Mamãe Eu Quero

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Mamãe Eu Quero é uma famosa Marchinha de Carnaval de 1937, composta por Vicente Paiva e Jararaca. A gravação original foi feita pelo próprio compositor Jararaca em 1937, pela gravadora Odeon, sendo até hoje uma das canções brasileiras mais famosas de todos os tempos. De acordo com Ecad, escritório responsável pela a arrecadação e distribuição dos direitos autorais, é a terceira gravação mais executadas na voz de Carmen Miranda, nos últimos cinco anos (julho de 2010 a março de 2015), nos segmentos de rádio, música ao vivo, casas de festas, casas de diversão e sonorização ambiental.[1]

Em 2011, a revista Veja elegeu As 10 melhores marchinhas de Carnaval de todos os tempos, onde Mamãe Eu Quero aparece na 2a posição[2].

Origem[editar | editar código-fonte]

A canção foi gravada por Sílvio Caldas, Pixinguinha e outros, porém ganhou o âmbito internacional, sob o título de “I Want My Mama”, através de Carmen Miranda[nota 1], que a lançou no filme “Serenata Tropical”, de 1940, estando ainda hoje inteiramente a ela voltada.[3][4] Ainda no exterior foi gravada por Bing Crosby e pelas The Andrews Sisters, e apresentada em filmes dos Irmãos Marx, Mickey Rooney e Jerry Lewis.[5][6] Em 1943, no episódio Baby Pusss do desenho animado Tom e Jerry , o gato Topsy se caracteriza de Carmen Miranda, enquanto canta e dança a música "Mamãe Eu Quero". Em 1951, a canção apareceu em um episódio de I Love Lucy, sendo interpretada pela própria Lucille Ball.[7]

Na cultura popular[editar | editar código-fonte]

Em filmes[editar | editar código-fonte]

Na TV[editar | editar código-fonte]

Versões covers[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • A composição foi criada faltando apenas alguns meses para o início do carnaval de 1937.
  • Foi levada para os EUA em 1939, pelos integrantes de uma orquestra americana que se apresentara em 1937 no Cassino da Urca. Mais tarde foi incluída no repertório de Carmen Miranda, por exigência do próprio público de lá.
  • "Mamãe eu quero" serviu até para campanha eleitoral. Candidatando-se a uma vaga na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro pelo PCB, Jararaca compôs uma segunda versão para a música, que, segundo o jornal A Manhã, de 19 de dezembro de 1946, foi cantada a exaustão durante um comício do PCB na praia do Russel.


Notas

  1. Com acompanhamento do Bando da Lua e Garoto.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]