Jijoca de Jericoacoara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Jijoca de Jericoacoara
"Jeri"
Jericoacoara.jpg

Bandeira de Jijoca de Jericoacoara
Brasão de Jijoca de Jericoacoara
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 6 de março de 1991
Gentílico jijoquense
Prefeito(a) Francisco Lindomar Filomeno Oliveira (PSD[1] )
(2013–2016)
Localização
Localização de Jijoca de Jericoacoara
Localização de Jijoca de Jericoacoara no Ceará
Jijoca de Jericoacoara está localizado em: Brasil
Jijoca de Jericoacoara
Localização de Jijoca de Jericoacoara no Brasil
02° 47' 38" S 40° 30' 46" W02° 47' 38" S 40° 30' 46" W
Unidade federativa  Ceará
Mesorregião Noroeste Cearense IBGE/2008[2]
Microrregião Litoral de Camocim e Acaraú IBGE/2008[2]
Municípios limítrofes Oceano Atlântico; Sul: Bela Cruz; Leste: Cruz; Oeste: Camocim
Distância até a capital 287 km
Características geográficas
Área 201,858 km² [3]
População 17 002 hab. IBGE/2010[4]
Densidade 84,23 hab./km²
Altitude 22 m
Clima tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,652 médio PNUD/2010[5]
PIB R$ 80 391,000 mil IBGE/2010[6]
PIB per capita R$ 4 648,83 IBGE/2010[6]
Página oficial

Jijoca de Jericoacoara é o município mais setentrional do estado brasileiro do Ceará, que tem como atração natural principal a Praia de Jericoacoara.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Silveira Bueno traduz Jijoca como morada das rãs, do tupi ji: rã, jia; e oca: casa, e considera Jericoacoara como a toca das tartarugas, de yurucuá ou yuruqué: tartaruga; e quara ou coara: buraco, toca.[7]

História[editar | editar código-fonte]

Pormenor do mapa do costa do Ceará em 1629, de Albernaz I, com destaque para Jericoacoara.

A indicação de Jericoacoara no território e história do Ceará, vem bem antes da criação do distrito de Acaraú[8] ou da descoberta deste pelo turismo internacional em meados da década de 1970. Este já era indicado nas cartas geográficas do século XVII,,.[9] [10] [11]

Área conhecida como parte das terra dos índios Tremembé, foi local de instalação do vilarejo e forte de Nossa Senhora do Rosário, que serviu como base de apoio aos portugueses nas batalhas contra os franceses que ocupavam o Maranhão.[12]

Segundo conta o historiador Raimundo Girão, "Em 1614, depois de desembarcar no Iguape, município de Aquiraz, e de demorar-se no Ceará, Fortim de São Sebastião, de Soares Moreno, esteve Jerônimo de Albuquerque[13] na região de Jericoacoara, ali ergueu ao pé do serrote uma pequena fortaleza, com estacas de madeira - o Forte de Nossa Senhora do Rosário, tendo-se celebrado a 5 de Outubro do mesmo ano, festa em louvor a santa."

Continua Raimundo Girão: "No mesmo ano esse fortim fora atacado, no dia 18 de Julho pela gente de Du Prat, pirata francês, compondo a tripulação de uma nau porém é repelido heroicamente…". Esse Fortim a que se refere o historiador está localizado numa enseada, do antigo distrito de Acaraú, criado pela lei municipal nº 94, de Junho de 1923, denominado Jericoacoara.[14]

A enseada de Jericoacoara está naturalmente protegida por uma verdadeira "cordilheira de dunas", que dificultou por muito tempo o acesso de exploradores portugueses às suas imaculadas terras. Assim sendo, temos apenas notícias de visitas esporáticas realizadas por aventureiros, que vindos por mar com destino ao Maranhão ai estiveram a partir do século XVII e dos nativos.

No dia 16 de novembro de 1952 foi inaugurado o "Farol de Jericoacoara", localizado a 120 metros do nível do mar, no topo de um dos serrotes que delineiam a enseada, cuja construção foi dirigida pelo Capitão Jorge Leite da Silva.

Em 1984, o governo brasileiro, por ato de seu presidente, o General João Figueiredo, determinou área de Jericoacoara com sendo de Área de Proteção Ambiental.

Em 1991, por força da lei nº 11.796, Jijoca, distrito de Cruz, tornou-se município autônomo, anexado ao seu território a praia de Jericoacoara e passando a denominar-se Jijoca de Jericoacoara.[14]

Em 1998, a energia elétrica passou a ser provida por uma rede subterrânea, substituindo os geradores que iluminavam apenas alguns pontos da aldeia de Jericoacoara.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

Tropical quente semiárido com pluviometria média de 793 mm[15] com chuvas concentradas de janeiro à abril.[16]

Hidrografia e recursos hídricos[editar | editar código-fonte]

Além do oceano Atlântico, o município tem as seguintes fontes hidrográficas:

  • Riachos: Giriú, Doce, Córrego do Mourão, do Paraguai, de Dentro, dos Salvianos e da Forquilha
  • Lagoas: da Jijoca e das Pedras

Relevo[editar | editar código-fonte]

Uma das "10 mais" de acordo com o The Washington Post.
Cena de "Jeri", como também é conhecida.
Pedra Furada.

O terreno de Jijoca é quase todo plano, destacando-se como ponto culminante o serrote de Jericoacoara com 95 metros.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

A vegetação local é composta de floresta à retaguarda das dunas(gramíneas e ervas) e a vegetação de tabuleiros, com espécies da caatinga mescladas com espécies de mata serrana.[17]

Subdivisão[editar | editar código-fonte]

O município tem dois distritos: Jijioca (sede) e Jericoacora.

Aspectos Socioeconômicos[editar | editar código-fonte]

A maior concentração populacional encontra-se na zona litorânea. A sede do município dispõe de abastecimento de água, fornecimento de energia elétrica, serviço telefônico, agência de correios e telégrafos, serviço bancário, hospitais, hotéis e ensino de 1° e 2° graus.

A partir de Fortaleza o acesso ao município, pode ser feito por via terrestre através da rodovia Fortaleza/Sobral via a BR-222 e BR-402 até Umirim, Itapipoca, Amontada e Morrinhos. Em seguida por estradas secundárias CE-085 e CE-179, atinge-se cidade vizinhas, vilas, lugarejos, sítios e fazendas do município. As demais vilas, lugarejos, sítios e fazendas são acessíveis(com franco acesso durante todo o ano) através de estradas estaduais, asfaltadas ou carroçáveis.Página do DER. Página visitada em 24 de novembro de 2011.</ref>, [18] O acesso localidade de Jericoacoara é feito através de uma estrada arenosa.

A economia local, apresenta quadro socioeconômico empobrecido, castigado por fatores climáticos adversos. A população com maior concentração na zona litorânea. A sede do município dispõe de abastecimento de água (CAGECE), energia elétrica (COELCE), telefonia (TELECEARÁ), correios e telégrafos (ECT), ensino de 1º e 2º graus, hotéis e pousadas.[19]

A principal atividade econômica é o turismo e está centralizado na localidade Jericoacoara. Há agricultura de subsistência de feijão, milho, mandioca, algodão, castanha de caju e coco. Na pecuária extensiva cita-se criação de bovinos, suínos e aves. No extrativismo vegetal destacam-se extração de madeiras diversas para lenha e construção de cercas e atividades com oiticica e carnaúba. O artesanato de labirintos e bordados é desenvolvido no município. A pesca é praticada por barcos e jangadas, ao longo da faixa costeira, atendendo o mercador consumidor do próprio município, estados vizinhos e exterior.[20]

Turismo[editar | editar código-fonte]

O turismo em Jijoca de Jericoacoara, principal fonte de renda do município, é alimentado por diversos fatores: as belezas naturais, o aspecto selvagem e pitoresco de um lugar pouco tocado pela tecnologia além das condições propícias para o windsurf, o sandboard e o kitesurf.

Praia de Jericoacoara[editar | editar código-fonte]

Jericoacoara é uma praia cearense que fica, aproximadamente, a trezentos quilômetros da capital, Fortaleza. Até o ano de 1985, o lugar era apenas uma isolada aldeia de pescadores, escondida entre imensas e móveis dunas. Por volta dessa época o turismo foi descoberto.

Cavada entre enormes dunas e o mar, é um dos poucos lugares no Brasil onde é possível assistir ao sol nascer e se pôr no oceano, devido a sua localização peninsular. A duna mais próxima da vila é ritualisticamente ocupada pelos turistas para assistir ao pôr-do-sol, devido a sua grande altura e posição privilegiada frente ao mar. Ao redor da vila enormes dunas surgem e desaparecem com a constante ação do vento, popularizando o sandboard na região.

Jericoacoara conta com praias de enseada e mar calmo, de mar aberto e ondas grandes (quase propícias ao surfe) e praias rochosas. O windsurf encontra grande apelo nessas praias cuja maior extensão é de águas calmas e vento forte.

Por ter sido declarada uma Área de Proteção Ambiental (APA) e, desde 2002, transformada em PARNA (Parque Nacional), a construção de rodovias e estradas - bem como qualquer tipo de pavimentação - é proibida em Jericoacoara. O acesso à vila é limitado pelas dunas e normalmente feito por um veículo adequado. As companhias de turismo que fazem o transporte até a cidade utilizam um ônibus comum de Fortaleza até Jijoca, onde a estrada mais próxima termina, e então uma jardineira, veículo de grande porte com tração nas quatro rodas.

Em 1984 a Praia de Jericoacoara foi considerada uma das dez praias mais bonitas do mundo pela Washington Post Magazine, do jornal americano Washington Post.[21]

Em 1997 A Praia de Jericoacoara foi cenário do filme A Ostra e o Vento, dirigido por Walter Lima Jr.

Em 1998 a energia elétrica passou a ser provida por uma rede subterrânea, substituindo os geradores que iluminavam apenas alguns pontos da aldeia.

Pedra Furada[editar | editar código-fonte]

A Pedra Furada, uma das maiores atrações da vila de Jericoacoara, é uma rocha de cerca de cinco metros de altura com um grande buraco esculpido pela ação da natureza. No mês de julho, é possível assistir ao sol se pondo "dentro" do buraco da pedra.

Lagoa de Jijoca[editar | editar código-fonte]

Formada pelo barramento das águas dos Córregos do Paraguai e do Mourão, que acontece devido da migração de dunas móveis na planície costeira, é a fonte de renda para muitos moradores e uma atração natural bem visitada.

Cultura[editar | editar código-fonte]

O principal evento cultural:

  • Festa de Santa Luzia (13 de dezembro)

Referências

  1. Prefeitos eleitos no Ceará. Página visitada em 05/01/2013.
  2. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking IDH-M Ceará. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 09 de setembro de 2013.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 09 set. 2013.
  7. Página 118
  8. [1]
  9. [2]
  10. [3]
  11. [4]
  12. [5]
  13. [6]
  14. a b http://www.jijocadejericoacoara.ce.gov.br/
  15. Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos - FUNCEME.
  16. Instituto nacional de Pesquisa espacial - INPE.
  17. [7]
  18. Departamento de Edificações e Rodovias
  19. /index.htm Página do Ceará (2000). Página visitada em 24 de novembro de 2011.
  20. /index.htm Página do Ceará (2000). Página visitada em 24 de novembro de 2011.
  21. http://www.jericoacoara.com/j1/pages/english/place/history.php

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jijoca de Jericoacoara