Saltar para o conteúdo

Som (moeda usbeque)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Som
Dados
Código ISO 4217 UZS
Usado  Uzbequistão
Inflação 8,5% (2015)
Sub-unidade

100 tiyin
Plural somes

O som ou, na sua forma aportuguesada, some[1] (plural de ambas as formas em português: somes[2][1]) (em usbeque: сўм, ou soʻm) é a moeda corrente do Usbequistão, país da Ásia Central. Está registrado no padrão ISO 4217 sob o código alfabético UZS.

Na União Soviética, os falantes das línguas cazaque, quirguiz e usbeque referiam-se ao rublo como "som," e esse nome apareceu escrito no verso das novas notas. Na língua usbeque, a palavra também significa "puro."

Transição do rublo soviético

[editar | editar código-fonte]
Ver artigo principal: Som-cupom
Anverso da cédula de dez som-cupons. Seria trocado por um tiyin, durante o mês de julho de 1994.

Assim como várias outras repúblicas ex-soviéticas, o Usbequistão continuou utilizando o rublo após declarar independência. Mas em 26 de julho de 1993, a Rússia emitiu uma nova série de rublos, substituindo as antigas séries soviéticas.[3][4]

Entre 15 de novembro de 1993 e 1.º de agosto de 1994, circularam, no território usbeque, os som-cupons: uma moeda paralela e paritária ao rublo. Servia apenas como moeda de transição e, por isso, foi projetada de maneira bastante simplista. Não foram cunhadas moedas, por exemplo, nem foi definida uma subdivisão monetária.

Em 1.º de julho de 1994, o governo usbeque introduziu o som a uma taxa de um som para mil som-cupons. Também definiu o tiyin como a centésima parte de um som. À época, um dólar estadounidense correspondia a 25 somes.

Hoje, em janeiro 2016, a maior denominação da moeda usbeque, o 5000 som, vale cerca de US$ 1,78. Isso cria dificuldades ao povo usbeque, que precisa transportar grandes volumes de cédulas para fazer compras e pagar contas. Consequentemente, a menor denominação, um tiyin, vale 2790 vezes menos do que um cêntimo de dólar, tornando-a "a moeda mais inútil do mundo." Denominações menores do que 25 som são consideradas raras, agora.[5]

Duas séries de moedas foram emitidas para o som. A mais notável das diferenças é o sistema de escrita utilizado: na primeira série, escreveu-se com o alfabeto cirílico; na segunda série, com o latino.

Segunda série (2000 –)

[editar | editar código-fonte]
Denominação Introdução Metal Diâmetro
(mm)
Peso
(g)
Anverso Reverso Espécimen
1 som 2000 Cu+Ni 18,80 2,90
5 somes 2000 Cu+Ni+Zn 21,30 3,50
10 somes 2001 Al 19,90 2,75
25 somes 1999 Cu+Ni 27,20 6,10
50 somes 2001 Cu+Ni 26,40 7,45
  • "50 SO‘M"
  • mapa do Usbequistão
  • "O‘ZBEKISTON RESPUBLIKASI MUSTAQILLIGINING"
  • "10 YILLIGI"
50 somes 2002 Cu+Ni 26,40 7,90
100 somes 2004 Cu+Ni 27,00 8,20
100 somes 2004 Cu+Ni 27,00 8,20
  • "100 SO‘M"
  • "O‘ZBEKISTON MILLIY VALYUTASIGA"
  • "TOSHKENT SHAHRINING 2200 YILLIGI"
100 somes 1997 Cu+Ni 27,00 8,20

Primeira série (1994 – 2000)

[editar | editar código-fonte]
Denominação Introdução Metal Diâmetro
(mm)
Peso
(g)
Anverso Reverso Espécimen
1 tiyin 1994 Cu+Ni+Zn 17,00 1,70
  • ""1 ТИЙИН""
  • ramas de algodoeiro
  • ano de cunhagem
3 tiyin 1994 Cu+Ni+Zn 20,00 2,70
5 tiyin 1994 Cu+Ni+Zn 21,50 3,40
10 tiyin 1994 Cu+Ni 18,80 2,90
20 tiyin 1994 Cu+Ni 22,00 3,90
50 tiyin 1994 Cu+Ni 24,00 4,90
1 som 1997 Cu+Ni 1 980 2,72
5 somes 1997 Cu+Ni 22,20 3,94
10 somes 1997 Cu+Ni 24,10 4,80

A primeira, e única, série de cédulas de som, foram lançadas em 1994, com as denominações de 1, 3, 5, 10, 25, 50 e 100 somes. Posteriormente, foram lançadas as de 200 som, em 1997; de 500, em 1999; de 1000, em 2001; de 5000, em 2013; e de 10000, em 2017.

Série única (1994 – )[6]
Imagem Valor nominal Cor(es) principal(is) Características Introdução
Anverso Reverso Anverso Reverso
1 som Verde Brasão de armas Alisher Navoi Opera e Ballet Theater, em Tasquente 1994
3 som Vermelho Mesquita de Çaçma Ayub Mazar, em Bucara
5 som Azul e laranja Brasão de armas e padrão islâmico Monumento a Ali Shir Nawai, em Tasquente
10 som Púrpura Gur-e Amir, em Samarcanda
25 som Azul e magenta Mausoléu de Kazi Zade Rumi, no complexo Shakhi-Zinda, em Samarcanda
50 som Marrom Os três madraçais da praça Reguistão, em Samarcanda
100 som Púrpura Palácio Bunyodkor in, em Tasquente
200 som Verde Brasão de armas Detalhe do mosaico de tigre da Madraçal de Cher-Dor da praça Reguistão, em Samarcanda 1997
500 som Vermelho Estátua de Tamerlão, em Tasquente 1999
1000 som Cinza Museu Amir Timur, em Tasquente 2001
5000 som Verde Assembleia Nacional, (Oliy Majlis) em Tasquente 2013
10000 som Azul Senado, em Tasquente 2017

Referências

  1. a b Henriques, Raul Pinheiro (2013). Designação de unidades monetárias em português: Léxico e normalização linguística (PDF). Lisboa: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa – Departamento de Linguística Geral e Românica. Consultado em 1 de dezembro de 2014 
  2. Correia, Paulo; Gonçalves, Susana (Primavera de 2013). «Do afegâni ao zlóti» (PDF). Sítio web da Direcção-Geral da Tradução da Comissão Europeia no portal da União Europeia. A Folha – Boletim da língua portuguesa nas instituições europeias (n.º 41). 22 páginas. ISSN 1830-7809. Consultado em 24 de maio de 2013 
  3. «A História Global de Moedas - Rússia». Consultado em 18 de novembro de 2016. Arquivado do original em 4 de janeiro de 2007 
  4. Departamento de Estado dos EUA (fevereiro de 1994).
  5. http://www.bbc.co.uk/news/magazine-21572359
  6. «notas». Consultado em 18 de novembro de 2016. Arquivado do original em 6 de agosto de 2013 

Ligações externas

[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Som-cupom
Moeda do Usbequistão
1994 –
Sucedido por