Síndrome de Peutz–Jeghers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Síndrome de Peutz-Jeghers)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Síndrome de Peutz-Jeghers
Micrografia de um pólipo colorretal do tipo Peutz-Jeghers; coloração H&E.
Especialidade genética médica
Classificação e recursos externos
CID-10 Q85.8
CID-9 759.6
OMIM 175200
DiseasesDB 9905
MedlinePlus 000244
eMedicine med/1807 article/182006article/1664349
MeSH D010580
A Wikipédia não é um consultório médico. Leia o aviso médico 

A síndrome de Peutz-Jeghers' (SPJ), também denominada síndrome da polipose hereditária intestinal(SPHI) é uma doença genética caracterizada pelo desenvolvimento de pólipos hamartomosos no aparelho digestivo e manchas escuras nos lábios e na mucosa da boca.[1]

Causa[editar | editar código-fonte]

É uma doença genética rara, autossômica dominante, provavelmente por uma mutação do gene STK11 (LKB1) no Cromossoma 19 (humano), um gene que suprime o aparecimento de câncer. Por isso, o risco de desenvolver cânceres internos é muitas vezes maior nesses pacientes.[2]

Sinais e sintomas[editar | editar código-fonte]

Manchas na boca, é um dos sintomas mais característicos.

Na infância aparecem os primeiros sintomas, que aumentam com a idade e incluem[3]:

O aumento nos índices de estrógeno ou testosterona podem estar associados a:

  • Irregularidades menstruais,
  • Puberdade precoce,
  • Ginecomastia,
  • Crescimento acelerado,
  • Tumor testicular.

Epidemiologia[editar | editar código-fonte]

A síndrome de Peutz–Jeghers tem uma incidência de aproximadamente 1 em cada 25000 a 300 000 nascimentos.[4] Pacientes com Peutz-Jeghers tem 15 vezes maior risco de desenvolver câncer de intestino ou câncer de cólon que a população em geral.[5] O risco também é maior para o desenvolvimento de outros tipos de câncer como de mama, pâncreas, estômago e ovário. A idade do diagnóstico de câncer é geralmente entre os 32 e 53 anos (em média aos 43 anos). Aproximadamente metade dos pacientes desenvolve câncer antes dos 60 anos.[6]

Tratamento[editar | editar código-fonte]

A cirurgia está de ressecação e extração de pólipos está indicada principalmente nos casos de obstrução, sangramento ou intussuscepção do tubo digestivo. Tentativas de ressecações extensas por todo o tubo digestivo não controlam a doença e pioram o estado nutricional dos pacientes.[7]

Referências

  1. James, William; Berger, Timothy; Elston, Dirk (2005). Andrews' Diseases of the Skin: Clinical Dermatology 10th ed. [S.l.]: Saunders. p. 857. ISBN 0-7216-2921-0 
  2. http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/16110486
  3. 3. Marschall J, Hayes P. Intussusceptions in a man with Peutz Jeghers syndrome. CMAJ. 2003; 168(3):315-6.
  4. Bouquot, Jerry E.; Neville, Brad W.; Damm, Douglas D.; Allen, Carl P. (2008). Oral and Maxillofacial Pathology. Philadelphia: Saunders. p. 16.11. ISBN 1-4160-3435-8 
  5. http://emedicine.medscape.com/article/182006-overview
  6. Spigelman AD, Murday V, Phillips RK. Cancer and the Peutz-Jeghers syndrome. Gut. 1989 Nov. 30(11):1588-90.
  7. ANDRADE, Aderivaldo Coelho de et al. Síndrome de Peutz-Jeghers: relato de caso. Rev. Col. Bras. Cir. [online]. 2008, vol.35, n.3 [cited 2015-08-22], pp. 210-211 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-69912008000300015&lng=en&nrm=iso>. ISSN 1809-4546. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69912008000300015.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Síndrome de Peutz–Jeghers