Serra do Sabarabuçu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A denominada serra do Sabarabuçu é uma montanha lendária, descrita como uma "serra resplandescente" pelos indígenas brasileiros, no século XVI.[1][2]

Pela altitude e proeminente destaque no relevo, a serra da Piedade no município de Caeté, um dos 34 municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais, ganhou reputação regional como sendo essa montanha lendária.

No imaginário da época, podia se afigurar como constituída toda de ouro ou de prata. Este mito confundiu-se mais tarde, à época do bandeirismo, no século seguinte, com a serra das Esmeraldas, alvo da afamada bandeira de Fernão Dias.

O Sabarabuçu é o equivalente brasileiro do cerro de Potosí, no Alto Peru, atual Departamento de Potosí, na Bolívia., uma gigantesca jazida de prata, intensamente explorada pelos colonizadores espanhóis.

Referências

  1. Azevedo, Úrsula; Renger, Friedrich Ewald; Noce, Carlos; Machado, Maria Márcia (2009). «Serra da Piedade, Quadrilátero Ferrífero, MG. Da lenda do Sabarabuçu ao patrimônio histórico, geológico, paisagístico e religioso» (PDF). Sítios Geológicos e Paleontológicos do Brasil - SIGEP. 2 (129). 515 páginas. Cópia arquivada (PDF) em 24 de fevereiro de 2014 
  2. Machado, Maria Márcia Magela; Renger, Friedrich Ewald (2015). «Os primórdios da ocupação de Minas Gerais em mapas». Revista Brasileira de Cartografia (67.4): 759-771. Cópia arquivada em 22 de agosto de 2020 
Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.