South American Way

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"South American Way"
Single de Carmen Miranda
Formato(s) 78 rpm
Gravação 26 de dezembro de 1939
Duração 2 min 53 s
Composição Al Dubin e Jimmy McHugh
Versão em português: Aloísio de Oliveira

South American Way é uma canção de Al Dubin e Jimmy McHugh que fez parte da revista The Streets of Paris, encenada em 1939, na qual foi apresentada por Carmen Miranda e o Bando da Lua.

Origem[editar | editar código-fonte]

Belenguendém é variação de berenguendém, o mesmo que balangandã. Carmen pronuncia "south" como "souse", em inglês embriagar-se. O sentido passava a ser "embriagado à moda sul-americana", erro fonético que divertia a platéia americana. "South American Way" foi escrita especialmente para a revista "The Streets of Paris". Carmen e o Bando da Lua adaptaram a composição para o ritmo brasileiro e Aloysio de Oliveira escreveu os versos em português. Tornou-se muito popular nos Estados Unidos.

O virtuosismo do instrumentista Aníbal Augusto Sardinha ("Garoto") chamou a atenção dos americanos que destacavam seu nome, ao lado de Carmen e o Bando da Lua. Oswaldo Gogliano ("Vadico"), pianista, arranjador e maestro, parceiro de Noel Rosa, fazia parte da equipe de Carmen, sendo seu o piano que se ouve nas gravações.[1]

Carmen a apresentou em sua primeira aparição em filme norte-americano, em Down Argentine Way (Serenata Tropical no Brasil), produzido pela Twentieth Century Fox. Também foi sua primeira gravação para a Decca, em 29 de dezembro de 1939.[2]

Regravações[editar | editar código-fonte]

Na cultura popular[editar | editar código-fonte]

Em filmes[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. JÚNIOR, Abel Cardoso. Carmen Miranda, a cantora do Brasil 1979, p. 129
  2. DUSSEK, Eduardo, Carmen Miranda: Melodias Cifradas para Guitarra, Violão e Teclados, São Paulo:Editora Irmãos Vitale, ISBN 85-740-711-02

Ligações externas[editar | editar código-fonte]