Trairi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Trairí
Bandeira de Trairí
Brasão de Trairí
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 22 de novembro
Fundação 1951
Gentílico trairiense
Prefeito(a) Francisco José Ferreira Noronha (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Trairí
Localização de Trairí no Ceará
Trairí está localizado em: Brasil
Trairí
Localização de Trairí no Brasil
03° 16' 40" S 39° 16' 08" O03° 16' 40" S 39° 16' 08" O
Unidade federativa  Ceará
Mesorregião Norte Cearense IBGE/2008 [1]
Microrregião Itapipoca IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Norte: Oceano Atlântico, Leste: Paraipaba, Sul: São Gonçalo do Amarante, São Luís do Curu, Tururu e Umirim, Oeste: Itapipoca.
Distância até a capital 124 km
Características geográficas
Área 924,555 km² [2]
População 51 432 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 55,63 hab./km²
Clima Tropical atlântico As
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,632 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 224 172,479 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 4 413,89 IBGE/2008[5]
Página oficial

Trairi é um município do estado brasileiro do Ceará.

História[editar | editar código-fonte]

Segundo a historiadora Maria Pia de Sales, Trairi nasceu como aldeia em 1608, com a chegada dos Pitiguaras às margens do rio Trairi. Entre o século XVI e a metade do século XVII, ainda se encontrava nesta mesma situação. No final doséculo XVII, começaram a chegar portugueses que se estabeleceram, constituindo famílias. A ocupação se intensifica no município em meados do século XVIII, quando os colonos Nicolau Tolentino, Marinheiro Cunha, Manuel Barbosa, Xavier de Sousa, João Verônica e Antônio Barros de Sousa estabeleceram fazendas na região. O povoado é elevado a categoria de Vila e posteriormente a Município. A sua evolução política é marcada por uma trajetória repleta de instabilidades, sendo alvo de constantes alterações, onde, após ter chegado à condição de município, em novembro de 1863, tem essa condição suprimida e restaurada em várias ocasiões, vindo a ser restaurado definitivamente somente em 22 de novembro de 1951 e instalado em 25 de março de 1955 com o desmembramento do município de Paracuru.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localização[editar | editar código-fonte]

Trairi situa-se no centro-norte do Estado do Ceará, localizando-se entre os meridianos de 39°31´37´´ e 39°09´02´´ de longitude a oeste de Greenwich e os paralelos de 03°10´10´´ e 03°35´57´´ de latitude sul. Ocupa uma área de aproximadamente 924,56 km², que corresponde a 0,62% do território do Estado. Possui 48 km de extensão linear na direção norte-sul e 41 km na direção leste-oeste. À distância angular na direção norte-sul é de 25´40´´ e na direção leste-oeste é de 22´57´´. Limita-se ao norte, com o município de Itapipoca e o oceano Atlântico, ao sul com o Município de São Luis do Curu, a sudeste, com o município de São Gonçalo do Amarante, a sudoeste, com o município de Tururu, a oeste, com o município de Itapipoca e a leste com município de Paraipaba. Está inserido na Microrregião de Itapipoca, segundo o IBGE, que dividiu o estado em 33 Microrregiões Geográficas. De acordo com Divisão Político-Administrativa do Estado do Ceará, que estabeleceu 20 Áreas Administrativas, situa-se na Região 2 que tem como sede o município de Itapipoca. A divisão territorial do município compreende 05 distritos: a Sede, o distrito de Mundaú, o distrito de Canaã,o distrito de Corrego Fundo, o distrito de Flecheiras e o distrito de Gualdrapas. A sede municipal, pelo rio Trairi, situa-se a uma altitude media de 18m, localizando-se nas seguintes coordenadas geográficas: 3°16´40´´ de latitude sul e 39°16´08´´ de longitude a oeste de Greenwich. O principal acesso ao município é feito através da rodovia estruturante Costa do Sol Poente de apoio ao turismo, CE085, que o interliga à capital e aos municípios vizinhos de Itapipoca e Paraipaba. Situa-se na faixa litorânea do estado a oeste de Fortaleza, sendo formado por três, unidades géo-morfológicas: a planície litorânea, composta pela faixa de praia e um cordão de dunas em toda a extensão do litoral com uma largura média de 4 km, os glacis pré-litorâneos que representam a área de maior extensão e que abriga a base da economia agropecuária municipal, e a depressão sertaneja ao sul, oeste e sudeste onde verifica-se a presença de inselbergs com altitudes inferiores a 120m.

Clima[editar | editar código-fonte]

Tropical quente semi-árido brando[6] com chuvas concentradas de janeiro a abril[7] . A precipitação pluviométrica média na sede é de 1.589 mm. Por ser próximo da Linha do Equador oferece a menor amplitude térmica durante todo o ano, com a sua temperatura a variar dos 22 °C aos 32 °C. Isto faz dele um município bastante procurado tanto pelo turista europeu como pelo turista vindo do Sul do Brasil.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

Complexo vegetacional da zona litorânea, ou tabuleiros costeiros na maior parte do município e floresta perenefólia paludosa marítima, ou mangue, nas proximidades da foz do rio Mundaú.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Tem uma população de 50.790 habitantes.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Praias[editar | editar código-fonte]

Praia de Flecheiras

O grande atrativo são as piscinas naturais formadas pelos recifes na maré baixa. O visitante desfruta de boas pousadas à beira-mar e pode fazer uma longa e revigorante caminhada. A praia não oferece apenas a calma e tranquilidade aos visitantes. Quem procura diversão e agito também pode desfrutar de algumas opções oferecidas por Flexeiras. Bares, restaurantes e casas de show animam a noite. Festivais e campeonatos esportivos são realizados constantemente. O turista pode subir as dunas para apreciar o visual e visitar pequenas e grandes lagoas no meio do areal. Há também diversão, alegria, boas comidas e festas. Flexeiras ainda conta com um Reveillon incrível. Cada vez mais a festa vem crescendo ao gosto dos turistas e atraindo um público crescente. Uma festa linda em um lugar lindo!

Praia de Mundaú

Está a apenas 17 km do centro da cidade de Trairi. Ali, combinaram-se vários elementos, num encontro de rara beleza: o rio, o mar, as dunas e os coqueirais. Um passeio de barco pelo rio é uma boa maneira de conhecer as belezas do local. Quem preferir, pode passear de carro e contemplar de perto as lagoas e a vegetação que acompanha o litoral.

Praia de Guajiru

Praia a apenas 18 km do centro da cidade de Trairi, com acesso por estrada asfaltada de excelente qualidade. Tem dunas moveis de areias brancas com lagoas inter dunares e uma vasta faixa de areia emoldurada pelo coqueiral.Na mare baixa os turistas e nativos aproveitam um delicioso banho nas piscinas naturais. É ideal para o lazer de famílias, dispomos de 3 grandes hotéis e 7 pequenas pousadas com aproximadamente 230 leitos. O turista pode aproveitar para conhecer o trabalho dos artesãos de Guajiru, que inclui belas peças de decoração e artesanato usando algas marinhas, escamas de peixe e etc. Artes plásticas como pinturas em telas e esculturas em raízes de coqueiros. Esportes: Surf, Kitesurf, Stand up, Mergulho, Pesca, Futebol, Vôlei e etc. Calendário de festas: Bloco de Carnaval - Fevereiro/Março, Coroação - Maio, Festa da padroeira Nossa Sra. dos Navegantes - Agosto, Festival do Camurupim - Outubro, Regata - Dezembro, Réveillon - Dezembro.

Praia de Emboaca

Excelente praia a apenas 10 km do centro da cidade, com acesso por estrada asfaltada. Habitada na sua maioria por pescadores, conta com diversas pousadas.

Eventos[editar | editar código-fonte]

  • Vaquejada da Batalha (25 de novembro)
  • Vaquejada de Trairi (setembro)
  • Festa do Coco (dezembro)
  • Dia do município (22 de novembro)
  • Festa do Caju (outubro)
  • Festival das Algas - Flecheiras (julho)
  • Feira da Aliança - Flecheiras (outubro)
  • Festival do Camurupim (outubro)

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 de dezembro de 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  6. http://www2.ipece.ce.gov.br/atlas/capitulo1/12/126x.htm
  7. dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos - FUNCEME.

Emissoras de Televisão na cidade[editar | editar código-fonte]

TV Verdes Mares (Afiliada Rede Globo)- (Canal 7)
TV Cidade (Afiliada Rede Record) - (Canal 14)
TV Diário - (Canal 22)
Nordestv - (Afiliada SBT) - (Canal 03)
TV União - (Breve)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Ceará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.