George Evelyn Hutchinson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido de «G. Evelyn Hutchinson» na Wikipédia em inglês. Ajude e colabore com a tradução.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde junho de 2015).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
George Evelyn Hutchinson
Limnologia, ecologia
Nacionalidade Inglaterra Inglês, Estados Unidos estadunidense (naturalizado 1941)
Residência  Estados Unidos
Nascimento 30 de janeiro de 1903
Local Cambridge, Inglaterra
Morte 17 de maio de 1991 (88 anos)
Local Londres
Atividade
Campo(s) Limnologia, ecologia
Instituições Universidade Yale
Alma mater Universidade de Cambridge
Conhecido(a) por Fundador da Ecologia Moderna[1]
Prêmio(s) Medalha Franklin (1979), Medalha Daniel Giraud Elliot (1984), Prêmio Kyoto (1986), Medalha Nacional de Ciências (1991)

George Evelyn Hutchinson (Cambridge, Inglaterra, 30 de janeiro de 1903Londres, 17 de maio de 1991) foi um ecólogo anglo-americano considerado o "pai da ecologia moderna".[1]

Em 1942 Hutchinson foi responsável pela publicação póstuma do artigo seminal de Raymond Lindeman na revista Ecology,[2] [3] o primeiro que usa o conceito de ecossistema e demonstra o fluxo da energia ao longo das teias tróficas de organismos produtores e consumidores.[4]

Publicações[editar | editar código-fonte]

Além de diversos artigos científicos, Hutchinson escreveu

  • The Clear Mirror (1936) (em inglês)
  • The Itinerant Ivory Tower (1953) (em inglês)
  • A Preliminary List of the Writings of Rebecca West, 1912–51 (1957) (em inglês)
  • A Treatise on Limnology (1957, 1967, 1975, 1993) (em inglês)
Vol I Geography, Physics and Chemistry (1957) (em inglês)
Vol II Introduction to Lake Biology and the Limnoplankton (1967) (em inglês)
Vol III Limnological Botany (1975) (em inglês)
Vol IV The Zoobenthos (1993) (em inglês)
  • The Enchanted Voyage (1962) (em inglês)
  • The Ecological Theater and the Evolutionary Play (1965) (em inglês)
  • An Introduction to Population Ecology (1978) (em inglês)
  • The Kindly Fruits of the Earth: Recollections of an Embryo Ecologist (Yale University Press, 1979) (em inglês)

Publicações sobre Hutchinson[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Slack, Nancy G. G. Evelyn Hutchinson and the Invention of Modern Ecology (em inglês). New Haven: Yale University Press, 2011. 476 p. ISBN 9780300161380 Página visitada em 13 de Junho de 2015.
  2. Lindeman, Raymond L.. (1942). "The Trophic-Dynamic Aspect of Ecology" (em inglês). Ecology 23 (4): 399-417. DOI:10.2307/1930126 (Addendum: ... he came to realize, as others before him had done, that the most profitable method of analysis lay in reduction of all the interrelated biological events to energetic terms. ... G. Evelyn Hutchinson, p. 417-418).
  3. Real, Leslie A.; Brown, James H. p. 175-176
  4. Kingsland, Sharon E. Foundational Papers: Defining Ecology as a Science. in Real, Leslie A.; Brown, James H. p. 1-13

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Elias James Corey
Medalha Franklin
1979
Sucedido por
Avram Goldstein e Lyman Spitzer


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre ecologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.