Rodox (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rodox
Álbum de estúdio de Rodox
Lançamento 2003
Gênero(s) Hardcore punk, hardcore melódico
Duração 48:38
Idioma(s) Português
Formato(s) CD, download digital
Gravadora(s) Warner Music Brasil
Produção Tom Capone
Cronologia de Rodox
Estreito
(2002)

Rodox é o segundo álbum da banda brasileira de hardcore Rodox.[1] Foi lançado em 2003 pela Warner Music Brasil, com produção musical de Tom Capone.

Assentada a poeira da saída de Rodolfo "Rodox" dos Raimundos e da formação do Rodox (além da continuidade de sua ex-banda), pode-se afirmar que finalmente o Rodox ganhou uma cara de banda, visto que no primeiro CD, Rodolfo comandou toda parte criativa do mesmo. Rodox é sim um trabalho de uma banda completa, que mistura as influências musicais de Rodolfo com o talento de seus companheiros de banda. Se em seu primeiro CD, Estreito, o Rodox flertou com o new metal, neste CD as músicas seguem um padrão diferente, algo como um hardcore melódico.[2]

O destaque do álbum ficou por "De Costas para o Mar", escrita por Rodolfo e Patrick Laplan. Mais tarde, em carreira solo, Rodolfo chegou a tocar a música, junto com a banda Militantes no SOS da Vida.[3]

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Segue a Linha"
  2. "De Costas Para o Mar"
  3. "Mais e Mais"
  4. "Incinerador"
  5. "Inflexível"
  6. "Beach Punx"
  7. "Exodus"
  8. "Iluminado"
  9. "Foi Bom Esperar"
  10. "Truth"
  11. "Na Mesma Panela"
  12. "1000 Megatons"

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Rodox - Rodox». Allmusic. Consultado em 14 de outubro de 2015 
  2. «Rodox - Entrevista exclusiva com Rodolfo». Whiplash.net. Consultado em 15 de outubro de 2015 
  3. «Rocklogia - De Rodolfo Abrantes a Militantes». O Propagador. Consultado em 15 de outubro de 2015 
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Rodox é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.