Milhã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Milhã
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 5 de fevereiro
Fundação 5 de fevereiro de 1985
Gentílico milhãense
Prefeito(a) Otacílio José Pinheiro Macedo (PP)
(2013–2016)
Localização
Localização de Milhã
Localização de Milhã no Ceará
Milhã está localizado em: Brasil
Milhã
Localização de Milhã no Brasil
05° 40' 30" S 39° 11' 38" O05° 40' 30" S 39° 11' 38" O
Unidade federativa  Ceará
Mesorregião Sertões Cearenses IBGE/2008 [1]
Microrregião Sertão de Senador Pompeu IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Norte: Quixeramobim e Banabuiú, Leste: Solonópole, Sul: Deputado Irapuan Pinheiro, Oeste: Senador Pompeu.
Distância até a capital 301 km
Características geográficas
Área 502,036 km² [2]
População 13 078 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 26,05 hab./km²
Clima Semi-árido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,632 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 53 615,165 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 649,52 IBGE/2008[5]
Página oficial

Milhã é um município brasileiro do estado do Ceará. Sua população estimada em 2008 era de 14.691 habitantes. Vias de Acesso à Capital: BR 116, BR 226, CE 371, CE 138.

Toponímia[editar | editar código-fonte]

Milhã é um nome de uma gramínea existente na região. Hoje é conhecida como terra do leite.

Formação Administrativa[editar | editar código-fonte]

Em 1935 Milhã tornou-se distrito do município Cachoeira, e em 1943 Cachoeira mudou o nome para Solonópole. Em 1959 Milhã se emancipou de Solonópole, e anexou o distrito de Carnaubinha. Em 1965 Milhã é rebaixada a distrito de Solonópole. Em 1985 Milhã se emancipa novamente de Solonópole, e novamente anexou o distrito de Carnaubinha. Em 1987 foi criado o que seria o segundo distrito de Milhã: Monte Grave. Em 2002 foram criados mais 3 distritos: Baixa Verde, Barra e Ipueira.[6]

Atualmente Milhã possui 6 distritos:

  1. Baixa Verde
  2. Barra
  3. Carnaubinha
  4. Ipueira
  5. Milhã (distrito-sede)
  6. Monte Grave


História[editar | editar código-fonte]

Suas origens são recentes, como distrito desmembrado de Solonópole e situado à margem direita do rio Capitão Mor. A povoação, formada por pequenos agricultores, comerciantes e criadores de espécies diversas, data do início do Século XX.

Evolução Política[editar | editar código-fonte]

A elevação do povoado à categoria de Distrito provém do Decreto nº 1.540, de 3 de maio de 1935, e a Município conforme Lei nº 4.448, de 3 de janeiro de 1959. Suprimido, conforme Lei nº 8.339, de 14 de dezembro de 1975 e restaurado na forma da Lei nº 11.011, de 5 de fevereiro de 1985, com modificações introduzidas segundo Lei nº 11.169/86.

Pela lei estadual nº 11.315, de 15 de maio de 1987, é criado o distrito de Monte Grave e anexado ao município de Milhã.

Assim permanecendo a divisão territorial datada de 1988, o município de Milhã, constituido de 3 distritos: Milhã, Carnaubinha e Monte Grave.

Pela lei municipal nº 012, de 16 de dezembro de 2002, foram criados mais três distritos: Baixa Verde, Barra e Ipueira.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2003, o município de Milhã, constituido de 6 distritos: Milhã, Baixa Verde, Barra, Carnaubinha, Ipueira e Monte Grave

Igreja[editar | editar código-fonte]

As primeiras manifestações de apoio eclesial provêm da edificação da capela, dedicada à Nossa Senhora da Conceição e a ter como responsável Bernardino Ferreira de Sousa. Os atos inaugurais datam de 19 de novembro de 1911, quando de sua conclusão, tendo como seu primeiro vigário o padre Elmas Feliciano Moreira, nomeado a 15 de fevereiro de 1957, conforme ato expedido pelo Arcebispo de Fortaleza, D. Antônio de Almeida Lustosa.

Saúde[editar | editar código-fonte]

Até 2012, Milhã dispunha dos seguintes postos de saúde: Posto de Saúde de Barra, Posto de Saúde de Carnaúbinha, Posto de Saúde de Milhã, Posto de Saúde de Grossas, Posto de Saúde de João Leopoldo Landim, Posto de Saúde de Águas Boas, Posto de Saúde de Riacho Verde, Posto de Saúde de Barra do Juazeiro, Posto de Saúde de Fortaleza, Posto de Saúde de Belo Monte, Posto de Saúde de São Paulo e Hospital de Milhã.

Economia[editar | editar código-fonte]

Agrícola, agropecuária.

Eventos[editar | editar código-fonte]

  • Festival de Quadrilhas com a participação de quadrilhas de todo o município e cidades vizinhas. Evento realizado nas proximidades do mercado público.
  • Festa da Padroeira Nossa Senhora da Conceição - 8 de dezembro
  • Semana do Município - com diversas atrações - 5 de fevereiro

Acidentes geográficos[editar | editar código-fonte]

  • Riacho Jenipapeiro
  • Açude do Capitão Valentim e das Traíras
  • Açude Novo

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. http://www.ibge.gov.br/cidadesat/painel/painel.php?codmun=230835&search=ceara%7Cmilha

Informações sobre a igreja da cidade.

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Ceará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.