John Werner Cahn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
John Werner Cahn
Conhecido(a) por Equação de Cahn–Hilliard
Nascimento 9 de janeiro de 1928
Colônia
Morte 14 de março de 2016 (88 anos)
Nacionalidade Alemanha Alemão, Estados Unidos estadunidense
Alma mater Universidade de Michigan, Universidade da Califórnia em Berkeley
Prêmios Prêmio Dickson (1980), Medalha Nacional de Ciências (1998), Prêmio Bower de Realização em Ciência (2002)
Orientador(es) R.C. Powell
Instituições Instituto de Tecnologia de Massachusetts, Universidade de Washington
Campo(s) Química
Tese 1953: The Oxidation of Isotopically Labelled Hydrazine

John Werner Cahn (Colônia, 9 de janeiro de 1928[1]14 de março de 2016[2]) foi um químico teuto-estadunidense.

Foi laureado com a Medalha Nacional de Ciências, em 1998. Desde 1977 trabalhou no National Institute of Standards and Technology (o antigo National Bureau of Standards, NBS). Durante sua carreira Cahn exerceu grande influência no desenvolvimento das pesquisas sobre materiais e matemática. Uma das maiores autoridades em termodinâmica, Cahn aplicou as leis básicas da mesma para descrever e predizer uma vasta gama de fenômenos físicos.[3]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) químico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.