Keith Roberts Porter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Keith Roberts Porter
Nascimento 11 de junho de 1912
Yarmouth, Nova Escócia
Morte 2 de maio de 1997 (84 anos)
Bryn Mawr, Pensilvânia
Nacionalidade Canadense, estadunidense
Prêmios Prêmio Paul Ehrlich e Ludwig Darmstaedter (1971), Medalha Nacional de Ciências (1976), Medalha E.B. Wilson (1981)

Keith Roberts Porter (Yarmouth, 11 de junho de 1912 – Bryn Mawr, 2 de maio de 1997) foi um biólogo celular canadense naturalizado estadunidense. Realizou pesquisas pioneiras em biologia usando microscopia eletrônica de células, como em estruturas de microtúbulos 9+2 no axonema de cílios.[1] Porter também contribuiu para o desenvolvimento de outros métodos experimentais, como a cultura celular e a transferência nuclear. Ele também foi responsável por dar nome ao retículo endoplasmático.[2]

Referências

  1. Cooper, Geoffrey M. (1 de janeiro de 2000). «Tools of Cell Biology» (em inglês) 
  2. Porter, Keith R.; Claude, Albert; Fullam, Ernest F. (1 de março de 1945). «A Study of Tissue Culture Cells by Electron Microscopy». Journal of Experimental Medicine (em inglês). 81 (3): 233–246. ISSN 0022-1007. PMID 19871454. doi:10.1084/jem.81.3.233 


Precedido por
Ernst Ruska e Helmut Ruska
Prêmio Paul Ehrlich e Ludwig Darmstaedter
1971
com Albert Claude e Fritiof Sjöstrand
Sucedido por
Denis Parsons Burkitt e Jan Waldenström