Sandboard

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um sandboarder em uma das dunas de Fortaleza, Ceará, Brasil.

Sandboard é um desporto que consiste em descer dunas de areia, com a utilização de uma espécie de prancha similar à prancha de snowboard, usada na neve.

Foi criado por volta do ano de 1986, em Florianópolis, Brasil. A idéia surgiu como uma alternativa para os surfistas nos dias em que o mar não estava bom para a prática do surfe.

No início, para descer pelas dunas eram utilizados pedaços de pranchas quebradas, de madeira e até papelão. Hoje em dia, o formato é bem parecido com o de uma prancha de snowboard e já existem materiais como a fibra de carbono, considerado o material mais avançado do mercado.

Nos últimos anos, o esporte tem tido um grande crescimento e vem atraindo cada vez mais um número maior de adeptos, principalmente após a veiculação de matérias na mídia. Atualmente, o esporte é praticado em vários países, como: Brasil, Argentina, Uruguai, Estados Unidos, Austrália e África.

O maior nome de todos os tempos deste esporte é o brasileiro Digiácomo Dias

Campeonatos[editar | editar código-fonte]

No sandboard existem quatro tipos de competições:[1]

  • Big Air: Nessa modalidade de saltos com manobras, o campeão é aquele que conseguir dar a manobra mais radical. Esta modalidade é a especialidade do brasileiro tricampeão mundial Digiácomo Dias.
  • Slope Style: Nessa modalidade, semelhante ao street do skate, vence aquele que se sair melhor no percurso com rampas e corrimões.
  • Boardercross: É uma corrida entre quatro atletas em um percurso com obstáculos, rampas e curvas fechadas. Vence aquele que chegar primeiro.
  • Slalom: É uma descida de velocidade, com o percurso marcado por bandeirinhas que devem ser contornadas.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Sandboard


Referências