Revolução de Cádis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Revolução liberal de Cádis foi uma onda revolucionária em 1823 acontecida na cidade de Cádis na Espanha, consequência direta dos princípios liberais da Revolução Francesa.

O rei restituído após a derrubada de Napoleão, Fernando VII de Espanha pretendeu retornar ao estilo de governo absolutista e de uma sociedade pré-revolucionária. Assim, restaurou os privilégios do clero e da nobreza. Sentindo-se prejudicada a burguesia espanhola iniciou uma revolta de caráter liberal em Cádis. A Áustria, Rússia e a Prússia pelo princípio das intervenções determinado pelo Congresso de Viena e Santa Aliança, encarregou-se de reprimir o movimento liberal. Apesar dos esforços ingleses em impedir essa interferência.

Após esse episódio, o ministro das relações exteriores inglês George Canning concentrou esforços para inviabilizar qualquer intervenção espanhola nas independências da América e acelerar o reconhecimento dos novos Estados, anulando as iniciativas de liderança dos Estados Unidos, dispostas na Doutrina Monroe (1823).

Ícone de esboço Este artigo sobre História da Espanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Veja também[editar | editar código-fonte]