Pamela Bjorkman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Pamela Bjorkman
Nascimento 1956 (63 anos)
Portland
Cidadania Estados Unidos
Alma mater Universidade Harvard, Universidade de Oregon
Ocupação bioquímico, biólogo molecular, professora universitária, biofisico
Prêmios Prêmio Internacional da Fundação Gairdner, Prêmios L'Oréal-UNESCO para mulheres em ciência, Prêmio William B. Coley, Prêmio Paul Ehrlich e Ludwig Darmstaedter, Membro da Academia Americana de Artes e Ciências
Empregador Universidade do Sul da Califórnia, Instituto de Tecnologia da Califórnia

Pamela Jane Bjorkman (também Pamela Jane Björkman; Portland, Oregon, 1956) é uma bioquímica e bióloga molecular estadunidense, professora do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech) e do Instituto Médico Howard Hughes.

Vida[editar | editar código-fonte]

Bjorkman obteve um bacharelado em química na Universidade de Oregon em Eugene, e um Ph.D. em bioquímica na Universidade Harvard em Cambridge, Massachusetts. No pós-doutorado trabalhou com Don Craig Wiley em Harvard e com Mark Morris Davis na Universidade Stanford. Em 1989 oi diretora de um laboratório no Caltech. Foi de 1999 a 2015 pesquisadora do Instituto Médico Howard Hughes.

Condecorações e associações (seleção)[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «William B. Coley Award». cancerresearch.org. Consultado em 28 de janeiro de 2019 
  2. Pamela J. Bjorkman BA, PhD na Gairdner Foundation (gairdner.org); acessado em 28 de janeiro de 2019
  3. «Goethe-Universität — Preisträger seit 1952». uni-frankfurt.de. 14 de março de 2016. Consultado em 28 de janeiro de 2019 
  4. Dr. Pamela J. Bjorkman na American Philosophical Society (amphilsoc.org); acessado em 28 de janeiro de 2019

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Pamela Bjorkman


Precedido por
Stanley Prusiner
Prêmio Paul Ehrlich e Ludwig Darmstaedter
1996
com Hans-Georg Rammensee e Jack Leonard Strominger
Sucedido por
Barry Marshall e John Robin Warren