Soda Stereo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Soda Stereo
SodaenLima-2100924195.jpg
Soda Stereo em 2007: (da esq. para a dir.) Gustavo Cerati, Charly Alberti, Zeta Bosio.
Informação geral
Origem Argentina Buenos Aires, Argentina
Gênero(s) Rock, rock alternativo, new wave, pop rock, pós-punk, shoegaze, neopsicodelia, rock experimental[carece de fontes?]
Período em atividade 1982 - 1997, 2007 (turnê)
Página oficial Soda Stereo
Integrantes Gustavo Cerati, Zeta Bosio, Charly Alberti

Soda Stereo foi uma banda de rock argentina, formada em Buenos Aires no ano de 1982, por Gustavo Cerati (guitarra e vocal), Héctor "Zeta" Bosio (baixo e backing vocal) e Carlos Alberto Ficicchia «Charly Alberti» (bateria). A banda alcançou grande sucesso internacional nos anos 1980 e 90.

Em 1997 a banda terminou por problemas pessoais e diferença de critérios artísticos entre seus integrantes. No fim de 2007 a banda anunciou o regresso, para realizar uma única turnê continental chamada "Me verás volver" ("Me verá voltar", verso da canção "En la ciudad de la furia"), na qual reuniu mais de um milhão de fãs.[1]

Quatro de seus álbuns foram incluídos na lista dos 250 melhores de todos os tempos do rock iberoamericano ou latino: Canción animal (Nº 2), Comfort y música para volar (Nº 15), Signos (Nº 40) y Sueño Stereo (Nº 41).[2]

Sua canção "De música ligera" (que no Brasil ganhou uma versão dos Paralamas do Sucesso, "De música ligeira", e posteriormente outra do Capital Inicial, "À sua maneira") foi considerada a quarta melhor de todos os tempos, tanto no rock latino em geral,[3] como do rock argentino em particular.[4] [5] As canções "Te hacen falta vitaminas" e "Nada personal" foram consideradas nº73 e nº74, respectivamente, entre os melhores temas do rock argentino.[4]

Os videoclips de "En la ciudad de la furia" e "Ella usó mi cabeza como un revólver" foram finalistas e vencedor, respectivamente, do único prêmio dado até então pela MTV à música latina. O videoclip de "Cuando pase el temblor" foi indicado como finalista do 12° "World Festival of Video and TV" ("Festival mundial de vídeo e televisão") em Acapulco.[6]

Em 2002 receberam o Prémio Leyenda ("Prêmio Lenda") da MTV Latinoamérica, por sua trajetória musical.[6] Em seus catorze anos de existência contínua realizaram cerca de 1.200 apresentações, em 137 cidades da América e da Espanha.[7]

Historia[editar | editar código-fonte]

Primeiros passos (1982-1984)[editar | editar código-fonte]

No início dos anos 80, Gustavo Adrián Cerati, de 22 anos, e Héctor "Zeta" Bosio, de 23 anos, estavam prestes a se encontrar. Cerati e Zeta tinham as mesmas aspirações e gostos para com a música, juntos começaram a procurar um grupo punk rock inspirado em The Police (que havia feito shows na Argentina em 1980) e The Cure, com canções em espanhol. Inicialmente, Cerati e Zeta entraram para o The Morgan, e em seguida, montaram o Stress com Charly Amato, Sandra Baylac e o baterista Pablo Guadalupe. Também integraram o Proyeto Erekto com Andrés Calamaro.


Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Sandra Commisso. «Soda Stereo: los verás volver». Diario Clarín, 19 de outubro de 2007. Consultado em 12 de dezembro de 2007. 
  2. J. L. Mercado. «Los 250: Essential Albums of All Time Latin Alternative - Rock Iberoamericano». Revista AlBorde. Consultado em 8 de dezembro de 2007. 
  3. Satélite Musical. «Top 20 del rock latino». Satélite Musical. Consultado em 8 de dezembro de 2007. 
  4. a b Rock.com.ar. «Las 100 de los 40». Rock.com.ar. Consultado em 8 de dezembro de 2007. 
  5. MTV & Rolling Stone {Argentina}. «100 Canciones de Rock Nacional». MTV & Rolling Stone {Argentina}. Consultado em 8 de diciembre de 2007. 
  6. a b Indyrock. «Gustavo Cerati». Indyrock. Consultado em 8 de dezembro de 2007. 
  7. La Voz del Interior. «Fernet con Soda». Diario La Voz del Interior, 9 de dezembro de 2007. Consultado em 10 de dezembro de 2007. 
Flag of Argentina.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical da Argentina, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.