Roberto de Assis Moreira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Assis
Informações pessoais
Nome completo Roberto de Assis Moreira
Data de nasc. 10 de janeiro de 1971 (49 anos)
Local de nasc. Porto Alegre (RS), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,71 m
Informações profissionais
Período em atividade 1987–2002 (15 anos)
Clube atual aposentado
Posição meio-campista
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1987–1992
1992–1995
1995–1996
1996
1996
1996–1997
1997–1998
1998
1998–1999
1999
1999–2000
2000–2001
2001–2002
Grêmio
Sion
Sporting
Vasco da Gama
Fluminense
Sion
Sporting
Sion
Estrela da Amadora
Consadole Sapporo
Guadalajara
Corinthians
Montpellier
0050 0000(9)
0097 000(29)
0005 0000(0)
0030 000(10)
0006 0000(0)
0008 0000(0)
0008 0000(2)
0002 0000(0)
0012 0000(4)
0029 0000(8)
0013 0000(2)
0001 0000(0)
0009 0000(0)
Seleção nacional
1987
1989
Brasil Sub-17
Brasil Sub-20
0003 0000(0)
0006 0000(0)
Medalhas
Copa do Mundo Sub-20
Bronze Arábia Saudita 1989 Futebol

Roberto de Assis Moreira, mais conhecido apenas como Assis (Porto Alegre, 10 de janeiro de 1971), é um empresário e ex-futebolista brasileiro que atuava como meio-campista.[1] É conhecido também por ser irmão e empresário do ex-jogador Ronaldinho Gaúcho.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Filho de João Moreira, um guardador de carros do Estádio Olímpico, o próprio pai o incentivou a frequentar a escolinhas do Grêmio.[3] Jogou nos times de base do tricolor gaúcho em meados dos anos 1980 e iniciou a carreira profissional no final da década de 1980. Na época, ele era ainda uma grande promessa na equipe que tinha Cuca, Kita, Paulo Egídio, entre outros. Foi tricampeão gaúcho em 1988, 1989 e 1990 e da Copa do Brasil de 1989.[4]

Em 1992, foi vendido para o Sion, da Suíça, onde foi campeão da Copa da Suíça em 1995 e em 1997. Entre os títulos conquistados pelo clube suíço, jogou no Sporting na temporada 1995–96, sendo campeão da Supertaça Cândido de Oliveira. Depois retornou ao Brasil, jogando no Vasco da Gama e no Fluminense.

Na temporada europeia de 1998–99, jogou no Estrela da Amadora, de Portugal.

Ainda jogou no Corinthians, no Guadalajara, do México, e no Consadole Sapporo, do Japão. Seu último clube foi o Montpellier, da França.

Assis costumava negociar diretamente seus contratos, quando jogador, e assim virou empresário do próprio irmão, Ronaldinho Gaúcho, assessorando na carreira futebolística e em seus empreendimentos. Também foi empresário de outros jogadores, como o ex-atacante gremista Rodrigo Gral.

Assis também é dono do clube brasileiro Porto Alegre, que atualmente está licenciado ao Campeonato Gaúcho.

Condenação e prisão[editar | editar código-fonte]

No dia 17 de abril de 2012 foi condenado à prisão em regime semiaberto pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região por lavagem de dinheiro e sonegação de impostos.[5]

Em março de 2020, foi preso preventivamente, juntamente com Ronaldinho Gaúcho, no Paraguai, por falsificação de documentos; no caso, um passaporte paraguaio em seu nome.[6][7]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Grêmio

Sporting

Sion

Referências

  1. «Perfil de Assis». oGol. Consultado em 22 de março de 2020 
  2. «Eu sou mercenário?». UOL Esporte. 2 de março de 2018. Consultado em 22 de março de 2020 
  3. Assis - ex-meia do Grêmio Terceiro Tempo - acessado em 13 de março de 2020
  4. Jorge Seadi (10 de janeiro de 2011). «Roberto de Assis Moreira, um tratante ou apenas um bom negociador?». Sul21. Consultado em 22 de março de 2020 
  5. «Irmão de Ronaldinho, Assis Moreira é condenado a cinco anos de prisão». GloboEsporte.com. 17 de abril de 2012. Consultado em 22 de março de 2020 
  6. Martín Fernández e Raphael Sibilla (6 de março de 2020). «Ronaldinho Gaúcho é preso no Paraguai e vai passar a noite na cadeia». GloboEsporte.com. Consultado em 22 de março de 2020 
  7. Carlos Rollsing (11 de março de 2020). «Preso no Paraguai, Roberto de Assis Moreira planejou a abertura do Bingo R10 em Porto Alegre». GaúchaZH. Consultado em 22 de março de 2020