Amalfi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Amalfi
Amalfi sea view Italy.JPG
Bandeira de Amalfi
Bandeira
Localização de Amalfi
Amalfi está localizado em: Itália
Amalfi
Localização de Amalfi na Itália
40° 38' N 14° 36' E
País  Itália
Região Flag of Campania.svg Campânia
Província Salerno
Área
 - Total 6 km²
Altitude 6 m (20 pés)
População
 - Total 5,421
    • Densidade 904/km2 
Código Postal 84011
Código ISTAT 065006
Comunas limítrofes Agerola (NA), Atrani, Conca dei Marini, Furore, Scala
Prefixo telefônico 089
Fiscal A251
Sítio http://www.comune.amalfi.sa.it

Amalfi é uma comuna italiana da região da Campania, província de Salerno, com cerca de 5.421 habitantes. Estende-se por uma área de 6 km², tendo uma densidade populacional de 904 hab/km². Faz fronteira com Agerola (NA), Atrani, Conca dei Marini, Furore, Scala.

História[editar | editar código-fonte]

Considerada uma das mais antigas Repúblicas marítimas, Amalfi, tinha desenvolvido intenso intercâmbio com o Império Bizantino e Egito. Os mercadores amalfitanos conquistaram dos árabes o monopólio do comércio mediterrâneo, fundando no século X a base mercantil da Itália meridional no Oriente Médio. Entre os testemunhos mais importantes da grandeza de Amalfi estão as "Tábuas Amalfitanas" (Tavole Amalfitane), um código que reunia as normas do direito marítimo que permaneceu válido por toda a Idade Média. Amalfi, que foi a máxima potência marítima, em 1137 foi saqueada pelos pisanos, enquanto estava envolvida por catástrofes naturais (grandes inundações) e anexada ao Reino da Sicília. Depois da conquista pelos normandos, Amalfi iniciou uma rápida decadência, sendo substituída por Nápoles em seu papel de potência mercantil.

Locais de visitação[editar | editar código-fonte]

Edifícios[editar | editar código-fonte]
  • Catedral de Amalfi - Construída no século IX, também chamada de Duomo Amalfitano, é o coração da cidade; Em estilo bizantino, foi reformada, no século XI, pelo duque de Bari. A "versão" atual da catedral deve-se ao prelado e cardeal amalfitano, Pietro Capuano. Localiza-se na Piazza del Duomo.
A piazza del Duomo, de Amalfi
  • Chiostro del Paradiso - Construído entre 1266 e 1268, pelo arquiteto Filippo Augustariccio. Serviu como um mausoléu, no qual eram sepultados membros das famílias nobres de Amalfi e da região. Em estilo árabe, com culnas romanas, retrata, nas alegorias, Peleu e Tétis.
  • Museo della Carta - Celebra uma atividade manufatureira desenvolvida em Amalfi, desde os tempos da República: A produção de papel. Os segredos da produção foram herdados pelos árabes. A produção era constrolada, na Idade Média, pela família Milano.

Monumentos[editar | editar código-fonte]

  • Arsenalle della Reppublica - Monumento em homenagem ao arsenal de armas da República Marítima de Amalfi, pioneira em toda a Itália. Construído em 2008 e aberto para a visitação em 2010.

Personalidades amalfitanas[editar | editar código-fonte]

Aeroportos[editar | editar código-fonte]

  • Aeroporto de Nápoles;
  • Aeroporto de Salerno Costa d'Amalfi;

Curiosidade[editar | editar código-fonte]

A cidade também é chamada, por alguns, de Melfi ou Malfins.