Varjota

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Varjota
"Araras"
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
[[2]]
Aniversário 5 de fevereiro
Fundação 5 de fevereiro de 1985
Gentílico varjotense
Lema Varjota cidade de todos
Prefeito(a) Rosa Cândida de Oliveira Ximenes (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Varjota
Localização de Varjota no Ceará
Varjota está localizado em: Brasil
Varjota
Localização de Varjota no Brasil
04° 11' 38" S 40° 28' 37" O04° 11' 38" S 40° 28' 37" O
Unidade federativa  Ceará
Mesorregião Noroeste Cearense IBGE/2008[1]
Microrregião Ipu IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Cariré (N), Pires Ferreira (S), Santa Quitéria (L) e Reriutaba (O).[2]
Distância até a capital 297 km
Características geográficas
Área 179,397 km² [3]
População 17 593 hab. IBGE/2010[4]
Densidade 98,07 hab./km²
Altitude 183 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,611 médio PNUD/2000[5]
PIB R$ 107 639 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 6 091,00 (valores correntes 2 011) IBGE/2008[6]
Página oficial

Varjota é um município brasileiro do estado do Ceará. Localizado na Mesorregião do Noroeste Cearense e na Microrregião de Ipu.

História[editar | editar código-fonte]

A trajetória e a cronologia oficiais acerca do município de Varjota, desde a condição de vila (Século XIX) ligada ao município de Ipu até a emancipação politica de Reriutaba, são descritas na página do município no site do IBGE (http://cod.ibge.gov.br/233L6 ).

Desde os anos 70, o atual município de Varjota, conhecido anteriormente como Araras, então distrito de Reriutaba, já possuía os requisitos mínimos necessários para pleitear a sua emancipação política e territorial. No entanto, a costumeira ausência de forças políticas adiou o processo emancipatório que só veio a ocorrer depois do plebiscito realizado em todo o município de Reriutaba em 21 de abril de 1984,

A origem do povoamento do atual município deveu-se ao Padre Macário, da paróquia de Ipu. Nos primórdios, as principais famílias eram Bezerra, Martins, Melo e Araújo. Na história mais recente (após 1950), o grande impulso para o crescimento da população decorreu da construção da grande barragem que perenizaria o rio Acaraú e a consequente migração da população da Vila Varjota, que viria a ser inundada, para a "Piçarreira" (centro e sede do atual município), Inúmeros trabalhadores afluíram para atuarem na execução da obra. Ao final, muitos permaneceram e ampliaram o perfil das famílias do atual município.

São exemplos de alguns dos pioneiros que ajudaram no esforço de consolidação de Varjota como distrito (Araras) e como município:

  • Emiliano Ribeiro da Cunha - radialista e entusiasta do futebol local, foi o idealizador da estátua de São Cristóvão e projetou algumas ruas da cidade.
  • Raimundo Américo de Mendonça
  • Benjamim Pinto de Macedo (Tibeija)
  • Antonio Pires Ferreira (Gentil Pires)
  • Félix Ximenes Furtado
  • José Aureliano de Farias
  • Pedro Rodrigues de Melo
  • Joaquim Mendes Mesquita - um dos primeiros comerciantes da cidade.
  • Francisca Sales Mesquita (Dona Fransquinha) - Atuante líder comunitária do "Bairro da Caixa d´água"

Geografia[editar | editar código-fonte]

Situada na porção noroeste do Estado do Ceará, no bioma caatinga, o município de Varjota é conhecido na região pelo Açude Araras, que além de ser uma atração turística, especialmente por ocasião da "sangria" de suas águas, é fonte de riqueza para as cidades e povoados situados às suas margens, graças ao pescado, à agricultura irrigada e de vazante e ao suprimento de água potável. Oficialmente, o Açude de Araras é chamado de Açude Paulo Sarasate, sendo o quarto maior açude do Ceará, com uma bacia hidráulica com capacidade para 1 bilhão de metros cúbicos. É administrado pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS).

O município destaca-se na região por ter um comércio dinâmico e forte e, mais recentemente, por ser um pólo de fruticultura irrigada.

Segundo estimativas do IBGE, a população estimada pelo Censo Demográfico de 2010 é de 17.593 habitantes, com predomínio de jovens na faixa etária de 10 a 14 anos.

  • Área (% em relação ao estado): 0,18.
  • Distrito: Varjota (sede) e Croatá.
  • Acidentes geográficos: rio Acaraú, riachos da Farinha e São José.
  • Clima: quente do semiárido, com temperatura média sempre acima de 18 graus Celsius, com 7 a 9 meses de seca.
  • Pluviometria: a média anual é de 1.036mm.
  • Classe de solos predominante: luvissolo crômico (classificação Embrapa)
  • Distância da capital (Fortaleza) em linha reta: 219 km.
  • Distância por rodovia: 297 km.
  • Vias de acesso à capital Fortaleza: BR-020, CE-257, CE-366

Outras informações oficiais acerca da população, economia e outros temas estão disponíveis no site do IBGE, no portal dos municípios brasileiros: http://cod.ibge.gov.br/1CKM [3]

Cultura[editar | editar código-fonte]

Apesar de ser um município relativamente jovem, a cultura na cidade é bastante movimentada pela ação de grupos e pessoas que atuam em diferentes áreas. Há, ainda, inúmeras manifestações culturais típicas da região, tais como o reizado, a vaquejada, cordel, cassimirada, emboladores, além dos festejos religiosos .

Alguns dos grupos e pessoas com atuação em segmentos da cultura local:

  • Teatro (CIA Criando Arte e Grupo Entrando em Cena)
  • Quadrilha Junina (Grupo Luar do Sertão)
  • Música (Mestre Antonio Hortencio)
  • Literatura (Mailson Furtado e Gilmara Farias)
  • Capoeira (Grupo Alforria e Raça)

Os principais eventos culturais são:

  • Dia do município (5 de fevereiro),
  • Dia da padroeira Nossa Senhora de Sant'Ana (26 de julho)

Política[editar | editar código-fonte]

Prefeitos (sequência cronológica):

  • Antonio Pires Ferreira (Gentil Pires) - 1º prefeito PMDB
  • Gentil de Sousa Magalhães - 1º mandato PSD
  • Francisco de Assis Magalhães Ramos - PSDB
  • Antonio Pires Ferreira (Gentil Pires) - 2º mandato PMDB
  • Moacir Farias Martins - 7 meses PSDB
  • Elezion Camelo de Souza - 11 dias PMDB
  • Gentil de Sousa Magalhães - 2º mandato PPS
  • Gentil de Sousa Magalhães - 3º mandato PPS
  • Rosa Cândida de Oliveira Ximenes - 1º mandato PMDB
  • Rosa Cândida de Oliveira Ximenes - 2º mandato PMDB (atual)

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. [1]
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]