Andrew Crommelin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Andrew Crommelin
Astronomia
Nacionalidade Reino Unido Britânico
Nascimento 6 de fevereiro de 1865
Local Cushendun, Antrim, Irlanda do Norte
Morte 20 de setembro de 1939 (74 anos)
Local Londres, Reino Unido
Atividade
Campo(s) Astronomia
Instituições Observatório Real de Greenwich
Alma mater Trinity College
Prêmio(s) Prêmio Jules Janssen (1910)
Assinatura
ACDCrommelin signature.jpg

Andrew Claude de la Cherois Crommelin (Cushendun, 6 de fevereiro de 1865Londres, 20 de setembro de 1939[1] ) foi um astrônomo britânico.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Crommelin nasceu no condado de Antrim, na Irlanda do Norte[2] . Ele estudou na Inglaterra no Marlborough College e no Trinity College, Cambridge. Trabalhou no Observatório Real de Greenwich, em Greenwich, onde participou de várias expedições com o objetivo de fazer observações de eclipses solares. [3] Em uma dessas expedições realizada no Brasil, na cidade de Sobral, Ceará, em 29 de maio de 1919, durante um eclipse total do sol, ele fez as medições que confirmaram a teoria geral da relatividade de Albert Einstein.[3] Medidas idênticas feitas no mesmo dia na Ilha do Príncipe por Arthur Eddington também confirmaram a teoria.

Crommelin era um especialista em cometas e os seus cálculos das órbitas dos cometas Comet Forbes 1928 III, Comet Coggia-Winnecke 1873 VII, e Comet Pons 1818 II, mostraram que estes cometas eram na verdade o mesmo cometa periódico. O cometa foi então chamado de "Cometa Pons-Coggia-Winnecke-Forbes". Em 1948, um cometa recebeu o nome 27P/Crommelin em sua honra.

Referências

  1. Crommelin, Andrew Claude De Lacherois. Visitado em 28 de dezembro de 2010.
  2. C Biographies. Visitado em 28 de dezembro de 2010.
  3. a b Crommelin, Andrew Claude De Lacherois. Visitado em 28 de dezembro de 2010.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um astrônomo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.