Quirera com suã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Quirera é um prato típico do interior dos estados de Santa Catarina e Paraná, no Brasil. Principalmente, da região Oeste de Santa Catarina e dos Campos Gerais do Paraná. Consiste de papa de quirera de milho (milho quebrado conhecido também como canjiquinha), cozida com carne de porco e temperada com cheiro-verde e manjerona.

Descrição[editar | editar código-fonte]

É muito saboroso, e sua origem é atribuída aos tropeiros que passavam pela região, conduzindo as tropas desde o Rio Grande do Sul até Sorocaba e Minas Gerais. [carece de fontes?] É comida de viajante, pois podia ser feita em acampamento, de maneira fácil e rápida, e a carne de porco era geralmente defumada ou salgada. Por ser um prato quente, ajudava a enfrentar as frias noites de inverno na região dos Campos de Ponta Grossa.

Nos dias de hoje, é muito apreciada no inverno, acompanhada de uma salada de folhas verdes (alface, rúcula, almeirão ou agrião), e de vinho tinto. Alguns, por preconceito ou desconhecimento, não consideram ser a quirera um prato típico da região. É que, sendo os ingredientes muito baratos, sempre foi considerada "comida de pobre". No entanto, já existem bons restaurantes na região a oferecê-la como atrativo gastronômico.

Em Jaguariaíva, também na região dos Campos Gerais, a quirera com carne de porco foi escolhida para representar o prato típico do município, em 1998.[1]

Referências

  1. «Parabéns, Jaguariaíva!» (PDF). JD Notícias - Ano XIII, nº 330. 14 de setembro de 2013. Consultado em 12 de julho de 2014. Arquivado do original (PDF) em 6 de junho de 2014 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.