Barro (Ceará)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Barro
Vista panorâmica de Barro a partir da BR-116.

Vista panorâmica de Barro a partir da BR-116.
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 22 de novembro de 1951 (62 anos)
Gentílico barrense
Prefeito(a) Francisco Luiz Tavares de Araújo (PDT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Barro
Localização de Barro no Ceará
Barro está localizado em: Brasil
Barro
Localização de Barro no Brasil
07° 10' 37" S 38° 46' 55" O07° 10' 37" S 38° 46' 55" O
Unidade federativa  Ceará
Mesorregião Sul Cearense IBGE/2008 [1]
Microrregião Barro IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Norte: Aurora; Sul: Mauriti; Leste; estado da Paraíba; Oeste –Milagres.
Distância até a capital 524 km
Características geográficas
Área 709,655 km² [2]
População 21 556 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 30,38 hab./km²
Clima Semiárido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,658 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 73 380,915 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 424,37 IBGE/2008[5]
Página oficial

Barro é um município brasileiro do estado do Ceará, localizado na Microrregião de Barro, mesorregião do Sul Cearense. Era distrito do município de Milagres. É cortado pela BR-116, uma das mais importantes do Brasil. Segundo o IBGE, em 2009 sua população era estimada em 21.556 habitantes.

Etmologia[editar | editar código-fonte]

O topônimo Barro é uma alusão ao riacho e a fazenda Barro. Sua denominação original é Barro, sem modificações no decorrer dos tempos[6] .

História[editar | editar código-fonte]

As terras localizada entre às margens do riacho do Cumbe e o rio das Cuncas, eram habitadas pelos índios Kariri[7] , antes da chegada das entradas no interior brasileiro durante o século XVII. Os integrantes das entradas, militares e religiosos, mantiveram os primeiros contatos com os nativos, estudaram todas as regiões do Cariri, catequizaram os indígenas e os ajuntaram em aldeamentos ou missões. Os resultados destes contatos e descobrimentos desencadearam notícias que na região tinha ouro em abundância e em seguida desencadeou-se uma verdadeira corrida para os sertões brasileiros, onde famílias oriundas de Portugal, sonhando com as riquezas de terras inexploradas e com a esperança de encontrar o minério, que as levariam a aumentar o seu patrimônio material, além de aumentar o seu prestigio pessoal com a corte portuguesa. A busca do metal precioso, nas ribanceiras do Rio Salgado, trouxe para a região do Sertão do Cariri, a colonização e com consequência a doação de sesmarias, o que permitiu o surgimento de lugarejos e vilas. Deste contexto surge Barro, um núcleo urbano que cresce ao redor da fazenda Barro, que na época do cangaço desempenha um papel importante[8] .

Política[editar | editar código-fonte]

A administração municipal localiza-se na sede: Barro.

Subdivisão[editar | editar código-fonte]

O município tem 8 distritos: Barro (sede), Brejinho, Cuncas, Engenho Velho, Iara, Monte Alegre, Santo Antônio e Serrota.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

Tropical quente semi-árido com pluviometria média de 907,4 mm [9] com chuvas concentradas de janeiro à abril[10] .

Hidrografia e recursos hídricos[editar | editar código-fonte]

O município é bem dotado de recursos hídricos de rios (Cuncas) e riachos (dos Antas, dos Cavalos, Cumbe e outros), desaguam no Rio Salgado. No vale do Rio das Cuncas, localiza-se o maior reservatório de água o Açude Prazeres, com capacidade de 32,000,000 m³.

Relevo e solos[editar | editar código-fonte]

Situado ao lado sulóeste da Chapada do Araripe, possui dois tipos principais de solo: latossolo e sedimentar.As principais elevações são: serras: Serra do Araripe. Já a bacia sedimentar se caracteriza por formar aqüíferos, existem várias fontes de água espalhadas por toda a área da chapada. Suas principais elevações são o serrote Cachimbo e serra de São Gonçalo.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

A vegetação é bastante diversificada, apresentando domínios de cerradão, caatinga e cerrado.

Economia[editar | editar código-fonte]

Sua renda está voltada para a agricultura, principalmente para o cultivo do milho, feijão, algodão e frutas tropicais. Pecuária e ainda 12 indústrias: uma de perfumaria, sabão e vela, uma de vestuário, calçados e artigos de tecidos, peles e couro, uma têxtil, duas de madeira, uma de produtos minerais não metálicos, uma de química, uma metalúrgica, uma de produtos alimentares e uma de serviços de construção. O turismo religioso está em crescente na cidade. Com a criação do Santuário da Divina Misericórdia, em 07 de abril de 2013, com a presença de mais de 6 mil fiéis de diferentes estados, o município entra de vez no roteiro turístico religioso brasileiro.

Cultura[editar | editar código-fonte]

O principal evento cultural é festa do padroeiro Santo Antônio (13.06); Carnaval de rua; Vaquejada e Semana do Município.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/ceara/barro.pdf
  7. Sebok. Lou, Atlases published in the Netherlands in the rare atlas collection. Compiled and edited by Lou Seboek. National Map Collection (Canada), Ott
  8. http://www.ceara.com.br/m/barro/index.htm
  9. Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos - FUNCEME.
  10. Instituto nacional de Pesquisa espacial - INPE.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Ceará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.