Boiuna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Boiuna(Cobra -grande)
Carro alegórico representando a boiuna
cobra-grande . mãe-do-rio . senhora-das-águas

A boiuna, cobra-grande,[1] mãe-do-rio ou senhora-das-águas é um mito amazônico de origem ameríndia. É descrita como uma enorme cobra escura capaz de virar as embarcações. Também pode imitar as formas das embarcações, atraindo náufragos para o fundo do rio, ou assumir a forma de uma mulher.[2]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Boiuna" deriva do tupi mbóiuna, que significa "cobra preta", através da junção de mbói (cobra) e una (preta).[3]

Referências

  1. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.
  2. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p. 269
  3. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p. 269
Ícone de esboço Este artigo sobre Mitologia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.