U-440

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
U-440
U-Boot Tipo VIIC.
Carreira   Bandeira da marinha que serviu
Data de encomenda 5 de janeiro de 1940
Estaleiro Schichau-Werke, Danzig[1]
Batimento de quilha 1 de outubro de 1940
Lançamento 8 de novembro de 1941
Comissionamento 24 de janeiro de 1942
Estado afundado por cargas de profundidade
Fatalidade 31 de maio de 1943
Características gerais
Tipo de navio Submarino
Classe Tipo VIIC[2][3]
Deslocamento 769 toneladas (superfície)
871 toneladas (submerso)
Altura 9,55 m
Comprimento 67,1 m
Boca 6,18 m
Calado 4,74 m
Propulsão 3 200 HP (superfície)
750 HP (submerso)
Velocidade 17,7 nós (32,8 km/h) (superfície)
7,6 nós (14,1 km/h) (submerso)
Autonomia 8 500 milhas (15 742 km) / 10 nós (18,5 km/h) (superfície)
80 milhas (148,2 km)/ 4,0 nós (7,4 km/h) (submerso)
Profundidade máximo de 220 m
Armamento lança torpedos 4/1 (tubos de popa/tubos de convés), 14 torpedos
Canhão de 88 mm, 250 tiros
Canhão antiaéreo de 20 mm, 4 380 tiros
Tripulação 46 tripulantes

Unterseeboot 440 foi um submarino alemão do Tipo VIIC, pertencente a Kriegsmarine que atuou durante a Segunda Guerra Mundial.[4][5][6] O seu projeto foi encomendado no dia 5 de janeiro de 1940, sendo construído pela Schichau-Werke em Danzig e lançado ao mar no dia 8 de novembro de 1941. Foi comissionado no dia 24 de janeiro de 1942 pelo Kapitänleutnant Hans Geissler.[4]

O U-440 esteve em operação entre o mês de janeiro de 1942 e maio de 1943, realizando neste período cinco patrulhas de guerra sem ter atacado uma embarcação aliada. Foi afundado por cargas de profundidade [coordenadas 1] no dia 31 de maio de 1943, causando a morte de todos os 46 tripulantes.[7][8]

Características técnicas[editar | editar código-fonte]

O U-440 pertenceu à classe de U-boot Tipo VIIC, uma evolução do Tipo VIIB, possuindo praticamente o mesmo motor e potência, mas era um pouco mais largo e mais pesado, fato este que teve como consequência uma velocidade menor que a do seu antecessor. O primeiro desta classe a ser comissionado foi o U-69 no mês de novembro de 1940, sendo comissionados durante a guerra um total de 568 submarinos.[3]

O seu comprimento era de 67,1 metros, altura total de 9,60 metros e boca de 6,20 metros. A sua profundidade máxima de serviço era de 220 metros.[3] Tinha um deslocamento de 769 metros cúbicos quando estava na superfície e 871 metros cúbicos quando imerso.[9] Era movido por duas hélices com três pás cada, com 1,62 m de diâmetro, sendo direcionado por um leme duplo.[9]

Reposição de torpedos e Canhão de 88 mm.

Era propulsionado por dois motores diesel de seis cilindros de 1 400 cv, alcançando 470-490 rpm. Tinha capacidade máxima de 113 toneladas de combustível em seus tanques, sendo também enchidos os tubos de torpedos números um e três com combustível, passado posteriormente para os tanques de combustível conforme o nível baixava.[9]

Possuía também dois motores elétricos AEG com 375 cv cada, alcançando 295 rpm. Dois grupos de baterias elétricas com 62 células movimentavam estes motores elétricos, que tinham capacidade de gerar 9 160 A.h.[9]

O U-440 tinha uma autonomia de 8 500 milhas (15 742 km) a uma velocidade de 10 nós (18,5 km/h) estando na superfície; já numa velocidade de 17 nós a sua autonomia caía para 3 450 milhas. Quando combinados os motores elétricos e a diesel, podia alcançar 9 400 milhas numa velocidade de 10 nós.[9]

Estando submerso, apenas os motores elétricos podiam ser usados, pelo fato de os motores a diesel consumirem o oxigênio do ar. Quando numa velocidade de 4 nós tinha um alcance de 80 milhas, já numa velocidade de 2 nós tinha uma alcance de 120 milhas.[9]

Era equipado com cinco tubos lança-torpedos, estando quatro na proa e um na popa, tendo uma dimensão de 53,3 centímetros de alma e podendo levar 14 torpedos por patrulha. Já em seu convés possuía um canhão de 88 mm usado para ataques na superfície, levando 250 munições para o mesmo. A sua metralhadora antiaérea era de calibre 20 mm, carregando 4 380 cartuchos.[9]

Comandantes[editar | editar código-fonte]

O U-440 teve dois comandantes, sendo o primeiro deles o Kapitänleutnant Hans Geissler, que assumiu o comando deste submarino no dia 24 de janeiro de 1942 e permaneceu até o dia 19 de maio de 1943, realizando neste período quatro patrulhas de guerra num total de 137 dias.[10] Após a saída de Geissler, quem assumiu o comando foi o Oberleutnant zur See Werner Schwaff no dia 20 de maio de 1943, o qual realizou uma patrulha de guerra, permanecendo seis dias no mar até ser afundado no dia 31 de maio de 1943.[11]

Comandante[4] Data
Kptlt. Hans Geissler[10] 24 de janeiro de 1942 - 19 de maio de 1943
Oblt. Werner Schwaff[11] 20 de maio de 1943 - 31 de maio de 1943

Operações[editar | editar código-fonte]

Primeira patrulha de guerra[editar | editar código-fonte]

O U-440, sob comando de Hans Geissler, saiu em sua primeira patrulha de guerra a partir da base de Kiel no dia 1 de setembro de 1942.[4] No dia 12 de setembro de 1942 se juntou a operação Pfeil, operação esta que reuniu 11 U-Boots, mas ficou somente até o dia 14 de setembro.[12] Retornou para a base de Kiel no dia 21 de setembro, terminando a sua primeira patrulha após ter permanecido 21 dias no mar.[13]

Segunda patrulha de guerra[editar | editar código-fonte]

Iniciou a segunda patrulha de guerra ao sair da base de Brest no dia 19 de outubro de 1942.[14] Se juntou na operação Streitaxt, que contou com a participação de 10 U-Boots, e permaneceu até o dia 2 de novembro de 1942, quando esta operação foi dispersada.[15] Dois dias depois participou da operação Delphin, que contou com a participação de nove U-Boots e durou dez dias, mas deixou a operação já no dia seguinte,[16] retornando para a base de Brest no dia 13 de novembro de 1942 após ter permanecido no mar por 26 dias.[14]

Terceira patrulha de guerra[editar | editar código-fonte]

Saiu em sua terceira patrulha de guerra no dia 12 de dezembro de 1942 a partir da base de Brest.[17] Participou da operação Spitz quanto esta foi formada no dia 22 de dezembro de 1942 e permaneceu até quando foi dispersada no dia 31 de dezembro do mesmo ano.[18] A operação contou com a participação de 11 U-Boots, dentre os quais, o U-356 (comandante Günther Ruppelt) foi afundado.[18] Retornou para a base de Brest no dia 26 de janeiro de 1943 após uma patrulha que durou 46 dias.[17]

Quarta patrulha de guerra[editar | editar código-fonte]

Saiu em sua quarta patrulha de guerra no dia 27 de fevereiro de 1943 a partir da base de Brest, indo em direção ao Atlântico Norte.[19] No dia 6 de março participou da operação Neuland que já estava em andamento deste o dia 4 de março.[20] A operação envolveu 22 U-Boots e foi responsável pelo afundamento de 5 navios (24 466 tons) e outros dois navios foram danificados (12 661 tons) sofrendo a perda do U-444 (Albert Langfeld). O U-440 permaneceu na operação até o dia 13 de março quando a operação foi dispersada.[20]

No dia seguinte teve inicio a operação Dränger, tendo participado desta operação um total de 11 U-Boots. A operação foi responsável pelo afundamento de 3 navios aliados (20 718 tons), sendo dispersada no dia 20 de março de 1943.[21] No dia 21 de março entrou na operação Seewolf que contou com a participação de 19 U-Boots, sendo dispersada no dia 29 de março de 1943.[22]

Entrou na base de St. Nazaire no dia 11 de abril de 1943, após ter permanecido em patrulha por 44 dias, sendo esta a última patrulha de Hans Geissler.[19]

Quinta patrulha de guerra[editar | editar código-fonte]

Werner Schwaff assumiu o comando do U-440 no dia 20 de maio de 1943 e saiu em patrulha com este no dia 26 de maio de 1943, sendo esta a quinta a última patrulha do U-440.[23] Foi atacado por uma aeronave britânica Sunderland (Sqdn. 201/R) apenas seis dias depois de ter deixado a base de St. Nazaire, sendo afundado a noroeste do Cabo Ortegal por cargas de profundidade [coordenadas 2] causando a morte de todos os 46 tripulantes.[7][8][4]

Subordinação[editar | editar código-fonte]

Durante o seu tempo de serviço, esteve subordinado às seguintes flotilhas:[4]

Período Flotilha
24 de janeiro de 1942 - 31 de agosto de 1942 5. Unterseebootsflottille (treinamento)
1 de setembro de 1942 - 31 de maio de 1943 1. Unterseebootsflottille (serviço ativo)

Patrulhas[editar | editar código-fonte]

U-Boot Partida Chegada Dias
1 Kptlt. Hans Geissler 1 de setembro de 1942 Kiel 21 de setembro de 1942 Brest 21 dias[13][6]
2 Kptlt. Hans Geissler 19 de outubro de 1942 Brest 13 de novembro de 1942 Brest 26 dias[14][6]
3 Kptlt. Hans Geissler 12 de dezembro de 1942 Brest 26 de janeiro de 1943 Brest 46 dias[17][6]
4 Kptlt. Hans Geissler 27 de fevereiro de 1943 Brest 11 de abril de 1943 Saint-Nazaire 44 dias[19][6]
5 Oblt. Werner Schwaff 26 de maio de 1943 Saint-Nazaire 31 de maio de 1943 afundado 6 dias[23][6]
Total 143 dias

Operações conjuntas de ataque[editar | editar código-fonte]

O U-440 participou das seguintes operações de ataque combinado durante a sua carreira:[4]

  • Pfeil[12] (12 de setembro de 1942 - 14 de setembro de 1942)
  • Streitaxt[15] (29 de outubro de 1942 - 2 de novembro de 1942)
  • Delphin[16] (4 de novembro de 1942 - 5 de novembro de 1942)
  • Spitz[18] (22 de dezembro de 1942 - 31 de dezembro de 1942)
  • Neuland[20] (6 de março de 1943 - 13 de março de 1943)
  • Dränger[21] (14 de março de 1943 - 20 de março de 1943)
  • Seewolf[22] (21 de março de 1943 - 29 de março de 1943)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Coordenadas

Referências

  1. Guðmundur Helgason. «F Schichau GmbH, Danzig» (em inglês). u-boat.net. Consultado em 28 de janeiro de 2014 
  2. Deutsche U-Boote 1935 - 1945. «Typ VIIC» (em alemão). Consultado em 28 de janeiro de 2014 
  3. a b c Uboat.net. «Type VIIC» (em inglês). Consultado em 28 de janeiro de 2014 
  4. a b c d e f g Guðmundur Helgason. «U-440» (em inglês). uboat.net. Consultado em 28 de janeiro de 2014 
  5. «U-440» (em alemão). Lexikon der Wehrmacht. Consultado em 28 de janeiro de 2014 
  6. a b c d e f Sharpe 1998, p. 98
  7. a b Möller 2004, p. 82
  8. a b Heden 2006, p. 307
  9. a b c d e f g «Uboowaffe 1939-1945» (em espanhol). U-historia. Consultado em 18 de janeiro de 2014 
  10. a b Guðmundur Helgason. «Hans Geissler» (em inglês). uboat.net. Consultado em 26 de agosto de 2014 
  11. a b Guðmundur Helgason. «Werner Schwaff» (em inglês). uboat.net. Consultado em 26 de agosto de 2014 
  12. a b Guðmundur Helgason. «Pfeil» (em inglês). Uboat.net. Consultado em 8 de agosto de 2014 
  13. a b Guðmundur Helgason. «Patrol info for U-440» (em inglês). Uboat.net. Consultado em 8 de agosto de 2014 
  14. a b c Guðmundur Helgason. «Patrol info for U-440» (em inglês). Uboat.net. Consultado em 8 de agosto de 2014 
  15. a b Guðmundur Helgason. «Streitaxt» (em inglês). Uboat.net. Consultado em 8 de agosto de 2014 
  16. a b Guðmundur Helgason. «Delphin» (em inglês). Uboat.net. Consultado em 8 de agosto de 2014 
  17. a b c Guðmundur Helgason. «Patrol info for U-440» (em inglês). Uboat.net. Consultado em 8 de agosto de 2014 
  18. a b c Guðmundur Helgason. «Spitz» (em inglês). Uboat.net. Consultado em 8 de agosto de 2014 
  19. a b c Guðmundur Helgason. «Patrol info for U-440» (em inglês). Uboat.net. Consultado em 8 de agosto de 2014 
  20. a b c Guðmundur Helgason. «Neuland» (em inglês). Uboat.net. Consultado em 8 de agosto de 2014 
  21. a b Guðmundur Helgason. «Dränger» (em inglês). Uboat.net. Consultado em 8 de agosto de 2014 
  22. a b Guðmundur Helgason. «Seewolf» (em inglês). Uboat.net. Consultado em 8 de agosto de 2014 
  23. a b Guðmundur Helgason. «Patrol info for U-440» (em inglês). Uboat.net. Consultado em 8 de agosto de 2014 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre U-440
  • Blair, Clay (1996). Hitler's U-boat War. The Hunters, 1939-1942 (em inglês). New York: Random House. 774 páginas. ISBN 0394588398 
  • Blair, Clay (1998). Hitler's U-boat War, Vol II (em inglês). New York: Random House. 820 páginas. ISBN 0679457429 
  • Heden, Karl E (2006). Sunken Ships World War II. US Naval Chronology, Including Submarine Losses of the United States, England, Germany, Japan, Italy (em inglês). Boston: Branden Books. 360 páginas. ISBN 0828321183 
  • Jürgen, Rohwer; Gerhard Hümmelchen (1992). Chronology of the war at sea 1939-1945 : the naval history of world War Two (em inglês) 2ª ed. Annapolis, Maryland (USA): Naval Institute Press. 432 páginas. ISBN 155750105X 
  • Möller, Eberhard; Werner Brack (2004). The Encyclopedia of U-Boats. From 1904 to Present (em inglês). Londres: Greenhill Books. 239 páginas. ISBN 1-85367-623-3 
  • Niestle, Axel (1998). German U-Boat Losses During World War II (em inglês). Annapolis, Maryland (USA): Naval Institute Press. 160 páginas. ISBN 1557506418 
  • Sharpe, Peter (1998). U-Boat Fact File. Detailed Service Histories of the Submarines Operated by the Kriegsmarine 1935-1945 (em inglês). Inglaterra: Midland Publishing. 224 páginas. ISBN 1857800729 
  • Stern, Robert Cecil (1991). Type VII U-boats (em inglês). Annapolis, Maryland (USA): Naval Institute Press. 160 páginas. ISBN 1557508283 
  • Whitley, Michael J (1988). Destroyers of World War Two : an internat. encyclopedia. (em inglês). Londres: Arms and Armour Press. 319 páginas. ISBN 0853689105 
  • Wynn, Kenneth G (1998). U-Boat Operations of the Second World War - Vol 1 (em inglês). Annapolis, Maryland (USA): Naval Institute Press. 368 páginas. ISBN 1557508607 
  • Wynn, Kenneth G (1998). U-Boat Operations of the Second World War - Vol 2 (em inglês). Annapolis, Maryland (USA): Naval Institute Press. 336 páginas. ISBN 1557508623 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]