Vital do Rêgo Filho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vital do Rêgo Filho
Vital do Rêgo Filho
Ministro do Tribunal de Contas da União
Mandato: 22 de dezembro de 2014
até a atualidade
Nomeação por: Dilma Rousseff
Antecessor(a): José Jorge
Senador pela  Paraíba
Mandato: 1º de fevereiro de 2011
até 22 de dezembro de 2014
Deputado federal pela  Paraíba
Mandato: 1 de fevereiro de 2007
até 31 de janeiro de 2011
Deputado estadual da  Paraíba
Mandato: 1º de fevereiro de 1995
até 31 de janeiro de 2007
(3 mandatos consecutivos)
Vereador de Flag campina grande.svg Campina Grande
Mandato: 1º de janeiro de 1989
até 31 de janeiro de 1995
(2 mandatos consecutivos)
Dados pessoais
Nascimento: 21 de setembro de 1963 (54 anos)
Campina Grande, PB, Brasil
Alma mater: Universidade Federal da Paraíba
Universidade Estadual da Paraíba

Vital do Rêgo Filho, mais conhecido como Vitalzinho (Campina Grande, 21 de setembro de 1963) é um médico e político brasileiro, atualmente é ministro do Tribunal de Contas da União.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho do político Vital do Rêgo e irmão do ex-prefeito de Campina Grande e deputado federal, Veneziano Vital do Rêgo, Vitalzinho é graduado em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba e Direito pela Universidade Estadual da Paraíba, da qual também é professor. Casado com Vilauba Morais, tem dois filhos.[2]

No Senado, presidiu a CPMI do Cachoeira e foi o presidente da Comissão de Constituição e Justiça.[3]

Carreira Política[editar | editar código-fonte]

  • 1988: Eleito o vereador mais votado de Campina Grande pelo PSB, com 2.496 votos.
  • 1992: Reeleito vereador de Campina Grande pelo PST, com 1.368 votos.
  • 1994: Eleito deputado estadual pelo PDT, com 13.008 votos.
  • 1996: Candidato a vice-prefeito de Campina Grande na chapa de Enivaldo Ribeiro, obtendo 64.074 votos (42,88%) contra 72.185 votos (48,3%) do outro candidato, Cássio Cunha Lima do PMDB.
  • 1998: Reeleito deputado estadual da Paraíba pelo PDT, com 19.921 votos.
  • 2000: Candidato a prefeito de Campina Grande pelo PDT. Obteve 12.538 votos (7,29%), contra os 36.727 votos (21,36%) do candidato do PP Enivaldo Ribeiro, e contra os 122.718 votos (71,35%) do candidato do PMDB Cássio Cunha Lima.
  • 2002: Eleito pela terceira vez deputado estadual da Paraíba pelo PDT. Atinge a marca de 27.473 votos.
  • 2006: Eleito o deputado federal mais votado da Paraíba, pelo PMDB. Obtém 168.301 votos.[4]
  • 2010: Eleito senador da Paraíba pelo PMDB. Foi o segundo eleito, com 869.501 votos.[5]
  • 2014: Candidato a governador da Paraíba pelo PMDB. O candidato escolhido como seu vice-governador foi o ex-governador Roberto Paulino. Obteve 106.162 votos (5,22%), atrás dos candidatos Cássio Cunha Lima do PSDB e Ricardo Coutinho do PSB.[6]
  • 2014: Assume a vaga de ministro do Tribunal de Contas da União, renunciando ao cargo de senador, assumindo a vaga o suplente e ex-senador Raimundo Lira.

TCU[editar | editar código-fonte]

Em dezembro de 2014, com o apoio do seu partido, PMDB, foi indicado pelo Senado para ocupar a vaga do ministro José Jorge no Tribunal de Contas da União (TCU), que se aposentou compulsoriamente e deixou o tribunal por ter completado 70 anos. Renuncia o cargo de Senador, sendo substituído pelo 1º suplente Raimundo Lira,[7] para toma posse no TCU em 22 de dezembro de 2014.[8][9]

Operação Lava Jato[editar | editar código-fonte]

Em 19 de maio de 2016, o ministro Teori Zavascki determinou a abertura do inquérito que investiga Vital do Rêgo Filho pela operação Lava Jato, por suposta cobrança de propina de empreiteiras quando, no cargo de senador, comandava a Comissão Parlamentar Mista de Inquérito da Petrobras no Congresso.[10]

Referências

  1. «Biografia». Câmara dos Deputados do Brasil. Consultado em 16 de janeiro de 2013. 
  2. Sítio oficial
  3. «Ex-presidente da CPI do Cachoeira, Vital do Rêgo vai presidir Comissão de Constituição e Justiça do Senado». UOL. 27 de fevereiro de 2013. Consultado em 22 de maio de 2016. 
  4. «UOL - Eleições 2006 - Apuração - Paraíba». Consultado em 1 de fevereiro de 2016. 
  5. «UOL - Eleições 2010 - Apuração - Paraíba». Consultado em 2 de novembro de 2010. 
  6. «Resultados para Governador da Paraíba (1º turno)». Consultado em 1 de fevereiro de 2016. 
  7. Senado Notícia. «Raimundo Lira toma posse no Senado representando a Paraíba». Consultado em 23 de Dezembro de 2014. 
  8. G1. «Vital do Rêgo toma posse como ministro do TCU nesta segunda-feira». Consultado em 23 de Dezembro de 2014. 
  9. PMDB-PB. «Vital do Rêgo toma posse como ministro do Tribunal de Contas da União». Consultado em 23 de Dezembro de 2014. 
  10. Mariana Oliveira (19 de maio de 2016). «Teori autoriza investigação de Vital do Rêgo e Marco Maia na Lava Jato». G1. Globo.com. Consultado em 22 de maio de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]