Waldo Semon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Waldo Semon
Conhecido(a) por Cloreto de polivinila (PVC)
Nascimento 10 de setembro de 1898
Demopolis
Morte 26 de maio de 1999 (100 anos)
Nacionalidade Estados Unidos Estadunidense
Alma mater Universidade de Washington
Prêmios Medalha Elliott Cresson (1964), National Inventors Hall of Fame (1995)
Campo(s) Química

Waldo Lonsbury Semon (Demopolis,[1] 10 de setembro de 189826 de maio de 1999) foi um inventor estadunidense, é creditado a invenção de métodos para tornar útil o cloreto de polivinila.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Semon é mais conhecido por inventar o vinil, o segundo plástico mais usado no mundo . Ele encontrou a fórmula do vinil misturando alguns polímeros sintéticos, e o resultado foi uma substância elástica, mas não adesiva. Semon trabalhou em métodos de aperfeiçoamento da borracha e, por fim, desenvolveu um substituto sintético. Em 11 de dezembro de 1935, ele criou Koroseal a partir de sal, coque e calcário, um polímero que poderia ser feito em qualquer consistência.[3] Semon fez mais de 5 000 outros compostos de borracha sintética, obtendo sucesso com Ameripol (AMERican POLymer) em 1940 para a empresa BF Goodrich.[4] Ao todo, Semon detinha 116 patentes, e foi incluído no Invention Hall of Fame em 1995 aos 97 anos.

Enquanto estava na BF Goodrich, Semon se reportou a Harry L. Fisher e mais tarde supervisionou Benjamin S. Garvey, ambos os quais também receberam a Medalha Charles Goodyear.

Às vezes, atribui-se a Semon a invenção do chiclete, mas isso é impreciso. Ele inventou uma substância de borracha sintética indigesta que poderia ser usada como chiclete (e produzia bolhas excepcionalmente grandes), mas o produto permaneceu uma curiosidade e nunca foi vendido. Semon se formou na University of Washington ganhando um PhD em engenharia química.

Ele recebeu a Medalha Charles Goodyear em 1944, a Medalha Elliott Cresson em 1964 e o Golden Plate Award da American Academy of Achievement em 1965.[5] Após se aposentar da BF Goodrich, ele atuou como professor pesquisador na Kent State University em Kent, Ohio.

Ele morreu em Hudson, Ohio, em 26 de maio de 1999, aos 100 anos de idade.[6]

Referências

  1. «WALDO SEMON (1898-1999)». Inventor of the Week. Michigan Institute of Technology. Novembro de 1999. Consultado em 13 de dezembro de 2007 
  2. Elizabeth M. Smith, ed. (1993). A man of ideas : the biography of Dr. Waldo Lonsbury Semon, inventor of plasticized polyvinyl chloride. Cleveland: the Geon Company.
  3. Current Biography 1940, pp 723-24
  4. Current Biography 1940, p. 724
  5. «Golden Plate Awardees». Academy of Achievement (em inglês). Consultado em 27 de maio de 2021 
  6. Kaufman, Michael T. (1999-05-28). "Waldo Semon Dies at 100; Chemist Who Made Vinyl". The New York Times. ISSN 0362-4331

Ligações externas[editar | editar código-fonte]