Açafrão-da-terra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde novembro de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Como ler uma caixa taxonómicaAçafrão-da-terra
Curcuma longa

Curcuma longa
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Subclasse: Zingiberidae
Ordem: Zingiberales
Família: Zingiberaceae
Género: Curcuma
Espécie: C. longa
Nome binomial
Curcuma longa
Linnaeus

O açafrão-da-terra (Curcuma longa), conhecido também como cúrcuma, turmérico, açafrão-da-índia, açafroa e gengibre amarelo, é uma planta herbácea da família do gengibre (Zingiberaceae), originária da Ásia (Índia e Indonésia). Dela se obtém uma especiaria homónima que é o principal componente do tempero pó de caril. Sua característica principal é a forte cor amarela que transfere aos alimentos.

Da sua raiz seca e moída se extrai o pó, conhecido simplesmente por açafrão, utilizado como condimento ou corante de cor amarela e brilhante, na culinária e no preparo de medicamentos.

Propriedades[editar | editar código-fonte]

É uma planta perene com ramificações laterais compridas. A parte utilizada da planta é o rizoma (caule parcialmente ou totalmente subterrâneo, horizontal, com reservas, capaz de formar raízes, folhas e flores/fruto), que externamente apresenta uma coloração esbranquiçada ou acinzentada e internamente amarelada. Do rizoma saem as folhas e as hastes florais. Reproduz-se por pedaços do rizomas que apresentam gemas (olhos) com plantio em solo argiloso, fértil e de fácil drenagem. Depois da planta adaptada ao local, alastra-se, pois o rizoma principal emite numerosos rizomas laterais. É uma planta difícil de ser destruída. A colheita deve ocorrer na época em que a planta perde a parte aérea, depois da floração. Nesta fase, os rizomas apresentam pigmentos amarelos intensos.

Usos na culinária[editar | editar código-fonte]

Usado para colorir laticínios, bebidas e mostarda, em cozidos, sopas, ensopados, molhos, peixes, pratos à base de feijão, receitas com ovos, maioneses, massas, frango, batatas, couve-flor e até pães. Deve ser dissolvido em um caldo quente antes de ser incorporado a uma receita. É ingrediente essencial para acentuar o sabor e dar cor a muitos pratos da cozinha indiana, principalmente arroz.

Seu nome provém do sânscrito cuncuma, através do árabe كركم, curcum, ou do hebraico כרכֹם carcom. A palavra turmérico, por sua vez, tem seu primeiro registro no século XVI, oriunda do latim terra meritare, ou "mérito da terra" (de acordo com o livro Plantas de A-Z, de Paula Negraes, editado por BEI Comunicações)

Alimento medicinal[editar | editar código-fonte]

Têm sido estudados os possíveis benefícios do consumo da cúrcuma para prevenção e tratamento do mal de Alzheimer [1] . Suspeita-se que seja mais eficaz se associado à vitamina D3 [2] . A vitamina D pode ser obtida pelo organismo tanto após exposição ao sol quanto por suplementos de vitamina D3, ou por uma combinação de ambos.

Os benefícios do açafrão-da-terra seriam decorrentes da ação anti-inflamatória e antioxidante, pela remoção das placas no cérebro, características do mal de Alzheimer.

A ação benéfica da planta poderia contribuir para o tratamento do câncer e das doenças do coração.

Dicionário de botânica brasileira[editar | editar código-fonte]

O Diccionario de botanica brasileira refere-se à cúrcuma desta forma:

Planta da Índia, de raiz bolbosa, esse bolbo grande, oblongo palmado, de cor alaranjado no interior; folhas longas, flores brancas com mesclas amareladas.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Joaquim de Almeida Pinto. Diccionario de botanica brasileira. 1873.

Referencias[editar | editar código-fonte]

  1. Ann Indian Acad Neurol. 2008 Jan-Mar; 11(1): 13–19. doi: 10.4103/0972-2327.40220 PMCID: PMC2781139 The effect of curcumin (turmeric) on Alzheimer's disease: An overview
  2. http://psychcentral.com/news/2012/03/09/vitamin-d-explored-as-alzheimers-treatment/35774.html

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre monocotiledóneas, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.