Faxinal dos Guedes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Faxinal dos Guedes
Centro de Faxinal dos Guedes

Centro de Faxinal dos Guedes
Bandeira indisponível
Brasão de Faxinal dos Guedes
Bandeira indisponível Brasão
Hino
Aniversário 26 de julho
Fundação 26 de julho de 1958 (59 anos)
Gentílico faxinalense
CEP 89694-000
Prefeito(a) Gilberto Angelo Lazzari (PMDB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Faxinal dos Guedes
Localização de Faxinal dos Guedes em Santa Catarina
Faxinal dos Guedes está localizado em: Brasil
Faxinal dos Guedes
Localização de Faxinal dos Guedes no Brasil
26° 51' 10" S 52° 15' 36" O26° 51' 10" S 52° 15' 36" O
Unidade federativa  Santa Catarina
Mesorregião Oeste Catarinense IBGE/2008[1]
Microrregião Xanxerê IBGE/2008[1]
Região metropolitana Região Metropolitana de Chapecó
Municípios limítrofes Xanxerê, Vargeão, Ipumirim, Abelardo Luz, Ouro Verde, Bom Jesus, Xavantina
Distância até a capital 495 km
Características geográficas
Área 273,000 km² [2]
Distritos Barra Grande
População 10 745 hab. estimativa IBGE/2017[3]
Densidade 39,36 hab./km²
Altitude 1005 m
Clima Mesotérmico úmido, com verão quente e temperatura média de 16,9°C
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,758 elevado PNUD/2010[4]
PIB R$ 451 014,850 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 41 772,24 IBGE/2010[5]
Página oficial
Prefeitura http://www.faxinal.sc.gov.br/

Faxinal dos Guedes é um município brasileiro localizado no estado de Santa Catarina, na Região Sul do Brasil, distando 495 km da capital catarinense, Florianópolis. Localizada na Mesorregião do Oeste Catarinense, pertence à Microrregião de Xanxerê e à Região Metropolitana de Chapecó.[6][7] Sua população, conforme estimavas do IBGE de 2017, era de 10.745[3] habitantes.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

Surgiu o nome de Faxinal dos Guedes, pela existência da família Guedes Ramos, poderosos proprietários de terras, Antonio José e Estevão Guedes Ramos, provindo daí o nome Guedes. Quanto a Faxinal, pela característica do município, florestas faxinais, identificada por pastagens, entremeadas de arvoredo esguio.[8]

História[editar | editar código-fonte]

Fundação[editar | editar código-fonte]

Em 1910, era denominado Gramado de Joaquina Rosa, o qual havia adquirido as terras da ex-colônia militar, parte integrante do velho município de Chapecó, Território do Iguaçu.

Os primeiros grupos Humanos que ocuparam o Território do hoje município de Faxinal dos Guedes, segundo vestígios arqueológicos, foram Índios do Grupo Tupi-Guarani há mais ou menos 2.000 anos.

Em 1940 começaram a chegar as primeiras famílias de colonizadores, oriundos do Rio Grande do Sul principalmente descendentes de Italianos e Alemães, dentre as quais Vergílio Barcelos, Arcangelo Santin, Alexandre Antoniolli, Francisco Antoniolli, Fachinello, Migliorini, Rosa e Silva, Vicente de Oliveira Morais, João Pompermayer e Afonso Scheis, estes passaram a se ocupar principalmente da exploração da madeira nativa, do cultivo de milho e trigo, surgindo também as primeiras Casas Comerciais e uma vida social mais intensa, com a Fundação do Clube Recreativo Itagiba no ano de 1943.

Neste mesmo ano, colonizadores como Migliorini, Grando & Cia. Ltda, Fioravante Massolini e Colonizadora Cruzeiro, iniciaram a venda de lotes das Fazendas Ressaca, Cerca Velha e outras. Ainda neste mesmo ano, elevado a categoria de 7º Distrito de Chapecó construía a 1ª Eecola, a qual também servia como Igreja Católica, tendo como professores: Juvenal Cunha, Doraci Cavalheiro e Reinaldo Macari, e como Sacerdote o Padre Gaspar, vindo de Palmas do Paraná

Por volta de 1943, abertas as primeiras ruas e avenidas, pela Firma Migliorini, Grando & Cia Ltda, instalada uma casa comercial pelo Sr. Vergilio Barcelos, instalada a 1ª Serraria e criado o Clube Recreativo Itagiba. [9]

As primeiras autoridades foram, como sub-Prefeito o Sr. Antônio Firminiano Pereira e, como escrivão de Paz, o Sr. Francisco Brito de Miranda. 

Em 1958, como Distrito do Município de Xanxerê, Faxinal dos Guedes conseguiu sua emancipação, através da Lei Estadual nº 348 de 21 de junho, verificando-se a instalação no dia 26 de julho do mesmo ano, tendo como Prefeito o Sr. Alexandre Antoniolli, e o primeiro Prefeito eleito o Sr. Antonio Domingos Migliorini, o qual assumiu em 31 de janeiro de 1959.[10]

Cronologia[editar | editar código-fonte]

  • Sua superfície de 339 km², era coberta de erva mate e pinheiros. 
  • Em 1964, teve sua superfície reduzida para 273 km² com o desmembramento do atual município de Vargeão 
  • Distrito criado com a denominação de Faxinal dos Guedes, por lei municipal nº 23, de 10 de julho de 1919, subordinado ao município de Chapecó
  • Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito figura no município de Chapecó. 
  • Elevado à categoria de município com a denominação de Faxinal dos Guedes, pela lei estadual nº 348, de 21 de junho de 1958, desmembrado de Xanxerê Sede no antigo distrito de Faxinal dos Guedes. Instalado em 26 de julho de 1958. 
  • Pela lei municipal nº 24, de 16 de fevereiro de 1959, é criado o distrito de Vargeão e anexado ao município de Faxinal dos Guedes. 
  • Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Faxinal dos Guedes e Vargeão
  • Pela lei estadual nº 954, de 16 de março de 1964, desmembra do município de Faxinal dos Guedes o distrito de Vargeão. Elevado à categoria de município
  • Pela lei estadual nº 963, de 15 de maio de 1964, é criado o distrito de Barra Grande e anexado ao município de Faxinal dos Guedes. 
  • Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 2 distritos: Faxinal dos Guedes e Barra Grande. 
  • Assim permanecendo em divisão territorial datada de 14-V-2001.[9]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se a uma latitude 26º51'10" sul e a uma longitude 52º15'37" oeste, estando a uma altitude de 1005 metros. A área do município é de 273km², com aproximadamente 21 Km em forma alongada no sentido Norte-Sul, enquanto que sua dimensão aproximada no sentido Leste-Oeste é de 18 Km.[11]

Topografia[editar | editar código-fonte]

O relevo do Território do Município está distribuído em três formas que caracterizam, sendo de topografia plana somente 6% da área total, 50% de topografia ondulada e o restante com topografia acidentada. Predomina o relevo Planalto apresentando partes elevadas, com morros.

Em um dos locais de maior altitude do município está situada a sua Sede, e a ocupação do solo se dá de forma descendente em relação ao RN oficial (1005 acima do nível do mar).[12]

Vegetação[editar | editar código-fonte]

O município está situado na Região da Floresta de Araucária e na extensão do perímetro Urbano do município Floresta de Faxinais, caso único em todo o Estado de Santa Catarina.

A Floresta de Araucária é subdividida no município em duas áreas distintas, ao Norte a submata onde predominava a imbuia, a socopena, a erva-mate e taquara; ao Sul a submata onde predominam o angico, a grapia, a guajuvira e a canela.

A Floresta de Faxinal abrange uma extensão de aproximadamente 16 a 20 km por 4 a 7 km de largura.

Os pinheiros são esparsos, altos, com sub-bosque formado principalmente pelo guaraperê e pelo guaramirim, que constituem a parte mais importante associados à congonha, à carne-de-vaca, à caúna e à erva-mate.[13]

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Os Rios Chapecozinho ao Norte e Irani ao Sul constituem as partes de extensões, limite natural do município de Faxinal dos Guedes, com os municípios de Ouro Verde ao norte e Xavantina e Ipumirim ao sul.

O município possui 40 km de rios, 128 km de riachos e arroios e muitos açudes de pesca para o próprio sustento. Os Arroios e Riachos apresentam em seus cursos inúmeras quedas, sendo que os principais rios são o Rio Chapecózinho e o Rio Irani.[13]

Limites[editar | editar código-fonte]

[12]

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima do município de Faxinal dos Guedes é temperado. A temperatura média anual é de 16,4 °C, sendo que no inverno pode alcançar temperaturas abaixo de 0 °C propiciando a ocorrência de neve e no verão pode alcançar temperaturas de até 30 °C.

É constante o vento no município devido a sua altitude, sendo que as principais direções são Nordeste e Sul.[12]

Dados climatológicos para Faxinal dos Guedes
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima média (°C) 26,9 26,3 25,2 22,0 20,1 18,8 18,7 20,7 21,8 23,2 25,0 26,2 22,9
Temperatura média (°C) 20,7 20,4 19,0 15,7 13,6 12,5 12,0 13,6 15,2 16,8 18,3 19,6 16,4
Temperatura mínima média (°C) 14,6 14,5 12,9 9,4 7,1 6,2 5,3 6,5 8,7 10,4 11,6 13,0 10,0
Precipitação (mm) 212 174 177 179 187 215 149 181 212 235 152 182 2 255
Fonte: Climate-Data.org[14]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Em 2016, a população do município foi estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em 10 758 habitantes, sendo o 5º município mais populoso da Microrregião de Xanxerê (atrás de Xanxerê, Xaxim, Abelardo Luz e Ponte Serrada)[15] e o 7º da Região Metropolitana de Chapecó (atrás de Chapecó, Xanxerê, Xaxim, Seara, Pinhalzinho e Palmitos), apresentando uma densidade populacional de 31,38 habitantes por quilômetro quadrado.

Ano População
1991 9.266
1996 10.181
2000 10.767
2007 10.339
2016 10.758

Composição Étnica[editar | editar código-fonte]

A cidade foi colonizada principalmente por gaúchos descendentes de italianos e alemães.[16]

Cor/Raça População
Amarela 5
Branca 7.482
Indígena 9
Parda 2.717
Preta 449

Religião[editar | editar código-fonte]

Tal qual a variedade cultural verificável em Faxinal dos Guedes, são diversas as manifestações religiosas presentes na cidade. Embora tenha se desenvolvido sobre uma matriz social eminentemente católica, tanto devido à colonização quanto à imigração - e ainda hoje a maioria dos faxinalenses declara-se católica -, é possível encontrar atualmente na cidade dezenas de denominações protestantes diferentes, assim como a prática do espiritismo entre outras.[17]

Política[editar | editar código-fonte]

De acordo com a Constituição de 1998, Faxinal dos Guedes está localizada em uma república federativa presidencialista. Foi inspirada no modelo estadunidense, no entanto, o sistema legal brasileiro segue a tradição romano-germânica do Direito positivo.[18] A administração municipal se dá pelo poder executivo e pelo poder legislativo.

O prefeito eleito nas eleições municipais no Brasil em 2012 para ocupar o cargo de 2013 a 2016 foi Edegar Giordani, do Partido Social Democrático (PSD). Nas eleições municipais de 2016, o eleito foi Gilberto Ângelo Lazzari, do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).

O poder legislativo da cidade de Faxinal dos Guedes é constituído pela Câmara Municipal), composta por 09 vereadores[19] eleitos para mandatos de quatro anos (em observância ao disposto no artigo 29 da Constituição).[20]

Divisão Administrativa[editar | editar código-fonte]

O município de Faxinal dos Guedes é constituído pelo distrito sede e pelo distrito de Barra Grande. O Distrito Sede de Faxinal dos Guedes é formado por nove bairros.[21]

Bairro População
São Cristóvão 1.416 hab
Rosa 1.221 hab
Centro 921 hab
João José Gehlen 573 hab
1 569 hab
Antoniolli 458 hab
Ozelame 401 hab
São José 391 hab
2 369 hab

Economia[editar | editar código-fonte]

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Produto interno bruto (PIB) do município de Faxinal dos Guedes no ano de 2014, foi de 293 587 reais.[22] O PIB é composto majoritariamente pelo setor agropecuário (R$ 103.142,00), Indústria (R$ 95.938,00) e setor de serviços (R$ 94.507,00).[23]

Indústria e Serviços[editar | editar código-fonte]

Após a instalação da primeira serraria em 1942, Migliorini e Grando e Cia LTDA, estas se multiplicaram e foram a maior força industrial do município até a década de 60 e 70. A partir da década de 60 começaram a se instalar agroindústrias e fábricas de papelão, sendo esta última o principal pilar da indústria do município até hoje.

Faxinal dos Guedes conta hoje com indústrias que a deixam em destaque em todo território brasileiro e em outros países como a BRF Brasil Foods, Avelino Bragagnolo Indústria e Comércio, Pezzaioli, entre outras. Também possui um variado ramo comercial, podendo-se encontrar desde pequenos utensílios até itens de maior porte.[24]

Agricultura[editar | editar código-fonte]

Outros pilares da economia eram a extração de madeira e de erva-mate, passando mais tarde à agricultura e a pecuária, predominando a produção de erva-mate e criação bovina, suína e avícola.

Na agricultura se destaca também como grande produtor de semente de soja e de milho.[25]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Meios de Comunicação[editar | editar código-fonte]

Faxinal dos Guedes possui duas emissoras de rádio FM (uma comercial Alternativa 102,7 FM - e uma comunitária Cidade FM 104,9). Também está na área de cobertura de duas emissoras de TV: uma afiliada a Rede Globo e a outra à Rede Record.[26]

Rede Emissora Canal
Globo RBS TV Chapecó 05
Record RIC TV Xanxerê 13

Transportes[editar | editar código-fonte]

O Terminal Rodoviário Vitório Aléssio foi construído estrategicamente ao lado do principal trevo de acesso à cidade. No interior do terminal estão localizados guichês para venda de passagens, lanchonete e banheiros públicos. Há linhas para as principais cidades da região e do país através da empresa Reunidas entre outras. O transporte público é providenciado por uma empresa de ônibus local com uma linha em operação diária entre a região central e o distrito de Barra Grande.

O principal acesso é pela rodovia BR-282 para quem vem do Litoral ou do Extremo Oeste. Também é possível chegar utilizando o Aeroporto de Xanxerê para aeronaves de pequeno porte, distante cerca de 16 km ou o Aeroporto de Chapecó que conta com voos regulares para todo o país pelas empresas Gol Linhas Aéreas Inteligentes, Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas Brasileiras.[27]

Educação[editar | editar código-fonte]

Segundo o IBGE, Faxinal dos Guedes conta com 06 escolas de nível fundamental e 02 de nível médio.[28] Com a instalação de novos polos de ensino a distância, a cidade já conta com 01 centro na modalidade superior.[29]

Saúde[editar | editar código-fonte]

Faxinal dos Guedes conta com 01 centro hospitalar atendendo em várias modalidades com 42 leitos, 08 unidades de saúde pública além de policlínicas e laboratórios de analises clínicas.[30]

Faxinalenses ilustres[editar | editar código-fonte]

Teori Zavascki, ministro do Supremo Tribunal Federal.[31][32]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b «Estimativa populacional 2017 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 30 de agosto de 2017. Consultado em 12 de novembro de 2017 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 15 de fevereiro de 2014 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Aspectos Geográficos - Aspectos Geográficos - Município de Faxinal dos Guedes». www.faxinal.sc.gov.br. Consultado em 19 de junho de 2016 
  7. «Municípios Associados - AMAI - Associação dos Municípios do Alto Irani - AMAI - Associação dos Municípios do Alto Irani». www.amaisc.org.br. Consultado em 19 de junho de 2016 
  8. «Histórico - Histórico - Município de Faxinal dos Guedes». www.faxinal.sc.gov.br. Consultado em 19 de junho de 2016 
  9. a b «IBGE | Cidades | Santa Catarina | Faxinal dos Guedes | Histórico». cidades.ibge.gov.br. Consultado em 20 de junho de 2016 
  10. «Histórico - Histórico - Município de Faxinal dos Guedes». www.faxinal.sc.gov.br. Consultado em 19 de junho de 2016 
  11. «Aspectos Geográficos - Aspectos Geográficos - Município de Faxinal dos Guedes». www.faxinal.sc.gov.br. Consultado em 26 de abril de 2017 
  12. a b c «Aspectos Geográficos - Aspectos Geográficos - Município de Faxinal dos Guedes». www.faxinal.sc.gov.br. Consultado em 19 de junho de 2016 
  13. a b «Aspectos Geográficos - Aspectos Geográficos - Município de Faxinal dos Guedes». www.faxinal.sc.gov.br. Consultado em 20 de junho de 2016 
  14. «Clima: Faxinal dos Guedes». Climate-Data.org. Consultado em 18 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 18 de janeiro de 2016 
  15. «IBGE | Brasil em Síntese». www.cidades.ibge.gov.br. Consultado em 26 de abril de 2017 
  16. «IBGE | Brasil em Síntese». www.cidades.ibge.gov.br. Consultado em 26 de abril de 2017 
  17. «IBGE | Cidades | Santa Catarina | Faxinal dos Guedes | Censo Demográfico 2010: Resultados da Amostra - Religião». cidades.ibge.gov.br. Consultado em 26 de abril de 2017 
  18. «The Brazilian legal system is based on the Roman-Germanic tradition». www.oas.org. Consultado em 26 de abril de 2017 
  19. «Vereadores Eleitos em Faxinal dos Guedes / SC». Eleições 2016. Consultado em 26 de abril de 2017 
  20. «WebCite query result». www.webcitation.org (em inglês). Consultado em 26 de abril de 2017 
  21. «Os maiores bairros de Faxinal dos Guedes - Santa Catarina | Lista dos 10 maiores bairros de Faxinal dos Guedes». populacao.net.br. Consultado em 19 de junho de 2016 
  22. «IBGE | Brasil em Síntese». www.cidades.ibge.gov.br. Consultado em 26 de abril de 2017 
  23. «IBGE | Cidades | Infográficos | Santa Catarina | Faxinal dos Guedes | Economia». cidades.ibge.gov.br. Consultado em 26 de abril de 2017 
  24. «Aspectos Econômicos - Aspectos Econômicos - Município de Faxinal dos Guedes». www.faxinal.sc.gov.br. Consultado em 26 de abril de 2017 
  25. «Aspectos Econômicos - Aspectos Econômicos - Município de Faxinal dos Guedes». www.faxinal.sc.gov.br. Consultado em 20 de junho de 2016 
  26. «Xanxerê | RIC Mais Santa Catarina». RIC Mais Santa Catarina. Consultado em 19 de junho de 2016 
  27. «Estado SC». www.infraero.gov.br. Consultado em 19 de junho de 2016 
  28. «IBGE | Cidades | Santa Catarina | Faxinal dos Guedes | Ensino - Matrículas, Docentes e Rede Escolar - 2015». cidades.ibge.gov.br. Consultado em 26 de abril de 2017 
  29. «FAEL INTERATIVA FAXINAL DOS GUEDES». FAEL - Faculdade Educacional da Lapa 
  30. «Infraestrutura Social - Infraestrutura Social - Município de Faxinal dos Guedes». www.faxinal.sc.gov.br. Consultado em 26 de abril de 2017 
  31. «Mãe e irmã lembram infância do ministro em Faxinal dos Guedes | clicRBS Chapecó». wp.clicrbs.com.br. Consultado em 20 de junho de 2016 
  32. «Notícias STF:: STF - Supremo Tribunal Federal». www.stf.jus.br. Consultado em 20 de junho de 2016 

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.