São Carlos (Santa Catarina)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2012).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Município de São Carlos
"Capital da Hospitalidade"
Bandeira de São Carlos
Brasão de São Carlos
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 24 de outubro
Fundação 1927 (90 anos)
Gentílico são-carlense[1]
Prefeito(a) Rudi Miguel Sander (PP)
(2017–2020)
Localização
Localização de São Carlos
Localização de São Carlos em Santa Catarina
São Carlos está localizado em: Brasil
São Carlos
Localização de São Carlos no Brasil
27° 04' 40" S 53° 00' 14" O27° 04' 40" S 53° 00' 14" O
Unidade federativa  Santa Catarina
Mesorregião Oeste Catarinense IBGE/2008 [2]
Microrregião Chapecó IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Saudades, Cunhataí, Águas de Chapecó, Palmitos, e Alpestre (RS)
Distância até a capital 605 km
Características geográficas
Área 158,988 km² [3]
População 10 284 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 64,68 hab./km²
Altitude 264 m
Clima Mesotérmico úmido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,769 alto PNUD/2010[5]
PIB R$ 141 277,626 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 13 081,26 IBGE/2008[6]
Página oficial

São Carlos é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Localiza-se a uma latitude 27º04'39" sul e a uma longitude 53º00'14" oeste, estando a uma altitude de 264 metros.

A cidade tem como seus pontos fortes as belezas naturais, a produção agrícola, e o turismo em águas termais. [7]

História[editar | editar código-fonte]

O inicio da colonização ocorreu em 1927, realizada basicamente por alemães vindos do Rio Grande do Sul. A emancipação da cidade veio em fevereiro de 1954.[8]

Teve início com a instalação de quatro colonos vindos do Vale do Taquari (RS), em 1927. Eles vieram atraídos pelas ofertas vantajosas para aquisição de terras férteis, oferecidas pela Companhia Territorial Sul Brasil. O núcleo inicial recebeu o nome de Porto dos Cantadores, que mais tarde foi substituído por São Carlos, numa carinhosa homenagem da população local ao engenheiro chefe da empresa de colonização, Dr. Carlos Culmey. A par da preservação da língua materna, o alemão, os são - carlenses sempre se destacaram por sua forte religiosidade. Outrora pertencente ao vastíssimo município de Chapecó, São Carlos se emancipou no dia 21 de fevereiro de 1954. A vocação pelo trabalho agropastoril fez com que dessa atividade proviessem os principais recursos econômicos do município. Mas o futuro preserva um espaço especial para o turismo, em função do incalculável potencial de suas águas minerais, que atraem muitos turistas a cada ano, ressaltando-se as temporadas de verão. O empenho maior da administração municipal é dotar a cidade e o balneário de uma infraestrutura capaz de instalar bem os turistas que vêm das mais variadas procedências para beneficiarem-se das qualidades terapêuticas das águas minerais.[7]

Economia[editar | editar código-fonte]

A renda do município gira em torno da produção agrícola (73% da renda total). Conforme dados de 2009, de todo o movimento econômico que a agricultura gerou em São Carlos, 44,5% provém da suinocultura. A cidade também produz aves, bovinocultura de corte e de leite, ovelhas e caprinos, entre outros, além de produzir também grãos. Na área leiteira, conforme dados do IBGE de 2008, foi o sétimo maior produtor de leite em Santa Catarina.[9]

Na área industrial, o município é grande produtor do setor de corte e costura, abrigando empresas de renome nacional e internacional de materiais esportivos, moda masculina e jovem. Possui também empresas nas áreas moveleira, metalúrgica, tintas, iogurte e derivados de leite, entre outras.[10]

Turismo[editar | editar código-fonte]

A cidade também tem turismo das águas termais. Às margens do rio Uruguai, os visitantes encontram camping com churrasqueiras, banheiros e área para prática de esportes e lazer para as crianças. No Balneário Pratas, que já conta com complexo de piscinas, hotéis e pousadas, será construído um parque aquático moderno.[11]

Principais eventos[editar | editar código-fonte]

  • Reveillon Luz: Um dos mais importantes eventos da cidade, onde mais de 4 mil pessoas dão as boas vindas para o ano que se aproxima no Balneário de Águas de Pratas, com DJS e bandas, completa infraestrutura e mais de 11 minutos de show pirotécnico, fogos e muito brilho.
  • Natal luz: Desde 2005, a cidade conta com uma grande decoração de natal, principalmente enfeites confeccionados a partir de litros pet, produzidos pelo grupo de mulheres voluntárias da cidade. Vale destacar a praça do natal (praça matriz), o altar da pátria e a cidade em geral, onde todo o comércio, prefeitura e as casas se enfeitam com um verdadeiro brilho de luzes.

Principais pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

  • Ciclovia: São 4 km de ciclovia até o balneário de Águas de Pratas.
  • Monumentos arquitetônicos: Pela cidade, você vai encontrar divinas e diversas construções antigas, em estilo germânico, fruto da colonização alemã. Muitas delas se encontram restauradas e nas mesmas estão localizadas hoje clubes, museus, restaurantes e comércios em geral.
  • Casa da Cultura: A casa da cultura funciona hoje onde antigamente se encontrava um colégio de freiras. A construção possui vitrais em estilo gótico e está aberta para visitação.
  • Altar da Pátria: O altar da Pátria é com certeza um dos cartões postais da cidade. Localizado em frente a Igreja Matriz São Carlos Bartolomeu e Praça da Matriz, o altar está sempre florido, iluminado, e possui uma escadaria no meio do mesmo. Em frente ao altar acontece o desfile de 7 de setembro.
  • Praças: Possui 2 praças, a praça Matriz, localizada no centro da cidade que possui 5 estátuas (de médio e pequeno porte) e um atelier de produtos artesanais produzidos na cidade, além de que seus canteiros são cheios de bancos, árvores e flores. A outra praça, conhecida como Praça dos Imigrantes, localizada também no centro possui diversos tipos de árvores, parque infantil, pista de skate, local para realização de eventos como teatro, e um rio na sua parte de trás, podendo se tirar fotos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Histórico de São Carlos no site do IBGE
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 15 de fevereiro de 2014 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  7. a b Dados sobre São Carlos
  8. Dados sobre São Carlos
  9. Dados sobre São Carlos
  10. Dados sobre São Carlos
  11. Dados sobre São Carlos

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.