Campos Sales (Ceará)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Campos Sales
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 29 de julho
Fundação 1899
Gentílico campos-salense
Prefeito(a) Moésio Loiola de Melo (PSD[1] )
(2013–2016)
Localização
Localização de Campos Sales
Localização de Campos Sales no Ceará
Campos Sales está localizado em: Brasil
Campos Sales
Localização de Campos Sales no Brasil
07° 04' 26" S 40° 22' 33" O07° 04' 26" S 40° 22' 33" O
Unidade federativa  Ceará
Mesorregião Sul Cearense IBGE/2008 [2]
Microrregião Chapada do Araripe IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Norte: Aiuaba, Leste: Antonina do Norte e Potengi, Sul: Salitre, Oeste: Fronteiras e Pio IX (ambos no estado do Piauí)
Distância até a capital 596 km
Características geográficas
Área 1 082,771 km² [3]
População 26 510 hab. IBGE/2010[4]
Densidade 24,48 hab./km²
Altitude 567 m
Clima Tropical quente semiárido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,655 médio PNUD/2000 [5]
PIB R$ 88 377,723 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 3 352,85 IBGE/2008[6]
Página oficial

Campos Sales é um município brasileiro do estado do Ceará. Está localizado na microrregião da Chapada do Araripe, mesorregião do Sul Cearense. Tem 26 270 habitantes (2003) e 1082,77 km².

Na cidade se encontra o túmulo de D.Bárbara Pereira de Alencar, revolucionária da Revolução Pernambucana de 1817 e da Confederação do Equador, mãe do político Tristão Gonçalves e avó do escritor José de Alencar.[7]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O topônimo Campos Sales é uma alusão do quarto presidente da República Federativa do Brasil, Manoel Ferraz de Campos Sales. Sua denominação original era Várzea das Vacas, depois Várzea da Vaca e Nova Roma (em homenagem à alguns imigrantes italianos que por lá viviam na época em que era vila) e desde 1933, Campos Sales.[7]

História[editar | editar código-fonte]

Nas terras localizada ao oeste da Chapada do Araripe, viviam várias etnias tais como os índios Kariri,[8] antes da chegada das entradas no interior brasileiro durante o século XVII.

Os integrantes das entradas, militares e religiosos, mantiveram os primeiros contatos com os nativos, estudaram todas a região dos Cariai, catequizaram os índigenas e os agruparam em aldeiamentos ou missões. Os resultados destes contatos e descobrimentos desencadeiaram notícias que na região tinha ouro em abundância e em seguida desencadeou-se uma verdadeira corrida para os sertões brasileiros, onde famílias oriundas de Portugal, sonhando com as riquezas de terras inexploradas e com a esperança de encontrar o minério, que as levariam a aumentar o seu patrimônio material, além de aumentar o seu prestigio pessoal com a corte portuguesa.

A busca do metal precioso trouxe para a região do Sertão do Cariri, a colonização e com consequência a doação de sesmarias, o que permitiu o surgimento de lugarejos e vilas.

Deste contexto surge Campos Sales, um núcleo urbano que cresce ao redor da fazenda Várzea das Vacas e que consolidou-se como centro comercial devido a sua proximindade com o Piauí.

Em 31 de Janeiro de 1991 por volta das 22:00 h, alguns agricultores presenciam a queda de um meteorito de categoria Contrito (L5) pesando 3,5 kg batizado de Campos Sales nas coodernadas: 7°02' S; 40°10' W nas proximiades do distrito de Calderão mais preciso na localidade de Poço Redondo cerca de 16 km da sede do Município. Esse fato, passa a ser de grande importância para a Astronomia e no campo da pesquisa de meteoritos extraterrenos que são registrados todos os anos. fonte: CAPO - Clube de Astronomia Pesquisa e Observação de Campos Sales [9]

Política[editar | editar código-fonte]

A administração municipal localiza-se na sede: Travessa Sul, 440, Centro, CEP:63150-000, Campos Sales-CE.

Subdivisão[editar | editar código-fonte]

O município é dividido em 6 distritos: Campos Sales(sede), Barão de Aquiraz, Carmelópolis, Itaguá, Poço de Pedra, Monte Castelo e Quixariú.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

Tropical quente semi-árido com pluviometria média de 650 mm [10] com chuvas concentradas de janeiro à abril.[11]

Hidrografia e recursos hídricos[editar | editar código-fonte]

As principais fontes de água são os riachos: Conceição, Bastiões e Negro; e açude Poço de Pedra.

Relevo e solos[editar | editar código-fonte]

Situado ao lado sul da Chapada do Araripe, possui dois tipos principais de solo: latossolo e sedimentar.As principais elevações são as serras Vermelha e Grande. Já a bacia sedimentar se caracteriza por formar aqüíferos, existem várias fontes de água espalhadas por toda a área da chapada.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

A vegetação é bastante diversificada, apresentando domínios de cerradão, caatinga e cerrado. Dentro de sua área existe a Floresta Nacional do Araripe.

Economia[editar | editar código-fonte]

Agricultura: algodão arbóreo e herbáceo, banana, mandioca, milho e feijão. Pecuária: bovino, suíno e avícola. Indústria: 21(uma de madeira, uma de material de transporte, quatro metalúrgicas, duas editorial e gráfica nas quais sendo; gráfica Neo Print impressão digital e EDJET Gráfica, uma química, seis do mobiliário, quatro de produtos alimentares, duas de produtos minerais não metálicos, e duas de vestuário, calçados e artigos de tecidos couro e peles).

Cultura[editar | editar código-fonte]

Os principais eventos culturais são as festas da padroeira, festival junino, Nossa Senhora da Penha e o aniversário do município de 26 a 29 de julho.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Prefeitos eleitos no Ceará. Página visitada em 05/01/2013.
  2. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  7. a b http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/ceara/campossales.pdf
  8. Sebok. Lou, Atlases published in the Netherlands in the rare atlas collection. Compiled and edited by Lou Seboek. National Map Collection (Canada), Ott
  9. astronomiacampossales.blogspot.com
  10. Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos - FUNCEME.
  11. Instituto nacional de Pesquisa espacial - INPE.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Ceará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.