Partido Trabalhista Norueguês

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Partido Trabalhista Norueguês
Arbeiderpartiet
Arbeidarpartiet
Líder Jonas Gahr Støre
Fundação 1887
Sede Oslo,  Noruega
Ideologia Social-democracia
Progressismo
Liberalismo económico
Europeísmo
Espectro político Centro-esquerda
Ala jovem AUF
Membros  (2011) 55.869
Afiliação internacional Aliança Progressista
Internacional Socialista (observador)
Afiliação europeia Partido Socialista Europeu
Storting
55 / 169
Cores Vermelho
Página oficial
www.dna.no

O Partido Trabalhista Norueguês (em norueguês: Arbeiderpartiet e Arbeidarpartiet, A/Ap) é um partido social-democrata[1][2].

Nos últimos vinte anos, o partido foi um dos responsáveis pela introdução do liberalismo econômico nas políticas públicas norueguesas[3][4], permitindo a privatização de vários ativos e serviços até então controlados pelo estado, a redução da progressividade de impostos, seguindo a onda neoliberal dos anos 1980, sem no entanto deixar de se assumir como um partido progressista, que apoia a cooperação nacional e internacional.
Em 22 de julho de 2011, um franco-atirador ligado à extrema-direita norueguesa abriu fogo contra um acampamento juvenil do Partido Trabalhista na ilha de Utøya, matando mais de 70 pessoas.

Resultados Eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % +/- Deputados +/- Status
1894 3.º 520
0,3 / 100,0
0 / 114
Extra-parlamentar
1897 3.º 947
0,6 / 100,0
Aumento0,3
0 / 114
Estável Extra-parlamentar
1900 3.º 7 013
3,0 / 100,0
Aumento2,4
0 / 114
Estável Extra-parlamentar
1903 3.º 22 948
9,7 / 100,0
Aumento6,7
5 / 117
Aumento5 Oposição
1906 3.º 43 134
15,9 / 100,0
Aumento6,2
10 / 123
Aumento5 Oposição
1909 3.º 91 268
21,5 / 100,0
Aumento5,6
11 / 123
Aumento1 Oposição
1912 3.º 128 455
26,3 / 100,0
Aumento4,8
23 / 123
Aumento12 Oposição
1915 2.º 198 111
32,1 / 100,0
Aumento5,8
19 / 123
Baixa4 Oposição
1918 1.º 209 560
31,6 / 100,0
Baixa0,5
18 / 126
Baixa1 Oposição
1921 2.º 192 616
21,3 / 100,0
Baixa10,3
29 / 150
Aumento11 Oposição
1924 3.º 179 567
18,4 / 100,0
Baixa2,9
24 / 150
Baixa5 Oposição
1927 1.º 368 106
36,8 / 100,0
Aumento18,4
59 / 150
Aumento35 Oposição
1930 1.º 374 854
31,4 / 100,0
Baixa5,4
47 / 150
Baixa12 Oposição
1933 1.º 500 526
40,1 / 100,0
Aumento8,7
69 / 150
Aumento22 Oposição
1936 1.º 618 616
42,5 / 100,0
Aumento2,4
70 / 150
Aumento1 Governo
1945 1.º 609 348
41,0 / 100,0
Baixa1,5
76 / 150
Aumento6 Governo
1949 1.º 803 471
45,7 / 100,0
Aumento4,7
85 / 150
Aumento9 Governo
1953 1.º 830 448
46,7 / 100,0
Aumento1,0
77 / 150
Baixa8 Governo
1957 1.º 865 675
48,3 / 100,0
Aumento1,6
78 / 150
Aumento1 Governo
1961 1.º 860 526
46,8 / 100,0
Baixa1,5
74 / 150
Baixa4 Governo
1965 1.º 883 320
43,1 / 100,0
Baixa3,7
68 / 150
Baixa6 Oposição
1969 1.º 1 004 348
46,5 / 100,0
Aumento3,4
74 / 150
Aumento6 Oposição
1973 1.º 759 499
35,3 / 100,0
Baixa11,2
62 / 155
Baixa12 Governo
1977 1.º 972 434
42,3 / 100,0
Aumento7,0
76 / 155
Aumento14 Governo
1981 1.º 914 749
37,1 / 100,0
Baixa5,2
65 / 155
Baixa11 Oposição
1985 1.º 1 061 712
40,8 / 100,0
Aumento3,7
71 / 157
Aumento6 Oposição
1989 1.º 907 393
34,3 / 100,0
Baixa6,5
63 / 165
Baixa8 Oposição
1993 1.º 908 724
36,9 / 100,0
Aumento2,6
67 / 165
Aumento4 Governo
1997 1.º 904 362
35,0 / 100,0
Baixa1,9
65 / 165
Baixa2 Oposição
2001 1.º 612 632
24,3 / 100,0
Baixa10,7
43 / 165
Baixa22 Oposição
2005 1.º 862 456
32,7 / 100,0
Aumento8,4
61 / 169
Aumento18 Governo
2009 1.º 949 060
35,4 / 100,0
Aumento2,7
64 / 169
Aumento3 Governo
2013 1.º 874 769
30,8 / 100,0
Baixa4,6
55 / 169
Baixa9 Oposição
2017 1.º 800 285
27,4 / 100,0
Baixa3,4
49 / 169
Baixa6 Oposição

Referências

  1. Bergqvist, Christina (1999-01-01). Equal Democracies?: Gender and Politics in the Nordic Countries. [S.l.]: Nordic Council of Ministers. ISBN 9788200127994  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  2. Collin, Richard Oliver; Martin, Pamela L. (2012-01-01). An Introduction to World Politics: Conflict and Consensus on a Small Planet. [S.l.]: Rowman & Littlefield. ISBN 9781442218031  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  3. «Avskjed mellom linjene - Aftenposten». Consultado em 6 de setembro de 2015 
  4. «Myten om Gros nyliberalisme - Arbeiderpartiet - Dagbladet.no». www.dagbladet.no. Consultado em 6 de setembro de 2015 

Ver também[editar | editar código-fonte]