Pinhalzinho (Santa Catarina)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Pinhalzinho
"Capital da amizade"
Bandeira de Pinhalzinho
Brasão de Pinhalzinho
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 7 de dezembro de 1961 (55 anos)
Gentílico pinhalense
Prefeito(a) Mario Afonso Woitexem (Cena) (PSDB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Pinhalzinho
Localização de Pinhalzinho em Santa Catarina
Pinhalzinho está localizado em: Brasil
Pinhalzinho
Localização de Pinhalzinho no Brasil
26° 50' 52" S 52° 59' 31" O26° 50' 52" S 52° 59' 31" O
Unidade federativa  Santa Catarina
Mesorregião Oeste Catarinense IBGE/2008 [1]
Microrregião Chapecó IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Modelo, Saudades, Nova Erechim e Águas Frias
Distância até a capital 670 km
Características geográficas
Área 128,298 km² [2]
População 18 284 hab. Censo IBGE/2014[3]
Densidade 142,51 hab./km²
Altitude 515 m
Clima Subtropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,783 alto PNUD/2010[4]
PIB R$ 323 351,899 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 21 005,06 IBGE/2008[5]
Página oficial

Pinhalzinho, município brasileiro do estado de Santa Catarina. Localiza-se a uma latitude 26º50'53" sul e a uma longitude 52º59'31" oeste estando a uma altitude de 515 metros. Sua população estimada em 2010 era de 16.335 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Nas terras aonde hoje localiza-se o município de Pinhalzinho os primeiros habitantes foram os indígenas, mais tarde começou a imigração de Gaúchos, em busca de terras, esses eram principalmente descendentes de imigrantes alemães e italianos. Na década de 30 os primeiros Gaúchos chegaram nas terras aonde é Pinhalzinho atualmente, os Gaúchos vieram em busca de madeira, e pensando que nessas novas terras iriam ter grandes pinhais, mas não foi isso o que , não havia muitos pinheiros, e então surgia o nome da cidade, Pinhalzinho. Os traços dessa colonização podem ser vistos nos hábitos e no dia-dia do pinhalense, e na presença de um CTG na cidade.

Economia[editar | editar código-fonte]

O município conta com um parque industrial diversificado, com destaque para o setor de agroindústrias, madeireiro, têxtil e mecânico. Pinhalzinho se transformou em Polo industrial de produção de Leite, com as duas maiores fabricas da região, a Aurora e a Tirol.

Educação[editar | editar código-fonte]

Um dos pontos fortes do município de Pinhalzinho é a educação. Conta hoje com cinco instituições de ensino superior, entre elas, a Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), curso de Engenharia de Alimentos,a Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC) e a Horus Faculdades.

Em 2006, recebeu o prêmio de Melhor Gestão da Merenda Escolar, atribuído a poucos municípios do Brasil. No Estado de Santa Catarina obtém a 19ª colocação em qualidade do ensino.

Na educação infantil, Pinhalzinho destaca a inclusão ao Fundeb que proporciona um aumento de recursos para aplicação, inclusive, através da institucionalização do ensino.

O transporte escolar é mantido com recursos próprios e parceria com o Governo do Estado.

Eventos[editar | editar código-fonte]

Em Pinhalzinho ocorre a Exposição Feira Agropecuária Comercial e Industrial de Pinhalzinho (EFACIP) a cada quatro anos, festa regional do queijo, vinho e salame, e também a feira de agronegócios Itaipu Rural Show, que reúne mais de 40 mil pessoas por ano.

Prefeitos de Pinhalzinho[6][editar | editar código-fonte]

  • Guilherme Werlang, de 1961 a 1963
  • José Bruno Weber, de 1963 a 1968
  • Alexandre Grando, de 1968 a 1969
  • Gabriel Schaff, de 1969 a 1973
  • Paulo Junqueira da Silva, de 1973 a 1977
  • Neuro Isidoro Bugnotto, de 1977 a 1980
  • José Wolschick Neto, de 1980 a 1983
  • Darci Fiorini, de 1983 a 1989
  • Clênio José Razera, de 1989 a 1993
  • Remi João Ströher, de 1993 a 1997
  • Darci Fiorini, de 1997 a 2001
  • João Rodrigues, de 2001 a 2002
  • Anecleto Galon, de 2002 a 2008
  • Fabiano da Luz, de 2009 a 2012
  • Fabiano da Luz, de 2013 a 2016
  • Mario Afonso Woitexem, de 2017 a 2020

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 15 de fevereiro de 2014 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. Prefeitura de Pinhalzinho - HISTÓRICO DE PREFEITOS DE PINHALZINHO Acessado em 14 de abril de 2017

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.