Sobral (Ceará)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Sobral
"Princesa do Norte"
"Capital da Zona Norte"
MARGEM ESQUERDA.jpg

Bandeira de Sobral
Brasão de Sobral
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 5 de julho
Fundação 5 de julho de 1773 (241 anos)
Gentílico sobralense
Lema Sobral cada vez melhor
Prefeito(a) José Clodoveu de Arruda Neto (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Sobral
Localização de Sobral no Ceará
Sobral está localizado em: Brasil
Sobral
Localização de Sobral no Brasil
03° 40' 26" S 40° 14' 20" O03° 40' 26" S 40° 14' 20" O
Unidade federativa  Ceará
Mesorregião Noroeste Cearense IBGE/2008[1]
Microrregião Sobral IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Norte: Alcântaras, Meruoca, Massapê, Santana do Acaraú, Leste: Miraíma, Irauçuba, Sul: Santa Quitéria, Forquilha, Groaíras, Cariré, Oeste: Mucambo, Coreaú
Distância até a capital federal: 2 175 km
estadual: 240
km
Características geográficas
Área 2 122,989 km² [2]
Distritos Sobral (sede), Aprazível, Aracatiaçu, Bonfim, Caioca, Caracará, Jaibaras, Jordão, Patos, Patriarca, Rafael Arruda, São José do Torto e Taperuaba
População 197 613 hab. (CE: 5º) –  IBGE/2013[3]
Densidade 93,08 hab./km²
Altitude 70 m
Clima Tropical semiárido brando
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,714 (CE: 2º) – alto PNUD/2010[4]
Gini 0,47 est. IBGE 2003[5]
PIB R$ 2 436 463 mil (CE: 4º) – IBGE/2011[6]
PIB per capita R$ 12 774 81 IBGE/2011[6]
Página oficial

Sobral é um município brasileiro do estado do Ceará. Com um PIB de R$ 2.436.463.000, o município acrescentou o valor de R$ 399.998.000 ao seu PIB, entre 2009 e 2010, valor superior a toda riqueza de Crateús, que tem um PIB de 384.606 (IBGE 2010). [6] Sobral é a quarta economia do estado perdendo para Fortaleza, Maracanaú e Caucaia. É a maior economia do interior do Ceará e a 8ª maior economia do interior nordestino. É também o maior centro universitário do interior do Ceará. Com uma população de 201 103 habitantes é a quinta cidade mais povoada do estado sendo a segunda maior do interior, atrás apenas de Juazeiro do Norte, situada no sul do Ceará. Tem uma taxa de urbanização de 88,35%.[7]

Sobral é o segundo município mais desenvolvido do estado do Ceará, atrás apenas de Fortaleza, de acordo com o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano).[8] Sobral também é líder em trabalhadores com carteira assinada no interior do Ceará e possui a quarta maior arrecadação em ICMS do Estado, atrás de Fortaleza, Maracanaú e Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. A cidade também é destaque nas exportações, sendo o único município do interior que compete com a Capital a liderança nas exportações do Estado. A cidade de Sobral é considerada, de acordo com o IBGE, uma Capital Regional.[9]

O clima de Sobral é tipicamente tropical, quente e seco, com uma temperatura média de 30 graus celsius e com uma altitude de 70 metros. Sobral localiza-se a 238 quilômetros de Fortaleza, a qual conecta-se também por uma ferrovia, atualmente usada sobretudo pelo Grupo Votorantim. O acesso rodoviário é feito pela BR-222, que liga o Ceará ao Piauí e, consequentemente, ao Maranhão e ao Pará.

A cidade ficou conhecida internacionalmente por ter sido o local de comprovação da Teoria da Relatividade de Albert Einstein, em 1919. O sítio urbano de Sobral foi tombado como patrimônio cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 1999.

A cidade de Sobral foi apontada por 2 vezes (2011/12 e 2013/14)pelo guia de investimentos estrangeiros editado pelo grupo jornalístico britânico Financial Times como uma das 10 cidades do futuro da América, a única cidade brasileira do seu porte.[10]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O topônimo Sobral é uma alusão à freguesia de Sobral, no concelho de Mortágua, pertencente ao distrito de Viseu, Portugal. Sobral é uma palavra, de origem latina, que significa abundância de sobreiros (uma espécie de árvore de cujo tronco se extrai a cortiça). Já o topônimo Caiçara vem do tupi e significa o que se faz de pau queimado. E o topônimo Januária é uma alusão à Princesa Januária, irmã do Imperador D. Pedro II.

Sua denominação original era Caiçara, Vila Distinta e Real de Sobral, Fidelíssima Cidade Januária de Acaraú e desde 1842, Sobral.[11]

História[editar | editar código-fonte]

As terras às margens do rio Acaraú eram habitadas por diversas etnias índigenas, dentres elas os: Areriú, Jaibara entre outras.[12] [13]

Com a emigração de fugitivos que fugiam dos portugueses após a rendição dos holandeses pelo Tratado de Taborda no século XVII e ao redor da Fazenda Caiçara, surgida em 1726, foi fundada por Antônio Rodrigues Magalhães uma fazenda que convergia com as rotas das boiadas na época da carne de charque.

Nas terras da Fazenda Caiçara foi em 1756 edificada a Matriz da Caiçara e ao redor desta aglutinou-se um povoado. Depois foi construída a Igreja do Rosário e do Bom Parto, e ao redor destas surgiram moradias.

Destas iniciativas surgiram a povoação chamada Caiçara, até quando esta foi elevada à categoria de vila em 1773 com a denominação de Vila Distinta e Real de Sobral[14] e recebeu foros de cidade em 1841

Na segunda metade do século XVIII com o sucesso econômico da Charqueada, o desenvolvimento de Sobral chegou a superar o de Fortaleza, sendo assim, nesta época, uma das mais importantes cidades do Ceará, junto com as cidades de Icó e Aracati. Sobre essa indústria, cf. FREITAS, Vicente. BELA CRUZ - biografia do município. Florianópolis: Bookess Editora, 2012. pp. 37 a 46.[15]

Sobral era o centro intermediador dos produtos agrícolas da Serra da Meruoca e da Serra Grande para o resto do estado do Ceará e para o estado do Piauí.[16]

Em 1861, foi proibido o sepultamento nos arredores das igrejas e desta forma criado o primeiro cemitério de Sobral, o Cemitério de São José.[17]

Foi um dos centros abolicionistas do Ceará desde 1871. Quando foi proclamada a libertação dos escravos em 1888, a cidade já não tinha nenhuma pessoa escravizada desde 2 de janeiro de 1884, tendo sido a 23ª cidade do Ceará a aderir ao movimento abolicionista.

Com as secas de 1877 e 1879, foi iniciado o projeto da Estrada de Ferro de Sobral[18] com o intuito de ligar Sobral a um porto, no caso Camocim e assim criar um escoadouro dos produtos da Serra da Meruoca e da Serra Grande e dar a Princesa do Norte uma maior assistência devidos as problemas gerados pela seca. Com isto foi inaugurada, em 1882, uma estação de trem,[19] o que veio consolidar Sobral como centro urbano e comercial.

Com a ascensão da economia do algodão, no século XX, a industrialização chega a Sobral, onde foi instalado uma indústria de beneficiamento do algodão (Companhia Industrial de Algodão e Óleo) e uma de tecelagem(Fabrica de Tecido Sobral)[17]

Monumento em Homenagem a Albert Einstein na UVA.

Em 1919, Sobral, junto com a Ilha do Príncipe em São Tomé e Príncipe, foi o palco de uma importante confirmação da física.[20] A Expedição Britânica do Eclipse Solar, liderada por Arthur Stanley Eddington se deslocou para os dois lugares a fim de comprovar (graças ao eclipse solar de 29 de maio de 1919) a distorção que a luz sofre ao chegar no Planeta Terra. Com tal confirmação, Albert Einstein pôde comprovar sua Teoria da Relatividade. No dia do eclipse a Ilha do Príncipe apresentou mau tempo o que prejudicou e muito o trabalho. O céu estava bastante nublado, fazendo com que apenas duas das várias fotografias efetuadas apresentassem imagens de estrelas. Já em Sobral as condições meteorológicas foram muito melhores. Aqui foram obtidas sete boas imagens do fenômeno.

Como lembrança de tal fato, foi construído na praça da Igreja de Nossa Senhora do Patrocínio, um monumento e posteriormente um museu, chamado de Museu do Eclipse, que homenageia a cidade e os físicos e astrônomos que participaram da descoberta.

Em 1924, no território de Sobral foi inaugurado mais uma estação de trem(Jaibaras).[21]

Na segunda metade do século XX, Sobral consolidou a Princesa do Norte como potência regional devido a ligação desta a Capital da Terra da Luz, via os caminhos de ferro. Em 1950, a Estrada de Ferro de Itapipoca alcançou Sobral, e mais uma estação de trem é construída nas terras sobralenses, estação Humberto Monte.[22]

Formação Administrativa[editar | editar código-fonte]

Em 1757 Sobral já figurava como distrito, e foi elevado à categoria de vila com o nome de Sobral em 1773, e sua sede foi na povoação Caiçara, desmembrada de [Fortaleza]]. Em 1841, foi elevado à categoria de cidade com o nome de Januária de Acaracu. Em 1842 o município Januária do Acaracu mudou o nome para Sobral. Em 1843 é criado o distrito de Santo Antônio. Em 1911 o município aparece com 4 distritos: além da sede, tinha os distritos de Cariré, Jordão e Santo Antônio do Aracatiassu. Em 1929 é criado o distrito de Riacho do Guimarães. Em 1920 Sobral anexou o extinto município de Meruoca (que virou distrito de Sobral). Em 1931 Sobral anexou o território do extinto município de Cariré (que voltou a ser distrito). Em 1933 Sobral apareceu com 10 distritos: Sobral (sede), Caracará, Cariré, Forquilha, Meruoca, Riacho dos Guimarães, Santa Maria, Santo Antônio do Aracatiassu, São José e Taquira (Jordão não aparece na lista). Em 1935 Cariré se emancipa de Sobral e anexa o distrito de Riacho dos Guimarães, e o distrito Taquara mudou o nome para Recreio. Em 1937 São Vicente e Jordão se tornam distrito de Sobral. Em 1938 São José muda o nome para Patriarca, São Vicente vira Jaibaras, Santo Antônio do Aracatiassu reduz o nome para Santo Antônio, e Recreio é rebaixado a povoado, e parte de seu território é anexado ao município de Palmas. Em 1943 mais mudanças de nome: Santa Maria vira Taperuaba e Santo Antônio vira Aracatiaçu. Em 1951 Meruoca se emancipa de Sobral, e em 1957 é criado distrito de Olho d'Água, e ainda no mesmo ano é criado o distrito de Trapiá, desmembrado de Forquilha. Em 1963, é criado o distrito de Bonfim, e no mesmo ano, Aracatiaçu se emancipa de Sobral e anexa o distrito de Caracará, e Forquilha se emancipa de Sobral, muda o nome para Francisco Monte e anexa o distrito de Trapiá. E 1964 é criado o distrito de Caioca. Em 1965 Sobral anexou os extintos municípios de Aracatiaçu, Taperuaba, Forquilha (ex-São Francisco do Monte), pois nenhum pôde ser instalado. Em 1985 Forquilha se emancipa de Sobral e anexa o distrito de Trapiá. Em 1989 é criado o distrito de São José do Torto. Em 1998 é criado o distrito de Aprazível. Em 2003 é criado o distrito de Patos.[23]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Hidrografia e recursos hídricos[editar | editar código-fonte]

As principais fontes de água fazem parte das bacia dos rios Acaraú e do Lirotal, sendo os principais destes os riachos Carioca, Madeira, do Mendes, Papoco, Riachão e Santa Luzia e outros tantos. Existem diversos açudes que abastecem tando a sede como distritos do município. Os açudes inseridos na bacia do Acaraú são: Mocambinho, Sobral (Cachoeira), Arrebita e Jaibara sendo este o de maior porte. Já na bacia do Lirotal encontram os açudes: Patos, Açude Santo Antônio do Aracatiaçu e Santa Maria do Aracatiaçu. No norte de Sobral, na divisa com o município de Miraíma, encontra-se o Açude São Pedro Timbaúba.

Completando o sistema hídrico do município existem duas grandes adutoras: Pau D'Arco e Forquilha, e diversos poços tabulares,[24] [25]

Relevo e solos[editar | editar código-fonte]

As terras de Sobral fazem parte da Depressão Sertaneja. O relevo com forma suaves, tem como ápice o maciço residual granítico (serra da Meruoca) e uma planície aluvial (rio Acaraú). As principais elevações possuem altitudes entre 200 e 700 metros acima do nível do mar. Os solos da região são tipo bruno não cálcico, litólicos, planossolo, podzólico e aluvial[26]

Sobral é o município brasileiro que registra mais sismos no Brasil. Desde Janeiro, mais de 600 tremores de terra foram registrados. O mais forte ocorreu no dia 25 de Maio de 2008 por volta das 16h25. Esse tremor foi de intensidade 4.3 na Escala Richter.[27]

Vegetação[editar | editar código-fonte]

A caatinga arbustiva aberta é predominante,porém existem também, núcleos com mata seca (floresta subcaducifólia tropical pluvial), mata úmida (floresta subperenifólia tropical plúvio-nebular) e mata ciliar (floresta mista dicótilo-palmácea).[24]

A vegetação predominante é a típica do semiárido, mais especificamente floresta caducifólia espinhosa. Em determinados pontos, existem matas de transição. Ao longo das margens dos rios existe a chamada mata de galeria, vegetação original caracterizada pela umidade em contraste com regiões adjacentes mais secas.

Na área urbana a vegetação se resume às praças e parques, sendo a principal área verde, o Parque Ecológico Lagoa da Fazenda e o Parque da Cidade, uma área voltada para o adensamento de bosques. É também uma área voltada para o lazer, tendo alguns equipamentos como pista de skate, espaço para cooper e anfiteatro.

Clima[editar | editar código-fonte]

O município possui clima semiárido, com períodos chuvosos e secos e pluviosidade de aproximadamente mil milímetros (mm) anuais, concentrados entre janeiro e maio.[28] As temperaturas variam conforme a época do ano e local, com mínimas de 21 ºC[29] até máximas de 36 °C.[30] As médias térmicas mensais, no entanto, giram entre 26 °C e 28 °C.[31]

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia, referentes ao período de 1961 a 1970, 1973 a 1984, 1990 e a partir de 1993, a menor temperatura registrada em Sobral foi de 15,2 ºC em 16 de julho de 1964, e a maior atingiu 39,8 ºC em 24 de outubro de 1962.[32] O maior acumulado de chuva em 24 horas foi de 147,9 mm em 28 de abril de 1994, seguido pelos 127,2 mm em 5 de abril de 1963.[33] Em maio de 1974 foi observado o maior volume total de chuva em um mês, de 517 mm.[34]

Nuvola apps kweather.svg Dados climatológicos para Sobral Weather-rain-thunderstorm.svg
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima registrada (°C) 38,7 38,7 39,3 36,9 37,4 37,9 39,5 38,7 38,6 39,8 39,4 38,6 39,8
Temperatura máxima média (°C) 33,8 32,3 31,4 31,1 31,2 31,6 33 34,8 35,8 35,9 35,6 35,5 33,5
Temperatura média (°C) 27,5 26,7 26,1 26 26 26 25,9 26,8 27,5 27,8 28,1 28,1 26,9
Temperatura mínima média (°C) 23,6 22,6 22,5 22,6 21,9 21,5 21,2 21,4 22,4 22,8 22,9 23,3 22,4
Temperatura mínima registrada (°C) 18 16,9 18,4 18,6 18 16 15,2 16,5 18 17,6 17,4 18,2 15,2
Chuva (mm) 100,3 138,6 253,9 210,5 168 52,1 31,8 4,7 2,3 4,5 4,7 24,2 995,6
Dias com chuva (≥ 1 mm) 7 13 18 17 13 7 4 1 1 0 1 3 85
Umidade relativa (%) 69 74 81 85 80 74 66 55 55 58 57 61 67,9
Horas de sol 188,1 159,5 155 151,7 189,3 205,4 234,7 268,2 251,4 258,9 241,1 221,9 2 525,2
Fonte: Instituto Nacional de Meteorologia (normal climatológica de 1961-1990;[31] [30] [29] [28] [35] [36] [37] recordes de temperatura: 1961 a 1970, 1973 a 1984, 1990 e a partir de 1993).[32]

Subdivisão[editar | editar código-fonte]

Bairros[editar | editar código-fonte]

Atualmente a cidade de Sobral está dividida em 64 bairros. São eles: Alto da Brasília, Alto do Cristo, Bairro da Santa Casa, Bairro das Nações, Betânia, Boa Vizinhança I, Boa Vizinhança II, Cachoeiro, Campo dos Velhos, Centro, Cohab I, Cohab II, Cohab III, Colina da Boa vista, Coração de Jesus, Derby Club, Distrito Industrial, Dom José I, Dom José II, Domingos Olimpio, Dom Expedito, Dr. José Euclides Ferreira Gomes (Terrenos Novos),Dr. José Euclides Ferreira Gomes II, Dr. Juvêncio de Andrade, Edmundo Coelho Neto, Expectativa, Granville Residence, Gerardo Cristino de Menezes, Jardim, Jatobá, Jatobá Residence, Jerônimo de Medeiros Prado, Juazeiro, Junco, Monsenhor Aloísio Pinto, Morada do Planalto, Morada dos Ventos I, Mucambinho, Nossa Senhora de Fátima, Nova Colina, Nova Januária, Novo Recanto, Padre Ibiapina, Padre Palhano, Paraíso das Flores, Parque Alvorada, Parque Boa vista, Parque Santa Clara, Parque Santo Antonio, Parque Silvana I, Parque Silvana II, Pedrinhas, Pedro Mendes Carneiro, Pintor Lemos, Recanto I, Recanto II, Renato Parente, Residencial Meruoca, Ressurreição, Rosário de Fátima, Sem Terra, Sumaré, Tamarindo, Várzea Grande e a Vila União.

Divisão municipal[editar | editar código-fonte]

O município de Sobral é dividido em treze distritos: Sobral (sede), Aprazível, Aracatiaçu, Bonfim, Caioca, Caracará, Jaibaras, Jordão, Patos, Patriarca, Rafael Arruda, São José do Torto e Taperuaba.[38] Dos quais os 5 distritos mais importantes economicamente são: Aracatiaçu, Taperuaba, Jaibaras, Aprazível e São José do Torto.

Distrito Data de criação[39]
Sobral 30 de agosto de 1757
Aprazível 20 de maio de 1998
Aracatiaçu 18 de março de 1843
Bonfim 28 de agosto de 1963
Caioca 14 de janeiro de 1964
Caracará 20 de maio de 1931
Jaibaras 20 de dezembro de 1938
Jordão 18 de março de 1843
Patos 20 de fevereiro de 2003
Patriarca 20 de dezembro de 1938
Rafael Arruda 01 de junho de 1995
São José do Torto 24 de novembro de 1989
Taperuaba 30 de dezembro de 1943

Hierarquia urbana[editar | editar código-fonte]

A cidade de Sobral exerce forte influência sobre todo Norte do Ceará, e áreas do estados do Piauí, sendo um importante centro de compras e serviços regionais. De acordo com o IBGE[40] [41] a cidade de Sobral, subiu um nível na escala de influência e hierarquia nas cidades brasileiras e se tornou Capital Regional. Sobral agora faz parte do seleto grupo de 70 cidades em todo o Brasil que compõe a categoria "Capital Regional", com área de abrangência de 162 elementos. De todas as cidades do Estado, excetuando a capital, foi Sobral quem mais consolidou sua área de influência. Somente na cadeia direta, são 29 cidades que compõe a rede sobralense.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

A maior concentração populacional encontra-se na zona urbana. A sede do município dispõe de abastecimento de água, fornecimento de energia elétrica, serviço telefônico, agência de correios e telégrafos, serviço bancário, hospitais, hotéis e ensino de 1°, 2° graus e nível Universitário.[42]

O Rio Acaraú marca a paisagem do município cortando o distrito sede ao meio. Em épocas de chuvas fortes as águas transbordam alagando os bairros vizinhos ao rio.

Educação[editar | editar código-fonte]

Ensino básico

Na Educação Básica, conforme dados do Censo Escolar de 2004, o município possui uma matrícula total de 65.095 alunos, sendo que 31.997 (49,15%) concentram-se na rede municipal de ensino. Da matrícula total do município, 39.572 constitui o ensino fundamental, sendo 24.832 a matrícula efetivada na rede municipal (62,75%). Considerando a matrícula total da rede municipal, observa-se que 77,60% concentra-se no ensino fundamental. É importante ressaltar que o município de Sobral, desde 2001, ampliou o ensino fundamental para nove anos. O atendimento às crianças de seis anos, portanto, está incluído na matrícula do ensino fundamental. De acordo com dados de 2011 do IPECE[7] , Sobral possui um total de 105 escolas, sendo 47 escolas municipais, 25 escolas estaduais, 1 escola federal e 32 escolas particulares e também tem uma taxa de alfabetização de 94,90% que faz do município um dos mais alfabetizados do nordeste e do Brasil.

O município de Sobral apresentava, em 2013, um Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 7,8 [43] , figurando como o município com o melhor índice do Ceará e da Região Nordeste, além de ficar na 6ª colocação entre todos os municípios do Brasil, e em primeiro lugar entre todos os municípios brasileiros com mais de 100 mil habitantes (conforme a lista de municípios do Brasil por IDEB). Supera a média proposta pelo Ministério da Educação para 2021, que é de 6,1. Ao alcançar 7,3 pontos, Sobral zerou a taxa de abandono escolar do 1° ao 5° ano. O desempenho das Escolas de Sobral ficou acima da média do Ceará, que foi de 4,9, e, também, acima da média nacional, de 5,0. Das 47 escolas da rede municipal de ensino, 35 foram avaliadas pelo Ideb, e destas 34 figuram entre as 100 melhores da região Nordeste, e 9 delas estão também entre as 100 melhores do País, apenas 1 escola das avaliadas não se destacou, com isso coloca 27 escolas do município com os mesmos padrões das escolas de país desenvolvido.

Ensino superior

Sobral é o maior polo universitário do interior do estado do Ceará. O município conta com uma universidade estadual, Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), dois centros de ensino tecnológico, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) e um campus da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Entrada da Universidade Estadual (UVA)

Existe ainda no ramo privado, a Faculdade Luciano Feijão (FLF) e o Instituto Superior de Teologia Aplicada (INTA).

Biblioteca pública de Sobral.

Ainda há o INSTITUTO EDUCARE, que realiza cursos de Graduação em parceira com a UNIDERP intertiva e a UNIMES Virtual e Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu , presenciais em mais de 25 cidades, em parceria com a Faculdade Ateneu de Fortaleza.

O Instituto UNIBAM - Universidades Iberoamericanas em parceria com a Faculdade de Tecnologia Evolução realiza cursos superiores em Sobral e estende-se por toda região. Além disso em parceria com instituições internacionais no Mercosul, oferece programas de mestrado e doutorado em várias áreas.

Vale ressaltar que o município de Sobral hoje em dia também conta com varias Instituições de ensino a distancia, como a Unoparvirtual no colégio Sant'Ana, num prédio tombado pelo patrimônio histórico, e outras instituições de Ensino a Distancia (EaD).

Hoje a cidade é o maior centro universitário do interior do estado,com mais de 50 faculdades.

Bibliotecas
  • Biblioteca Municipal Lustosa da Costa[44]
  • Biblioteca da Universidade Estadual Vale do Acaraú(UEVA)
  • Biblioteca Universitária da Universidade Federal do Ceará(UFC)
  • Biblioteca da Faculdade Luciano Feijão

Saúde[editar | editar código-fonte]

Fachada da Santa Casa de Misericórdia de Sobral.

Um dos maiores livros médicos sobre parto já escrito no mundo foi de um sobralense. O livro foi escrito em francês e publicado em Paris com o nome de Traité d'accouchement (Tratado do parto) em 1874 e foi adotado pelas escolas de Medicina de Montpellier, na França, e Liège, na Bélgica. O autor dessa obra foi o médico formado em Londres (Inglaterra), Vicente Cândido Figueiredo, barão e visconde de Saboia, que devido sua contribuição para o ensino médico no mundo e no Brasil foi nomeado catedrático de Clínica cirúrgica da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1871.

Sobral tem hoje dez grandes hospitais, sendo eles: Santa Casa de Misericórdia de Sobral, Hospital do Coração, Hospital Dr Tomaz Corrêa Aragão(Unidade Mista), Hospital Dr Estevão Ponte Ltda, Hospital Unimed, Hospital Regional de Sobral, Policlínica de Sobral, Hospital Dom Walfrido, Centro de Especialidades Médicas de Sobral(CEM) e o Centro de Especialidades Odontológicas de Sobral(CEO). Além desses hospitais, a cidade conta com mais de 50 clinicas especializadas. De acordo com informações de 2012 do IPECE[7] Sobral possui um total de 86 unidades de saúde, contando com os hospitais, clinicas e centros de saúde, e também conta com um total de 1608 profissionais da saúde contando com medicos, dentistas, enfermeiros e agentes de saude.

  • A Santa Casa de Misericórdia de Sobral é um hospital pertencente a irmandade das Santa Casa de Misericórdia e é administrada pela diocese de Sobral. Foi inaugurada no dia 29 de maio de 1925. É uma sociedade civil, sem fins lucrativos, beneficente, filantrópica e de assistência social, portadora do Certificado de Entidade de Fins Filantrópicos e reconhecida de Utilidade Pública Federal, Estadual e Municipal. Sua abrangência demográfica cobre a demanda de 75 municípios, com cerca de 1.750.000 habitantes sendo um Centro de Referência em saúde para toda a região. Tem atualmente 411 leitos e faz uma média anual de mais de 22 mil internações, sendo hoje o maior hospital do interior do estado do Ceará. A Santa Casa de Misericórdia de Sobral, sucessora da Sociedade Beneficente da Santa Casa de Misericórdia de Sobral, mantém as seguintes instituições: dois hospitais denominados Santa Casa de Misericórdia de Sobral e Hospital do Coração de Sobral, Abrigo Sagrado Coração de Jesus, Unidade de Fisioterapia Dom José, Laboratório de Análises Clínicas Fernando Mendes, Instituto Radiodiagnóstico de Sobral, Clínica Odontológica Dr. Raimundo Lima Neto, Albergues para Renais Crônicos e para pacientes em tratamento Quimioterápico e Hotel Visconde[45] .
  • O Hospital Regional Norte, inaugurado em 18 de janeiro de 2013.
  • A Policlínica de Sobral, localizada no bairro Conjunto Santo Antônio, foi inaugurada no dia 4 de julho de 2012.
  • O Hospital do Coração de Sobral, foi inaugurado em 1996 e se tornou uma referência no atendimento de problemas cardíacos do estado do Ceará e recebe pacientes de 61 cidades do Ceará e de estados vizinhos como Piauí e Maranhão. O hospital tem equipamentos que permitem fazer diversos tipos de exames, que são ofertados apenas em Sobral e na capital do estado, Fortaleza. Segundo a direção do hospital, o ambulatório da unidade atende por mês seis mil pacientes e três mil na emergência. Os servidores da unidade também realizam 30 cirurgias de grande porte mensais. Os equipamentos do hospital podem identificar artérias entupidas e fazer o tratamento durante o exame, também tem um ultrassom que permite mostrar artérias do coração com precisão, dentre outros aparelhos para o diagnóstico e tratamento de doenças cardíacas. O Hospital do Coração de Sobral é filantrópico e recebe recursos do SUS e de convênios. Em 2012 ele foi reformado, aumentando o número de leitos.[46] .
  • Hospital Dr Tomaz Corrêa Aragão também conhecido como Unidade mista de Saúde, fica localizada no Bairro Cohab I, e foi inaugurada no dia 05/07/1994, pelo governador Ciro Ferreira Gomes, mesmo dia da inauguração do Colégio CERE(CIRÃO).
  • Hospital Dom Walfrido[47]
  • Centro de Especialidades Médicas de Sobral (CEM)[48] .
  • Centro de Especialidades Odontológicas de Sobral (CEO)[49] .

Segurança e criminalidade[editar | editar código-fonte]

Sobral conta com uma das mais bem aparelhadas guardas civis do Brasil, estruturada com moto patrulhamento, rondas nas escolas e Central de Comunicação de longa distância. O Secretário de Segurança e Cidadania de Sobral, Dr. Pedro Aurélio Ferreira Aragão, afirma que Sobral possui 11 câmeras de videomonitoramento 24 horas por dia com sistema digital, com diversas câmeras de vigilância espalhadas em locais estratégicos da cidade, onde são ligadas diretamente a uma central de operações da Guarda Municipal e CIOPS (Célula Integrada de Operações Públicas de Segurança), tornando a cidade mais segura. Há ainda a Guarda Mirim, um projeto social da Prefeitura de Sobral, que visa a formação moral e cívica dos jovens de 14 a 18 anos com destaque aos jovens de família com menor poder aquisitivo. Mesmo assim há uma grande carência de segurança nos distritos de Sobral, sendo um exemplo, que nos distritos de Aprazível, São José do Torto e Rafael Arruda, há apenas uma dupla da Policia Militar, equipada apenas com uma viatura, para atender todas ocorrências, nesses três distritos, mesmo sendo um pouco distante de cada um.

Transporte urbano[editar | editar código-fonte]

Ônibus coletivo

Na cidade de Sobral os ônibus atendem com as linhas 201, 202 e 203 os bairros Centro, Campo dos Velhos, Junco, Vila União, Cidade Dr. José Euclides e Cohab III contando com 6 ônibus, a linha 303, atendendo os bairros do Centro, Sumaré e Padre Palhano, com 3 ônibus e a linha circular 1 que passa pelos bairros do Centro, Dom Expedito, Sinhá Saboia, Cohab I e II, e que dispõe de 5 ônibus. Todas as linhas de ônibus são operadas por empresas privadas, sob a supervisão da Coordenação de Serviços e Equipamentos Urbanos.

Mototáxi

Hoje Sobral conta com 634 mototaxistas legalizados, sem contar os ilegais, e quem faz o controle do Sistema é a Secretaria do Planejamento e Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente - SPLAM, através da Coordenação de Serviços e Equipamentos Urbanos. As motocicletas devem ser trocadas a cada 4 anos e devem ser de 125 cc até 200 cc. Anualmente, a SPLAM distribui de forma gratuita aos mototaxistas os coletes, crachás e adesivação das motocicletas.

Táxi

Hoje Sobral conta com um sistema completo de táxi e quem faz o controle do Sistema é a Secretaria do Planejamento e Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente - SPLAM, através da Coordenação de Serviços e Equipamentos Urbanos.

Metrô

O metrô de Sobral , o VLT (veículo leve sobre trilhos), que teve o início de suas obras em março/2011 e deveria ter sido concluído em dezembro/2012, será um metrô de superfície elétrico e não poluente que corta as ruas de Sobral. As 11 estações estarão distribuidas pela cidade de forma que possa atender aos bairros mais populosos com 90% da cidade atendida pelo sitema. A primeira linha, chamada de Linha Sul, liga os bairros Sinhá Sabóia e COHAB II (no sudeste da cidade) ao bairro Sumaré (no sudoeste da cidade) margeando o Centro, atendendo diversos elementos geradores e atratores de viagens por meio de 07 estações:

  • COHAB II – Sinhá Sabóia, localizada no km 229 da Linha Norte da Malha Ferroviária do Nordeste.
  • Dom Expedito.
  • Boulevard do Arco.
  • Coração de Jesus.
  • Paço Municipal.
  • Dom José.
  • Sumaré, localizada no km 236 da da Linha Norte da Malha Ferroviária do Nordeste.

A segunda, chamada de Linha Norte, parte da fábrica da Grendene acompanhando o traçado do antigo ramal de Camocim, passando pelos bairros Coração de Jesus e Centro e indo até o Bairro COHAB III. A estação Coração de Jesus servirá como ponto de integração entre as duas linhas, possibilitando que os usuários efetuem transbordo e se desloquem em direção a qualquer lado da cidade. Possuirá 4 estações:

  • Grendene.
  • Coração de Jesus.
  • Junco.
  • José Euclides.

O valor da passagem será de R$ 1,00.

A maioria da população está muito pessimista com a chegada do VLT da cidade, pois poderá afetar bastante o trânsito da cidade e o índice de acidentes será mais alto.

Acesso[editar | editar código-fonte]

A partir de Fortaleza o acesso ao município, pode ser feito por via terrestre através da rodovia Fortaleza/Sobral (BR-222). As demais vilas, lugarejos, sítios e fazendas são acessíveis (com franco acesso durante todo o ano) através de estradas estaduais, asfaltadas ou carroçáveis.[50]

Lazer[editar | editar código-fonte]

A sede do município, a cidade Sobral, foi considerado pela revista especializada em turismo da Editora RMC de São Paulo como uma das melhores cidades do Brasil quanto a qualidade de vida, acima do padrão da maioria das cidades cearenses. Essa qualidade de vida é demostrada no baixo índice de violência, alto nível cultural representado pelos seus inúmeros espaços (Museus, Bibliotecas, Teatros), além de seus locais para lazer e prática de esportes como:

Parque da Cidade

Inaugurado em 4 de julho de 2004, consiste em um parque ambiental para a requalificação do trecho do riacho Pajeú, compreendido entre a avenida do Contorno e a avenida José Euclides Ferreira Gomes. Construído numa área de aproximadamente 70 mil metros quadrados, integra áreas importantes como os bairros do Junco, Colina e Campos dos Velhos.

O parque conta com área de esportes radicais denominada Skate Park, local criado pela prefeitura para o desenvolvimento desse esporte, sua inauguração contou com o show do grupo de rock Charlie Brown Jr., que por si só já virou um grupo marcado pela prática de skate. Através do skate jovens de Sobral trocam a criminalidade pela prática de esportes. Em 2007 Sobral sediou o Campeonato Brasileiro de Skate Profissional, contando com a participação dos maiores skatistas do Brasil.

Além desse equipamento, o complexo conta ainda com um anfiteatro, cinco playgrounds, oito estacionamentos com aproximadamente vinte vagas cada um, 414 bancos, 29 mesas de xadrez, 22 mesas de piquenique, 19 quiosques, 1.800m de pista de cooper, um campo polivalente para esportes e três quadras de vôlei de areia.

A intenção principal deste projeto é viabilizar a manutenção do riacho Pajeú, como mais uma ação de preservação da Lagoa da Fazenda que se encontra no meio da cidade.

Parque de Bicicross

No Parque de Bicicross é possível a prática de manobras durante uma corrida em uma pista cheia de obstáculos com uso de bicicletas modificadas já para este esporte. A construção deste parque foi uma iniciativa da prefeitura.

Margem Esquerda

Inaugurada em maio de 2004, a margem esquerda do rio mostra que a tecnologia é capaz de gerar harmonia entre o moderno e o rústico da área tombada do município. Espaço para caminhadas, quadras de esportes, campo de futebol, campo para prática de beisebol, e anfiteatro tornaram o local um dos principais pontos de diversão dos sobralenses. Além de ter uma visão espetacular da Igreja da Sé, Igreja das Dores e do Rio Acaraú que corta a cidade em duas partes.

North Shopping Sobral

Inaugurado em 3 de maio de 2013, possui cerca de 150 lojas e 5 salas de cinema a serem inauguradas, em área bruta locável de 18.244,41 m².

Mídia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Sobral possui um canal de televisão chamado NordesTV. A emissora é sintonizada no Canal 48 UHF e é afiliada ao Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), que transmite a programação do SBT para todo o Ceará. Pertence ao Sistema Jangadeiro de Comunicação e tem repetidora em Fortaleza no canal 27 UHF, em Canindé canal 14 UHF e em Aurora canal 05 VHF. Outras emissoras e repetidoras de sinal.

Rádio[editar | editar código-fonte]

Existem em Sobral diversas emissoras de rádio, entre elas se destacam: Rádio Educadora do Nordeste, Rádio Jangadeiro FM, Jovem Pan FM Rede Plus FM Grande Sobral, Rádio Paraíso FM Comunicações Ltda, Rádio Princesa FM, Rádio Regional, Rádio Tupinambá de Sobral , Rádio FM Rede Som Zoom Sat e outras.

FM

AM

Economia[editar | editar código-fonte]

O PIB de Sobral é R$ 2.348.207.000 (IBGE 2010)[6] sendo a quarta economia do estado perdendo apenas para Fortaleza, Maracanaú e Caucaia, na região metropolitana. As principais indústrias são a Grendene que tem sua sede nacional em Sobral, a unidade do Grupo Votorantim, produtora de cimento, A Fábrica Coelho, terceira maior produtora de massas e biscoitos do Ceará, Refrigerantes Delrio, Moageira Serra Grande, beneficiamento de café, Alumínio Sobral, fabrica de utensílios domésticos, entre outras.

Caminhão do Café Serra Grande, uma industria de Sobral.

O setor primário é baseado na agricultura de feijão, milho, mandioca, algodão, banana, abacate, cana-de-açúcar e castanha de caju.; pecuária: bovino, ovino, caprino, suíno e avícola.

No polo industrial de sobral situam-se 153 indústrias, destacando-se a fabricação de calçados, cosméticos, mineração, embalagens, refrigerantes e cimento, além de serviços diversos de fundição.[51]

O extrativismo vegetal também é uma da fontes de renda e destaca-se na extração de madeiras diversas para uso como lenha, construção de cercas e fabricação de carvão vegetal. Bem como a atividade extrativa da oiticica e carnaúba.

A indústria do artesanato de redes, chapéus-de-palha e bordados também gera renda.

Na mineração, destacam-se em Sobral a extração de rochas ornamentais, rochas para cantaria, brita, minério-de-ferro e usos diversos na construção civil, sendo a extração do minério de ferro, no Distrito de São José do Torto, que tem a maior concentração de minério da região, a empresa responsável pela extração no distrito é a Globest, que começou a operar no lugar, desde março de 2009, como no distrito há vários locais com ocorrências do minério de ferro, outra empresa, futuramente se instalará no região do distrito.[24]

A atividade pesqueira concentra-se no rio Acaraú e nos açudes.

Turismo[editar | editar código-fonte]

O turismo também é uma das fontes de renda de Sobral, devido as belezas naturais, o centro histórico da sede do município, bem como diversos museus. Destacam-se como principais pontos turísticos de Sobral:

Arco de Nossa Senhora de Fátima em Sobral
  • Açude Jaibaras ou Aires de Sousa
  • Arco de Nossa Senhora de Fátima
  • Beco do Cotovelo
  • Cadeia Pública
  • Casa da Cultura de Sobral (prédio construído em 1858)
  • Colégio Sant'Ana (antigo sobrado do Senador Paula Pessoa)
  • Cristo Redentor
  • Estação Ferroviária
  • Fonte do Pajé (termal)
  • Igreja da Sé (1783, matriz de Nossa Senhora da Conceição)
  • Serra da Meruoca, pois também é de Sobral
  • Outras igrejas: Nossa Senhora do Patrocínio; dos Pretinhos de Nossa Senhora do Rosário (construída por escravos); Menino Deus (erguida por duas irmãs carmelitas no começo do século passado) ; Nossa Senhora das Dores; São José (do Sumaré); São Francisco; Santo Expedito (no Alto do Cristo) Igreja da Mãe Rainha (no antigo Morro do Urubu),Paróquia da Ressurreição, Paróquia de Fátima Capela de São José (no pé da serra da Meruoca).
  • Museu Diocesano (rico em arte sacra) localizado no Antigo Palácio Episcopal
  • Museu do Eclipse
  • Parque da Lagoa da Fazenda
  • Rio Acaraú
  • Teatro São João (1880)
  • Universidade Estadual Vale do Acaraú-UVA (antigo Seminário Diocesano São José)

Cultura[editar | editar código-fonte]

Vista aérea da Igreja do Patrocínio e Museu do Eclipse.

Teatros[editar | editar código-fonte]

O Teatro São João, é a principal instituição cultural de Sobral. Em maio de 1875, a União Sobralense solicitou à Câmara Municipal de Sobral licença para a construção do Teatro São João, com planta de João José da Veiga Braga, seguindo o estilo do teatro tradicional com dois níveis superiores de camarotes, piso em madeira e cadeiras revestidas em couro, matéria-prima característica da região. Seu estilo de construção demostra como a sociedade sobralense acompanhava os padrões europeus, pois logo que se iniciou a construção de teatros do tipo italiano, com platéia em ferradura, esta arquitetura foi implantada em Sobral. Sua inauguração ocorreu em 26 de setembro de 1880, com a comédia-drama A Honra de um taverneiro, de Correia Vasquez em três atos, seguida da comédia Meia hora de Cinismo de José Joaquim da França Júnior, ambas apresentadas por artistas amadores sobralenses. No ano de 2004 o teatro foi restaurado e inaugurado no dia 29 de dezembro do mesmo ano pelo ministro da Cultura Gilberto Gil. Na solenidade estiveram presentes, além de Gil, o ministro da Infra-Estrutura Ciro Gomes, vários deputados estaduais e federais, o ex-prefeito de Sobral e atual governador do estado Cid Gomes, o secretário de Cultura Clodoveu Arruda, os demais secretários municipais, e sobretudo milhares de populares que prestigiaram este evento de tamanha significância para a população sobralense, o teatro é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Museus[editar | editar código-fonte]

A cidade de Sobral possui três museus:

  • Museu do Eclipse: criado em 1999 para fomentar a ciência e o fato de a Teoria da Relatividade ter sido confirmado naquele lugar na cidade.
  • Museu Dom José: um dos mais importantes do Ceará por abrigar vasta coleção de objetos da cultura e sociedade dessa região do estado.
  • Museu Madi: o mais recente, com obras de artistas plásticos modernos e contemporâneos.

Outras atrações culturais[editar | editar código-fonte]

  • A Casa da Cultura é o principal espaço de artistas de Sobral e da região, dotada de uma dinâmica infra-estrutura e moderno acervo de arte e cultura, a Casa da Cultura de Sobral sobressai dentre os demais projetos já implantados na cidade, pelo seu papel de revitalizadora do patrimônio histórico-cultural. Nela constam uma biblioteca virtual, oficinas de arte e sala de cinema. Nascida sobre os escombros do tradicional solar dos Figueiredo, a Casa da Cultura de Sobral serve como símbolo do nascimento de uma nova consciência cultural sobralense, dando aos artistas um espaço digno e a oportunidade de novas pessoas ingressarem na vida artística.A Casa da Cultura é outro espaço de fomento das artes e cultura da cidade objetivando a revitalização do patrimônio histórico-cultural. Nela constam uma biblioteca virtual, oficinas de arte e sala de cinema. O prédio que abriga a Casa de Cultura era o antigo solar dos Figueiredo.
Palácio de Ciências e Línguas Estrangeiras.
  • O Palácio de Ciências e Línguas Estrangeiras surgiu da reforma feita no prédio do antigo "Palace Club" que por iniciativa da prefeitura foi transformado em instituição educacional e cultural. No dia 28 de janeiro de 2000 foi inaugurado o Palácio de Ciências e Línguas Estrangeiras. Conta também com uma biblioteca, espaço destinado à leitura independente, além de empréstimos de livros didáticos das áreas de línguas estrangeiras (inglês e espanhol), informática e ciências.[54]

Eventos[editar | editar código-fonte]

Os principais eventos culturais de Sobral são:

  • Festa da Padroeira: Nossa Senhora da Conceição(08 de dezembro)
  • Festa de São Francisco(Outubro)
  • Carnabral
  • Rejubilar
  • Vem Louvar
  • Cavalgada de São José do Torto, a maior do Ceará e a segunda maior do Brasil de acordo com o RankBrasil.
  • Exposição Agropecuária Exponorte
  • Fenaiva
  • FAMS - Festival de Animes e Mangás Sobralense
  • Festival de Quadrilhas
  • Exposição de Moda Sobral
  • Aniversário da Cidade
  • Exposição de Carros
  • Shows e Apresentações Públicas
  • Festival de Cinema Nacional promovido pela Casa da Cultura
  • Festival de Teatro
  • Chegada do Papai Noel
  • Desfile de Escolas de Samba do Carnaval de Sobral
  • Desfile do Bloco dos Sujos (Bloco Típico do Carnaval)
  • Calouradas do Derby Club
  • Amostra de Ciência e Tecnologia UVA/Centec/UFC/Prefeitura Municipal de Sobral
  • 1º de Maio dia do trabalhador Sindicato dos Calçadistas

Festas tradicionais[editar | editar código-fonte]

  • Encontro de Bois e Reisado[56]
  • Carnaval
  • Semana Santa
  • Encontro do Repente e do Forró
  • Festival de Quadrilhas
  • Comemoração do aniversário da cidade de Sobral
  • Fenaiva - Feira de Negócios Artesanais e Industriais do Vale do Acaraú
  • Exposição Agropecuária
  • Paradas do 7 de Setembro
  • Carnabral
  • Espetáculo do Natal
  • Réveillon

Esporte[editar | editar código-fonte]

Times esportivos[editar | editar código-fonte]

Plateia do Derby alagada pela cheia de 1917 do Rio Acaraú no local onde funcionou desde a inauguração até 1955.
  • Guarany Sporting Club - Agremiação Esportiva que representa a cidade de Sobral no campeonato cearense de futebol. Foi fundado em 2 de julho de 1938, só que em alguns anos deixou de existir. A equipe foi refundada no ano de 1974 por grupo de jovens que atuavam no time, amador, dos Anjos. Alguns dos integrantes eram Sebastião Albuquerque, Chagas Neto (Tindim,) Maximino Barreto, Decy Vasconcelos, Valdenir Coelho, entre outros. Seu uniforme é camisa com listras horizontais vermelhas e pretas, calção branco e meias listradas de vermelho e preto. Seu mascote é o Cacique do Vale. O Guarany de Sobral é o primeiro clube cearense a conquistar um título de uma competição nacional. O Guarany de Sobral foi presidido por muitos anos pelo Sr. Luiz Melo Torquato, famoso dirigente e dono do Café do Luiz Torquato, que fica localizado no Beco do Cotovelo.
  • Sobral Esporte Clube- É um time da cidade de Sobral (Ceará) e foi fundado no dia 26 de maio de 2010. A equipe estreou em 2011 na 3ª divisão do Campeonato Cearense. Suas cores são Vermelho, amarelo e branco, que são as cores oficiais da bandeira do município. Este realiza suas partidas no Estádio do Junco.

Locais para atividades esportivas[editar | editar código-fonte]

  • Derby Clube Sobralense - clube de hipismo e atividades sociais da cidade fundado em 1871 sendo um dos clubes mais antigos do Nordeste do Brasil.[57]
  • Estádio Plácido Aderaldo Castelo - Conhecido como Estádio do Junco ou Juncão, devido se localizar no bairro que leva o mesmo nome. Possui capacidade para 15 mil torcedores, e foi reformado na administração do então prefeito e atual governador do estado do Ceará, Cid Gomes.
  • Ginásio Esportivo Dr. Plínio Pompeu- com capacidade para 8 mil torcedores, construído pela administração do ex-governador Ciro Gomes, em 1992.
  • Parque de Bicecross - No Parque de Bicecross é possível a prática de manobras durante uma corrida em uma pista cheia de obstáculos com uso de bicicletas modificadas já para este esporte. A construção deste parque foi uma iniciativa da prefeitura.
  • Skate Park do Parque da Cidade - Local criado pela prefeitura para o desenvolvimento desse esporte, sua inauguração contou com o show do grupo de rock Charlie Brown Jr., que por si só já virou um grupo marcado pela prática de skate. Através do Skate jovens de Sobral trocam a criminalidade pela prática de esportes. Em 2007 Sobral sediou o Campeonato Brasileiro de Skate Profissional, contando com a participação dos maiores skatistas do Brasil.

Paróquias e Igrejas[editar | editar código-fonte]

  • Assembléia de Deus Ministério BETEL.(Ig. Evangélica)
  • Igreja da Sé (1783, matriz de Nossa Senhora da Conceição)
  • Paróquia Nossa Senhora do Patrocínio
  • Paróquia da Ressurreição
  • Paróquia de Fátima
  • Paróquia de São Paulo Apóstolo (Idealizada por Monsenhor Sabino Guimarães Loyola, a antiga capela São Paulo Apóstolo, hoje Paróquia (Igreja Matriz), foi construída entre os anos de 1989/1990 e ainda em construção, a 1º de julho de 1990, foi ali celebrada a 1ª missa.)
  • Paróquia do Sagrado Coração de Jesus (Bairro da Expectativa)
  • Paróquia de Santo Antonio (Distrito de Aracatiaçu)
  • Paróquia de Santa Terezinha (Distrito de Jaibaras)
  • Paróquia Nossa Senhora do Carmo (Distrito de Taperuaba)
  • Ermida de São José (construída através de um projeto da Diocese de Sobral, comandado pelo Monsenhor Francisco Sadoc de Araújo da paróquia do Cristo Ressuscitado em parceria com a Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA. Situada na localidade de Curral das Pedras, no pé da Serra da Meruoca, foi benta no dia 21 de dezembro de 2004.)
  • Igreja dos Pretinhos de Nossa Senhora do Rosário - Centro (construída por escravos)
  • Capela São Pedro (Capela feita em pequenas dimensões, aproximadamente 5 x 10 m, construída em estilo colonial. Fundada no dia 29 de junho de 1947, é obra do Sr. Pedro Mendes Carneiro (in memorian), antigo dono e morador da fazenda Cachoeira, lugar este, onde residiu por muitos anos habitando uma casa grande e amarela, que foi destruída, era localizada ao lado da capela.)
  • Capela São Pedro - Bairro Dom Expedito
  • Capela Sagrado Coração de Jesus(Situada na localidade de Boqueirão a 15 km da sede do município de Sobral)
  • Igreja Menino Deus (erguida por duas irmãs carmelitas no começo do século XIX)
  • Igreja Nossa Senhora das Dores (junto à Igreja da Sé)
  • Igreja Nossa Senhora da Saúde (Centro)
  • Igreja São José (do Sumaré)
  • Igreja São José (Distrito de São José do Torto)
  • Igreja São Francisco (Capuchinhos)
  • Igreja Santo Expedito (no Alto do Cristo)
  • Igreja da Mãe Rainha (no antigo Morro do Urubu)
  • 1ª Igreja Batista
  • Igreja da Paz
  • Igreja Presbiteriana
  • Igreja Adventista do Sétimo Dia
  • Igreja Batista Renovada
  • Igreja de Cristo - IC
  • Igreja Assembléia de Deus
  • Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Igreja dos Mórmons)
  • Igreja Batista Vale do Acaraú - IBAVA
  • Igreja Batista da Graça
  • Igreja Betesda
  • Igreja Internacional da Graça de Deus
  • Igreja Mundial do Poder de Deus
  • Igreja do Evangelho Universal
  • Igreja Cristã Gileade Sobral

Política[editar | editar código-fonte]

A administração municipal localiza-se na sede: Sobral.[38]

Camara Municipal

A administração municipal executiva de Sobral é exercida pelo prefeito José Clodoveu de Arruda Neto (PT). O Poder Legislativo é exercido por 21 vereadores que compõem a Câmara Municipal de Sobral, tendo como funções fiscalizar o executivo e discutir as leis no âmbito municipal. O Poder Judiciário se faz presente na cidade com a Justiça Federal (uma vara e um juizado especial), Justiça Estadual (cinco varas e dois juizados especiais), Justiça do Trabalho (uma vara) e Justiça Eleitoral (duas zonas eleitorais). Sobral possui, de acordo com dados de 2012 do TRE-CE, um colégio eleitoral de 131.417 eleitores, duas zonas eleitorais: a 24ª zona e a 121ª zona, com um total de 107 locais de votação com 456 seções eleitorais.

Filhos notórios[editar | editar código-fonte]

  • Antônio Carlos Gomes Belchior Fontenelle Fernandes (Belchior) - cantor e compositor.
  • Cosme Bento - líder quilombola que ajudou a comandar a chamada Balaiada
  • Dom José Tupinambá da Frota - primeiro bispo de Sobral.
  • Domingos Olímpio - escritor, jornalista.
  • Francisco de Paula Pessoa - advogado, senador do Império de 1882-1889.
  • Dom Jerônimo Tomé da Silva (1849-1924) - bispo de Belém do Pará, arcebispo de Salvador, Bahia.
  • José Antônio Maria Ibiapina (Pe. Ibiapina) – padre e advogado, considerado o Apóstolo do Nordeste por sua vida dedicada aos mais carentes e às obras de caridade. Está em curso seu processo de canonização.
  • José Júlio de Albuquerque Barros (Barão de Sobral) - bacharel em Direito. Foi secretário do Presidente Lafayett Rodrigues Pereira, promotor, diretor da instrução, diretor do Liceu. Advogado, deputado geral e presidente desta província. Em 1883 assumiu o governo do Rio Grande do Sul. Foi diretor da Secretaria de Justiça e Procurador Geral da República. Foi um dos colaboradores do código civil.
  • Luiz Carlos Barreto - fotográfo e um dos maiores produtores cinematográficos do Brasil.
  • Maria Tomásia Figueira Lima – abolicionista, lutou pela libertação dos escravos de Sobral e do Ceará.
  • Patrícia Saboya Gomes - senadora da República, eleita pelo estado do Ceará.
  • Raimundo Cela – pintor, gravador. Formou-se em Ciências e Letras no Liceu do Ceará. Em 1910 fez curso livre na Escola Nacional de Belas Artes - Rio de Janeiro.
  • Renato Aragão - humorista.
  • Stênio Azevedo - advogado, jornalista, escritor e homem com forte atuação no turismo, nasceu em Sobral, em 1920. Estudou no Ginásio Sobralense em sua primeira turma, em 1936. Trabalhou nos Diários Associados e dirigiu de 1955 até 1980 o concurso Miss Ceará na TV Ceará. Foi presidente da Associação Cearense de Imprensa por três vezes. Fundou dez clubes Skal Internacional, além dos Lions Clube de Sobral.
  • Vicente Cândido de Figueiredo de Sabóia (Visconde de Sabóia) - diretor da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro (1881-1889), reformador do ensino médico no Brasil.
  • Zenon Barreto - pintor, escultor e xilogravurista, nasceu em Sobral, em 1918.
  • Cid Gomes - Governador do Estado do Ceará

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Estimativa populacional IBGE 2013 Estimativa populacional IBGE 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (31 de agosto de 2011). Página visitada em 15 de setembro de 2013.
  4. Perfil do Município de Sobral, CE Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Página visitada em 30 de julho de 2013.
  5. Indice GINI Cidade Sat. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2000). Página visitada em 05 de maio de 2013.
  6. a b c d Produto Interno Bruto dos Municípios 2011 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 19 dez. 2013.
  7. a b c Perfil Básico Municipal 2012 Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará. Página visitada em 04 abr. 2012.
  8. Perfil do Município de Sobral, CE Atlas Brasil. Página visitada em 05 ago. 2013.
  9. Regiões de influência das cidades 2007 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (10 de outubro de 2008). Página visitada em 27 de novembro de 2008.
  10. Sobral para todo mundo ver (e investir) Jornal O Povo (20 de abril de 2013). Página visitada em 20 de abril de 2013.
  11. [1]
  12. Sebok. Lou, Atlases published in the Netherlands in the rare atlas collection. Compiled and edited by Lou Seboek. National Map Collection (Canada), Ottawa. 1974
  13. Aragão, R. B, Índios do Ceará e Topônimios Índigenas, Fortaleza, Barraca do Escritor Cearense. 1994
  14. Revista Oceanos 41 - Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses. Lisboa, 2000, pag. 113
  15. FREITAS, Vicente. BELA CRUZ - biografia do município
  16. Curiosidades Universidade Federal do Ceará. Página visitada em 22 de julho de 2008.
  17. a b Revista Oceanos 41 - Comissão Nacional para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses. Lisboa, 2000, pag. 116
  18. Página da Bibioteca Nacional do Brasil. Página visitada em 27 de fevereiro de 2010.
  19. Estações Ferroviárias. Página visitada em 27 de fevereiro de 2010.
  20. Gazzinelli, R. Teoria da Relatividade Especial. São Paulo: Edgard Blücher, 2005. 125-126. pp. ISBN 85-212-0357-8
  21. Estações Ferroviárias. Página visitada em 27 de fevereiro de 2010.
  22. Estações Ferroviárias. Página visitada em 27 de fevereiro de 2010.
  23. http://cidades.ibge.gov.br/painel/historico.php?lang=&codmun=231290&search=ceara%7Csobral%7Cinfograficos:-historico
  24. a b c Página do CPRM. Página visitada em 01 de março de 2010.
  25. Atlas do Ceará. Página visitada em 01 de março de 2010.
  26. Página do CPRM 01.. Página visitada em 01 de março de 2010.
  27. Ceará registra terremoto de 4.3 graus na Escala Richter Diário do Nordeste. Página visitada em 22 de julho de 2008.
  28. a b Precipitação Acumulada Mensal e Anual (mm) Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990). Página visitada em 18 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  29. a b Temperatura Mínima (°C) Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990). Página visitada em 18 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  30. a b Temperatura Máxima (°C) Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990). Página visitada em 18 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  31. a b Temperatura Média Compensada (°C) Instituto Nacional de Meteorologia (1961-1990). Página visitada em 18 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  32. a b BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Temperatura Máxima (ºC) e Temperatura Mínima (ºC) - Sobral Instituto Nacional de Meteorologia. Página visitada em 18 de agosto de 2014.
  33. BDMEP - Série Histórica - Dados Diários - Precipitação (mm) - Sobral Instituto Nacional de Meteorologia. Página visitada em 18 de agosto de 2014.
  34. BDMEP - Série Histórica - Dados Mensais - Precipitação Total (mm) - Sobral Instituto Nacional de Meteorologia. Página visitada em 18 de agosto de 2014.
  35. Número de Dias com Precipitação Maior ou Igual a 1 mm (dias) Instituto Nacional de Meteorologia. Página visitada em 18 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  36. Insolação Total (horas) Instituto Nacional de Meteorologia. Página visitada em 18 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  37. Umidade Relativa do Ar Média Compensada (%) Instituto Nacional de Meteorologia. Página visitada em 18 de agosto de 2014. Cópia arquivada em 4 de maio de 2014.
  38. a b Página do IBGE. Página visitada em 18 de fevereiro de 2010.
  39. Enciclopédia dos Municípios Brasileiros (2007). Sobral - Histórico (PDF) Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Página visitada em 15 de novembro de 2012. Cópia arquivada em 15 de novembro de 2012.
  40. Regiões de influência das cidades 2007 Insituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (10 de outubro de 2008). Página visitada em 27 de novembro de 2008.
  41. Configuração da Rede Urbana do Brasil Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (Junho de 2001). Página visitada em 3 de dezembro de 2008.
  42. Página do CPRM. Página visitada em 01 de Março de 2010.
  43. Página do IDEB.
  44. Biblioteca Pública Municipal
  45. Santa Casa de Sobral Santa Casa de Sobral. Página visitada em 15 abr. 2013.
  46. Hospital do coração de Sobral Hospital do coração de Sobral. Página visitada em 15 abr. 2013.
  47. Hospital Dom Walfrido Hospital Dom Walfrido. Página visitada em 15 abr. 2013.
  48. Centro de Especialidades Médicas de Sobral Prefeitura de Sobral. Página visitada em 15 abr. 2013.
  49. Centro de Especialidades Odontológicas de Sobral Prefeitura de Sobral. Página visitada em 15 abr. 2013.
  50. Página do DER. Página visitada em 01 de março de 2010.
  51. /index.htm Página do Ceará (2000). Página visitada em de fevereiro de 2010.
  52. CAcademia de Letras no Ceará Universia. Página visitada em 4 de fevereiro de 2009.
  53. Biblioteca Municipal Lustosa da Costa
  54. Palácio de Ciências e Línguas Estrangeiras
  55. Centro de Convenções de Sobral
  56. Festas tradicionais de Sobral Prefeitura Municipal. Página visitada em 28 abr. 2012.
  57. Conhecendo Sobral Derby Clube Sobralense O Povo (14 de agosto de 2004). Página visitada em 2 de favereiro de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

</noinclude>