Pinhalzinho (Santa Catarina)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pinhalzinho
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Pinhalzinho
Bandeira
Brasão de armas de Pinhalzinho
Brasão de armas
Hino
Apelido(s) "Capital da amizade"
Gentílico pinhalense
Localização
Localização de Pinhalzinho em Santa Catarina
Localização de Pinhalzinho em Santa Catarina
Pinhalzinho está localizado em: Brasil
Pinhalzinho
Localização de Pinhalzinho no Brasil
Mapa de Pinhalzinho
Coordenadas 26° 50' 52" S 52° 59' 31" O
País Brasil
Unidade federativa Santa Catarina
Municípios limítrofes Modelo, Saudades, Nova Erechim e Águas Frias
Distância até a capital 670 km
História
Fundação 7 de dezembro de 1961 (58 anos)
Administração
Prefeito(a) Mario Afonso Woitexem (Cena) (PSDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 128,298 km²
População total (Censo IBGE/2014[2]) 18 284 hab.
Densidade 142,5 hab./km²
Clima Subtropical
Altitude 515 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[3]) 0,783 alto
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 323 351,899 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 21 005,06

Pinhalzinho é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Localiza-se a uma latitude 26º50'53" sul e a uma longitude 52º59'31" oeste estando a uma altitude de 515 metros. Sua população em 2010 era de 16.335 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Nas terras aonde hoje localiza-se o município de Pinhalzinho os primeiros habitantes foram os indígenas, mais tarde começou a imigração de Gaúchos, em busca de terras, esses eram principalmente descendentes de imigrantes alemães e italianos. Na década de 30 os primeiros Gaúchos chegaram nas terras aonde é Pinhalzinho atualmente, os Gaúchos vieram em busca de madeira, e pensando que nessas novas terras iriam ter grandes pinhais, mas não foi isso o que encontraram , não havia muitos pinheiros e então surgia o nome da cidade, Pinhalzinho. Os traços dessa colonização podem ser vistos nos hábitos e no dia-dia do pinhalense, e na presença de um CTG na cidade.

Economia[editar | editar código-fonte]

O município conta com um parque industrial diversificado, com destaque para o setor de agroindústrias, madeireiro, têxtil e mecânico. Pinhalzinho se transformou em Polo industrial de produção de Leite, com as duas maiores fabricas da região, a Aurora e a Tirol.

Educação[editar | editar código-fonte]

Um dos pontos fortes do município de Pinhalzinho é a educação. Conta hoje com cinco instituições de ensino superior, entre elas, a Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) que oferece os cursos de Engenharia de Alimentos e Engenharia Química, a Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC) e a Horus Faculdades.

Em 2006, recebeu o prêmio de Melhor Gestão da Merenda Escolar, atribuído a poucos municípios do Brasil. No Estado de Santa Catarina obtém a 19ª colocação em qualidade do ensino.

Na educação infantil, Pinhalzinho destaca a inclusão ao Fundeb que proporciona um aumento de recursos para aplicação, inclusive, através da institucionalização do ensino.

O transporte escolar é mantido com recursos próprios e parceria com o Governo do Estado.

Eventos[editar | editar código-fonte]

Em Pinhalzinho ocorre a Exposição Feira Agropecuária Comercial e Industrial de Pinhalzinho (EFACIP) a cada quatro anos, festa regional do queijo, vinho e salame, e também a feira de agronegócios Itaipu Rural Show, que reúne mais de 40 mil pessoas por ano.

Prefeitos de Pinhalzinho[5][editar | editar código-fonte]

  • Guilherme Werlang, de 1961 a 1963
  • José Bruno Weber, de 1963 a 1968
  • Alexandre Grando, de 1968 a 1969
  • Gabriel Schaff, de 1969 a 1973
  • Paulo Junqueira da Silva, de 1973 a 1977
  • Neuro Isidoro Bugnotto, de 1977 a 1980
  • José Wolschick Neto, de 1980 a 1983
  • Darci Fiorini, de 1983 a 1989
  • Clênio José Razera, de 1989 a 1993
  • Remi João Ströher, de 1993 a 1997
  • Darci Fiorini, de 1997 a 2001
  • João Rodrigues, de 2001 a 2002
  • Anecleto Galon, de 2002 a 2008
  • Fabiano da Luz, de 2009 a 2012
  • Fabiano da Luz, de 2013 a 2016
  • Mario Afonso Woitexem, de 2017 a 2020

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 15 de fevereiro de 2014 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. Prefeitura de Pinhalzinho - HISTÓRICO DE PREFEITOS DE PINHALZINHO Acessado em 14 de abril de 2017

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.