Emil Berliner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Emil Berliner
Gramofone
Nascimento Emile Berliner
20 de maio de 1851
Hanôver
Morte 3 de agosto de 1929 (78 anos)
Washington, D.C.
Residência Hanôver, Estados Unidos
Sepultamento Cemitério Rock Creek
Nacionalidade alemão
Cidadania Reino de Hanôver, Estados Unidos
Etnia judeus
Filho(s) Henry Berliner, Herbert Samuel Berliner
Irmão(s) Joseph Berliner, Jacob Berliner, Manfred Berliner
Alma mater
Ocupação inventor, engenheiro, empreendedor
Prêmios Medalha Elliott Cresson (1913)[1], Medalha Franklin (1929), National Inventors Hall of Fame (1994)
Causa da morte enfarte agudo do miocárdio

Emil Berliner (Hanôver, 20 de maio de 1851Washington, D.C., 3 de agosto de 1929) foi um inventor alemão, naturalizado americano.

Em 1908 desenvolveu um motor rotativo para uso em aeronaves. Este motor foi amplamente utilizado em helicópteros.

Além das invenções relativas à mecânica aeronáutica, Berliner inventou o gramofone com sistemas novos que vieram possibilitar o aperfeiçoamento do fonógrafo e a gravação fonográfica por si tendo sido utilizados posteriormente pela indústria fonográfica. Foi o fundador da Deutsche Grammophon.

Referências

  1. «Laureates» (pdf) (em inglês). The Franklin Institute. Consultado em 1 de julho de 2015. Cópia arquivada em 1 de julho de 2015 


Precedido por
Charles Francis Brush e Walther Nernst
Medalha Franklin
1929
com Charles Thomson Rees Wilson
Sucedido por
William Henry Bragg e John Frank Stevens