Pedra Branca (Ceará)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Pedra Branca
PedraBranca.jpg

Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 9 de agosto de 1871 (143 anos)
Gentílico pedrabranquense
Lema Unidos Sempre
Prefeito(a) Pedro Vieira Filho (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Pedra Branca
Localização de Pedra Branca no Ceará
Pedra Branca está localizado em: Brasil
Pedra Branca
Localização de Pedra Branca no Brasil
05° 27' 14" S 39° 43' 01" O05° 27' 14" S 39° 43' 01" O
Unidade federativa  Ceará
Mesorregião Sertões Cearenses IBGE/2008 [1]
Microrregião Sertão de Senador Pompeu IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Norte: Boa Viagem e Quixeramobim, Leste: Senador Pompeu, Sul: Mombaça, Oeste: Independência e Tauá.
Distância até a capital 261,6 km
Características geográficas
Área 1 303,273 km² [2]
População 41 942 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 32,18 hab./km²
Altitude 500 m
Clima tropical semiárido brando
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,605 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 134 843,241 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 206,35 IBGE/2008[5]
Página oficial

Pedra Branca é um município brasileiro do estado do Ceará. Situa-se na microrregião do Sertão de Senador Pompeu, mesorregião dos Sertões Cearenses. O município tem cerca de 40 mil habitantes [6] e 1290 km². Foi criado em {09 de agosto de 1871 - Lei nº 1409}.

Resumo da História Completa[editar | editar código-fonte]

Em 1871, o distrito de Pedra Branca, se emancipa do município de Maria Pereira (atual Mombaça). Em 1931, Pedra Branca foi rebaixada, de município a simples povoado, no município de Senador Pompeu. Em 1933, se torna distrito novamente. Em 1935, é novamente elevado à categoria de vila, com dois distritos (Pedra Branca e Tróia). Em 1951 o povoado de Mineirolândia também se torna distrito de Pedra Branca. Em 1953 o povoado Riachão se torna distrito sob o nome de Riachão do Banabuiú. Em 1963 Mineirolândia se torna município, mas em 1965 volta a ser distrito, pois o mesmo não pôde ser instalado. Em 1990, o distrito Riachão do Banabuiú muda seu nome para Santa Cruz do Banabuiú.

Atualmente Pedra Branca tem 5 distritos:

  1. Mineirolândia
  2. Pedra Branca (distrito-sede)
  3. Santa Cruz do Banabuiú (Cruzeta)
  4. Tróia
  5. Capitão Mor

História[editar | editar código-fonte]

Colonizada por Judeus por volta de 1805 oriundos da Síria, Alemanha, Polônia e Líbano, ali chegaram as famílias Pereira, Souza, Carvalho e Oliveira, dentre outras. Destes países vieram cerca de 45 famílias judaicas entre 1805 e 1807.

No local conhecido por Tabuleiro da Peruca - havia uma pedra de tonalidade clara, forma e dimensões peculiares. Na primeira metade do século XIX, vaqueiros e viajantes das redondezas passaram a tomá-la como ponto de referência para seus encontros. Estes encontros em época remota, reunindo grupos relativamente pequenos, explicam a origem do nome do município de Pedra Branca.

Na região situada em torno do marco representado pela pedra alva foi fundado um povoado que rapidamente evoluiu populacionalmente a partir da construção da capela de São Sebastião.

No dia 20 de outubro de 1854, o povoado foi elevado à condição de distrito do município de Mombaça. No dia 9 de agosto de 1871 a Lei de Nº 1.407, define a criação de novo município com sede no território onde estava situado o povoado de Pedra Branca que a partir daquela data passa a ser qualificado como vila. Em 1931, entretanto, o município de Pedra Branca é extinto e passa a se tornar distrito de Senador Pompeu.

A divergência envolvendo o território pedrabranquense é finalmente resolvida no dia 3 de maio de 1935 que restaura, em definitivo, a autonomia política-administrativa de Pedra Branca.[7]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Relevo e solo[editar | editar código-fonte]

Possui um relevo bastante acidentado em praticamente todo o seu território.

Hidrografia e recursos hídricos[editar | editar código-fonte]

Cachoeira do Inferno, a cerca de cinco quilômetros da sede do município.

O município está totalmente inserido na sub-bacia hidrográfica do Rio Banabuiú, que também nasce na divisa de Pedra Branca com Boa Viagem.

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima é tropical semi-árido[8] com chuvas concentradas de fevereiro a abril. A média pluviométrica histórica do município é de 853,4 mm/ano. [9]

Vegetação[editar | editar código-fonte]

Floresta caducifólia espinhosa (Caatinga arbórea) na maior parte do território e floresta subcaducifólia topical pluvial (mata seca) nas regiões mais elevadas do centro do território municipal.[10]

Educação[editar | editar código-fonte]

Em 2012, o município ganhou destaque ao apresentar excelentes médias nas notas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) em sua rede de ensino, alcançado o índice 8,1 nas escolas de Ensino Infantil e Fundamental Cícero Barbosa Maciel e Sebastião Francisco Duarte. Este índice fez das duas instituições as mais bem avaliadas do Ceará, e permitiu alcança-las 12ª colocação entre as instituições públicas de ensino do Brasil.[11]

Economia[editar | editar código-fonte]

O município de Pedra Branca tem a maior parte da sua economia centrada no setor de serviços. Embora a taxa de urbanização seja de apenas 42,58% (ano de 2000), o setor primário responde apenas por 15,84 % da economia local (2005). As constantes secas e a falta de infraestrutura massiva de irrigação são as causas dessa defasagem econômica. As indústrias respondem por 12,71% e serviços por 71,45% do pib municipal (2005)[12] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Hino do município de Pedra Branca (Ceará)

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. http://www.ibge.gov.br/cidadesat/xtras/perfilwindowat.php?codmun=231050
  7. http://www.pedrabraca.ce.gov.br
  8. http://www2.ipece.ce.gov.br/atlas/capitulo1/12/126x.htm
  9. http://www.ceara.gov.br/index.php/municipios-cearenses/802-municipios-com-a-letra-p#munic-pio-pedra-branca
  10. http://www2.ipece.ce.gov.br/atlas/capitulo1/12/125x.htm
  11. Escolas campeãs do Ideb no Ceará ficam em zonas rurais e apostam na disciplina Portal iG - Educação.
  12. http://www.ceara.gov.br/index.php/municipios-cearenses/802-municipios-com-a-letra-p#munic-pio-pedra-branca

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Ceará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.