Sítio Novo (Rio Grande do Norte)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras cidades contendo este nome, veja Sítio Novo.
Sítio Novo
  Município do Brasil  
Hino
Apelido(s) "A terra do castelo"
Gentílico sítio-novense
Localização
Localização de Sítio Novo no Rio Grande do Norte
Localização de Sítio Novo no Rio Grande do Norte
Mapa de Sítio Novo
Coordenadas 6° 06' 14" S 35° 54' 39" O
País Brasil
Unidade federativa Rio Grande do Norte
Região intermediária[1] Natal
Região imediata[1] Santa Cruz
Municípios limítrofes Norte – Barcelona, Lagoa de Velhos e São Tomé; Sul – Tangará e Santa Cruz; Leste – Lagoa de Velhos e Tangará; Oeste – São Tomé e Santa Cruz
Distância até a capital 99[2] km
História
Fundação 31 de dezembro de 1958 (61 anos)
Aniversário 31 de Dezembro
Administração
Prefeito(a) Francisco Edilson Fernandes Júnior (PSD)
Características geográficas
Área total [3] 213,456 km²
População total (estimativa IBGE/2019[4]) 5 522 hab.
 • Posição RN: 111°
Densidade 25,9 hab./km²
Clima Tropical semiárido
Altitude 175 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010[5]) 0,572 baixo
PIB (IBGE/2017[6]) R$ 42 034,05 mil
PIB per capita (IBGE/2017[6]) R$ 7 603,84
Outras informações
Padroeiro(a) São Sebastião
Website sitionovo.rn.gov.br (Prefeitura)

Sítio Novo é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Norte. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) no ano 2019, sua população estimada é de 5.522 habitantes.[7] Área territorial de 213,456 km² em 2018.[8]

História[editar | editar código-fonte]

As terras da Fazenda Grossos, pertencentes ao Capitão Amaro de Barros Lima em 1787, abrangia a serra de Grossos e situava-se à margem do riacho São Pedro, afluente do rio Potengi. Nessas terras nasceu uma povoação formada em sua maioria por agricultores tendo à frente o grande incentivador e fundador do povoado de Grossos, o senhor Francisco Ferreira Lima, popularmente conhecido como "Seu Chicó". Incentivado por Seu Chicó o povoado mudou de nome, passando a ser chamado de Sítio Novo. Em 1913, foi construída uma capela em homenagem a São Francisco de Assis.

Sítio Novo recebeu status de município pela lei estadual nº 2339 de 31 de dezembro de 1958, com território desmembrado do município de São Tomé e elevado à categoria de município do Rio Grande do Norte.

Castelo Zé dos Montes[editar | editar código-fonte]

Castelo de Zé dos Montes

O principal atrativo de Sítio Novo é o Castelo Zé dos Montes, alcunha de José Antônio Barreto que construiu essa intrigante edificação na Serra da Tapuia, em 1984. 

Distante 8 Km da sede do município fica, digamos assim, no meio do nada. E como tal, chama a atenção. Torres brancas em contraste com a aridez do local parecem proteger o vale da Serra da Tapuia. 

O castelo foi criado por José antônio Barreto, que recebeu uma visão sobre a construção do castelo, atualmente os filhos tomam conta do atrativo.

O castelo é em formato de labirinto, onde possui em sua entrada um restaurante, o local é aberto só até as 17h com entrada de R$10,00 por pessoa, onde estudantes, professores e idosos pagam a metade.

Como chegar: Saindo de Natal, segue pela BR-226. Quando chega em Tangará segue direto até o final da avenida principal. Na lanchonete Dois Irmãos entra a direita com destino a Sítio Novo. De Tangará até o castelo são 25 quilômetros.

Estatísticas do Registro Civil[editar | editar código-fonte]

CASAMENTOS
ANO REGISTRADOS
2012[9] 28
2013[10] 31
2014[11] 12
2015[12] 55
2016[13] 18
2017[14] 20
2018[15] 17

Evolução Populacional[editar | editar código-fonte]

Ano Sítio Novo Rio Grande do Norte Brasil
1991 4 600 2 415 567 146 825 475
1996 4 518 2 548 745 156 032 944
2000 4 448 2 776 782 169 799 170
2007 5 212 3 013 740 183 987 291
2010 5 020 3 168 027 190 755 799
2014 5 384 3 426 360 203 567 129
2018 5 481 3 479 010 208 494 900
2019 5 522[16] 3 506 853[17] 210 147 125[18]

Finanças Públicas[editar | editar código-fonte]

ANO TOTAL DE RECEITAS REALIZADAS (R$) TOTAL DE DESPESAS EMPENHADAS (R$)
2009 8.224.621,48 7.114.674,32
2017[19] 15.912.910,00 15.332.460,00

Formação Administrativa[editar | editar código-fonte]

Elevado à categoria de município com a denominação de Sítio Novo, pela lei estadual nº 2339, de 31-12-1958, desmembrado do município de São Tomé. Sede no atual distrito de Sítio Novo expovoado. Constituído distrito sede. Instalada em 01-01-1959.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1963, o município é constituído do distrito sede.

Pela lei estadual nº 2979, de 08-11-1963, é criado o distrito de Serra da Tapuia e anexado ao município de Sítio Novo.

Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Sítio Novo e Serra do Tapuia. 

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Frota[editar | editar código-fonte]

FROTA DE VEÍCULOS 2013[20] 2018[21]
AUTOMÓVEL 213 322
CAMINHÃO 16 22
CAMINHONETE 32 55
CAMIONETA 8 12
CICLOMOTOR 2
MICRO-ÔNIBUS 5 10
MOTOCICLETA 297 382
MOTONETA 16 18
ÔNIBUS 2 3
REBOQUE 2 4
SEMI-REBOQUE 1
UTILITÁRIO 1

Pontos Turísticos[editar | editar código-fonte]

- Açude Barra da Tapuia

- Castelo de Zé dos Montes

- Pedra de São Pedro

- O olho d'água

- Trilhas da Pedra de São Pedro

- Cavernas

- Pinturas Rupestres

- Cruzeiro de São Francisco

- Capela de Santo Antonio

- Mirantes Naturais

Saúde[editar | editar código-fonte]

Estabelecimentos de saúde
Municipais 2

Temperatura[editar | editar código-fonte]

Temperatura média[22]
30,2 °C 

Ensino[editar | editar código-fonte]

Matrículas, docentes, escolas

ANO MATRÍCULAS DOCENTES ESCOLAS
ENSINO

INFANTIL

ENSINO

FUNDAMENTAL

ENSINO

MÉDIO

ENSINO

INFANTIL

ENSINO

FUNDAMENTAL

ENSINO

MÉDIO

ENSINO

INFANTIL

ENSINO

FUNDAMENTAL

ENSINO

MÉDIO

2012[23] 197 905 218 8 42 8 4 9 1
2013[24] 209 838 233 8 34 6 3 8 1
2014[25] 206 814 191 9 38 6 3 8 1
2015[26] 222 756 183 11 34 5 3 7 1
2016[27] 215 726 144 10 37 5 4 6 1
2017[28] 214 714 163 11 35 4 3 6 1
2018[29] 182 691 150 10 35 5 3 5 1


Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  2. http://www.femurn.org.br/p/distancia-a-natal-rn
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  4. «População estimada [2019]». População estimada [2019]. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2019. Consultado em 12 de abril de 2020 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 4 de setembro de 2013 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 10 abril 2020 
  7. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/panorama
  8. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/panorama
  9. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/pesquisa/20/29767?ano=2012
  10. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/pesquisa/20/29767?ano=2013
  11. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/pesquisa/20/29767?ano=2014
  12. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/pesquisa/20/29767?ano=2015
  13. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/pesquisa/20/29767?ano=2016
  14. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/pesquisa/20/29767?ano=2017
  15. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/pesquisa/20/29767?ano=2018
  16. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/panorama
  17. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/pesquisa/53/49645?ano=2019
  18. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pesquisa/53/49645?ano=2019
  19. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/panorama
  20. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/pesquisa/22/28120?ano=2013
  21. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/pesquisa/22/28120?ano=2018
  22. https://www.climatempo.com.br/climatologia/6735/sitionovo-rn
  23. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/pesquisa/13/78117?ano=2012
  24. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/pesquisa/13/78117?ano=2013
  25. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/pesquisa/13/78117?ano=2014
  26. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/pesquisa/13/78117?ano=2015
  27. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/pesquisa/13/78117?ano=2016
  28. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/pesquisa/13/78117?ano=2017
  29. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rn/sitio-novo/pesquisa/13/78117?ano=2018
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Rio Grande do Norte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.