José Saramago, 2007

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço relacionado ao Projeto Literatura. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.