Itarema

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Itarema
"Pedra Cheirosa"
Bandeira desconhecida
Brasão de Itarema
Bandeira desconhecida Brasão
Hino
Aniversário 5 de fevereiro
Fundação 1985
Gentílico itaremense
Prefeito(a) Benedito Monteiro dos Santos Filho (PV)
(2013–2016)
Localização
Localização de Itarema
Localização de Itarema no Ceará
Itarema está localizado em: Brasil
Itarema
Localização de Itarema no Brasil
02° 55' 12" S 39° 54' 54" O02° 55' 12" S 39° 54' 54" O
Unidade federativa  Ceará
Mesorregião Noroeste Cearense IBGE/2008[1]
Microrregião Litoral de Camocim e Acaraú IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Norte: Oceano Atlântico, Leste: Amontada, Sul: Acaraú Oeste: Acaraú
Distância até a capital 204 km
Características geográficas
Área 720,668 km² [2]
População 37 471 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 51,99 hab./km²
Clima Tropical atlântico As
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,601 médio PNUD/2000[4]
PIB R$ 171 793,481 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 4 773,63 IBGE/2008[5]
Página oficial

Itarema é um município brasileiro do estado do Ceará. Sua população, segundo censo do IBGE de 2010, é de 37.471 habitantes.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O topônimo Itarema é uma alusão ao nome dado pelos índios por causa de uma pedra com forma de obelisco em alto mar que só era visível em maré baixa. Este vem do tupi-guarani ita (pedra), rema (cheiro agradável) e significa pedra de cheiro agradável ou pedra cheirosa. Sua denominação original era Tanque do Meio e, desde 1937, Itarema.[6] [7]

História[editar | editar código-fonte]

Mapa do costa do Ceará em 1629.

As terras às margens do rio Aracatiaçu eram habitadas pelos índiosTremembé,[8] [9] antes da chegada das entradas de franceses e portugueses, bem como das missões religiosas portugueses que tinham como intuito a catequização dos indígenas.

Desta missões e seus remanejamentos dos índígenas surgiu a povoação, que no mapa PLANO DA COSTA DO BRASIL DESDE O CEARÁ ATÉ A ILHA DE S. JOÃO – Feito por José Patrício de Souza, em 1790[10] , está indicada como Aldeia do Caju.

Os padres que dirigiam a missão eram da ordem de São Pedro, que com a expulsão dos jesuítas em 1759, por ordens do Marquês do Pombal, os padres da ordem de São Pedro e uma parte dos Tremembé deslocaram os índios para o Soure e poucos anos depois devido a não adaptação os índios retornam a vila.

No ano de 1870, uma nova capela foi construída, esta dedicada à Nossa Senhora dos Navegantes e entre 1908/1909 esta foi foi reconstruída como Igreja-Matriz de Nossa Senhora de Fátima. O seu primeiro pároco foi o padre Antônio Thomaz[7] .

Geografia[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

Tropical Atlântico com pluviometria média de 1.157,8 mm[11] com chuvas concentradas de janeiro à maio.[12]

Hidrografia e recursos hídricos[editar | editar código-fonte]

As principais fontes de água fazem parte da bacia do Litoral, sendo eles os córregos Grande, da Volta e Mineiro e outros tantos. Existem ainda diversos áreas de drenagem do rio Aracatimirim.[13]

Relevo e solos[editar | editar código-fonte]

A predominância de tabuleiros, dunas móveis sem grande elevações[13] .[14]

Vegetação[editar | editar código-fonte]

As vegetações predominantes são gramíneas, ervas e floresta, caatinga, mata serrana, mata ciliares e mangue.[13] .

Subdivisão[editar | editar código-fonte]

O município é dividido em três distritos: Itarema (sede), Almofala e Carvoeiro[6] .

Bairros[editar | editar código-fonte]

Itarema tem 6 bairros.

  • Centro
  • Riacho
  • Lagoa Seca
  • Gargoê
  • São Vicente
  • Lagamar (Várzea)
  • Farol do Itapajé
  • Guagirú
  • Corrégo Grande

Economia[editar | editar código-fonte]

Monteiro Pescados,uma das principais indústrias de Itarema

A economia local é baseada na agricultura, com a produção de Algodão arbóreo e herbáceo, caju, mandioca, milho e feijão. E na aquicultura, com destaque para peixe, camarão e lagosta, estes são exportados em grande escala para outros continentes como o europeu e asiático, e para a América do norte. Ainda existem três fábricas, duas de produtos alimentares, uma de bebida veja elas:

  • Monteiro Pescados
  • Monteiro Cocos
  • Caju Coco
  • Du Coco

Também se destaca no comércio varejista com supermercados, farmácias, depósitos de construção, lojas de roupas, boutiques, frigoríficos, lojas de móveis e eletrodomésticos e eletrônicos, mercadinhos, mercearias, padarias, lojas de variedades, lanchonetes e restaurantes. Nos serviços com salões de beleza, locadoras, oficinas mecânicas, academias, borracharias, técnicos em eletrônicos, vendedores ambulantes, costureiras, botecos e barzinhos. O artesanato, também é uma outra fonte de renda,à confecção de bijuterias ,de redes e bordados é bastante difundido no município.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Praia de Almofala
Praia da Barra - Ilha do Guajirú

Itarema se destaca no turismo pelas suas belas praias,portos,mangues,praças e a unidade do PROJETO TAMAR. Veja os principais pontos turísticos:

  • Praia do Farol
  • Farol de Itapajé
  • Praia do Guajirú
  • Praia da Barra
  • Ilha do Guajirú (Composta por 4 praias (Praia do Farol,Praia do Guajirú,Praia da Barra e Praia das Dunas)
  • Praia do Porto
  • Praia da Tijuca
  • Praia de Almofala
  • Praia dos Torrões
  • Enseada dos Patos
  • Igreja de Almofala
  • Igreja Matriz de Itarema
  • Centro Administrativo José Maria Monteiro
  • Praça Pedra Cheirosa
  • Córrego da Volta
  • Córrego do Arroz
  • Volta do Rio
  • Lagamar de Itarema
  • Museu Vicente de Paula Rios
  • Praça João Batista Rios
  • Mercado Público
  • Praça dos Feirantes
  • Praça da Matriz
  • Praça Pedro Penha
  • Porto dos Barcos
  • Porto dos Torrões
  • Praça dos Desportistas
  • Ginásio de Esportes João Damasceno Rios
  • Estádio Municipal
  • Mangue da Ilha
  • Manguezais do Porto dos Barcos
  • Rio Aracati-Mirim
  • Praça da Bandeira
  • Câmara dos Vereadores

Transportes[editar | editar código-fonte]

Ruas e Avenidas[editar | editar código-fonte]

Itarema possui diversas ruas e avenidas veja as principais vias da cidade

  • Avenida João Batista Rios
  • Avenida Manoel Sales
  • Avenida Rios
  • Avenida Senador Virgílio Távora
  • Avenida do Lagamar
  • Avenido Orlando Ferreira Gomes
  • Rua Afonso Fontes
  • Rua José Fernandes de Sousa
  • Rua João Luis
  • Rua Mundico Ribeiro
  • Rua Manoel Teófilo da Guia
  • Rua João Amâncio
  • Rua 5 de Fevereiro
  • Rua Nova
  • Conjunto Stênio Rios
  • Rua Mestre Pedro Leão

Esportes[editar | editar código-fonte]

O lazer cotidiano de muitos itaremense é a caminhada ou cooper ao amanhecer ou ao entardecer nas diversas praças e nos calçadões do Lagamar e do Riacho. As academias de musculação e ginástica também são numerosas. O esporte mais popular na cidade, assim como no resto do Brasil, é o Futebol.O Estádio Dedezão sedia os jogos do principais times de Itarema o Vitória de Itarema,Almofala e o Itarema. A cidade também possui o Ginásio de Esportes João Damasceno Rios.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Os principais eventos culturais são:

  • Festa da Padroeira Nossa Senhora de Fátima (12 e 13 de outubro),
  • Aniversário do Município (5 de fevereiro),
  • Carnaval (fevereiro),
  • Festival de Quadrilhas (último final de semana de junho),
  • Torém, festa indígena da safra do Caju, outubro/novembro,
  • Festival da Cultura do Município (2ª quinzena de outubro),
  • Festa do Coco (2ª quinzena de janeiro).

Política[editar | editar código-fonte]

A administração municipal localiza-se no Moderno Centro Administrativo José Maria Monteiro,Itarema ao logo de sua história teve 5 prefeitos alguns com mais de 1 mandatos.Veja abaixo [6] .

  • José Stênio Rios (Dedé Rios)
  • José Maria Monteiro
  • José Edson Rios (Zequinha Rios)
  • Marcos Robério Ribeiro Monteiro (Robério Monteiro)
  • Benedito Monteiro dos Santos Filho (Binú Monteiro)

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. a b c http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/ceara/.pdf
  7. a b A República, Jornal do Ceará, Fortaleza - Ceará, 9 de novembro de 1898 - artigo microfilmado - Biblioteca Menezes Pimentel
  8. Sebok. Lou, Atlases published in the Netherlands in the rare atlas collection. Compiled and edited by Lou Seboek. National Map Collection (Canada), Ottawa. 1974
  9. Aragão, R. B, Índios do Ceará e Topônimios Indígenas, Fortaleza, Barraca do Escritor Cearense. 1994
  10. PLANO DA COSTA DO BRASIL DESDE O CEARÁ ATÉ A ILHA DE S. JOÃO – Feito por José Patrício de Souza, em 179. Acervo do Arquivo Histórico do Exército - Rio de Janeiro. Registro. 02.04.371
  11. Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos - FUNCEME.
  12. Instituto nacional de Pesquisa espacial - INPE.
  13. a b c http://www.cprm.gov.br/
  14. SIRH/Ce - Sistema de Informações dos Recursos Hídricos do Ceará. Página visitada em 2 de Abril de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]