São José do Barreiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município da Estância Turística de São José do Barreiro
Bandeira da Estância Turística de São José do Barreiro
Brasão da Estância Turística de São José do Barreiro
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 9 de março de 1859 (155 anos)
Gentílico barreirense
Prefeito(a) José Milton de Magalhães Serafim (PSDB)
(2009–2012)
Localização
Localização da Estância Turística de São José do Barreiro
Localização da Estância Turística de São José do Barreiro em São Paulo
Estância Turística de São José do Barreiro está localizado em: Brasil
Estância Turística de São José do Barreiro
Localização da Estância Turística de São José do Barreiro no Brasil
22° 38' 42" S 44° 34' 40" O22° 38' 42" S 44° 34' 40" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Vale do Paraíba Paulista IBGE/2008 [1]
Microrregião Bananal IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Resende (N), Arapeí e Bananal (L), Angra dos Reis (S), Cunha (SO) e Areias (NO).
Distância até a capital Não disponível
Características geográficas
Área 570,629 km² [2]
População 4 097 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 7,18 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,727 alto PNUD/2000 [4]
PIB R$ 31 143,825 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 6 981,36 IBGE/2008[5]
Página oficial

São José do Barreiro é um município no leste do estado de São Paulo, na microrregião de Bananal. A população estimada em 2003 era de 4.208 habitantes e a área é de 572 km², o que resulta numa densidade demográfica de 7,36 hab/km².

Estância turística[editar | editar código-fonte]

São José do Barreiro é um dos 29 municípios paulistas considerados estâncias turísticas pelo estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do estado para a promoção do turismo regional. Também, o município adquire o direito de agregar junto a seu nome o título de Estância Turística, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais.

História[editar | editar código-fonte]

Ainda no século XVIII, descendo a serra da Mantiqueira em direção ao porto da Mambucaba, o capitão Fortunato Pereira Leite e seu cunhado João Ferreira de Souza, com seus familiares e agregados vindos de Pouso Alto, se detiveram nas proximidades de um atoleiro de difícil passagem. Aí fundaram um arraial onde, em 1820, foi erguida uma capela dedicada a São José, passando o povoado a ser conhecido com São José do Barreiro, nome que conservou ao ser elevado à vila em 1859.

No município se abriram inúmeras fazendas para o plantio de café como a famosa Fazenda Pau D'Alho (não confundindo com a fazenda de mesmo nome situada em Campinas), o que trouxe grande desenvolvimento ao município, cujas casas e sobrados são hoje marcos da época em que o Município ocupou lugar importante na cafeicultura paulista.

Conhecida pela sua altura e beleza a cachoeira de Santo Izidro com 90 metros de altura, se localiza dentro do Parque Nacional da Serra da Bocaina, aproximadamente a uma hora do centro; outras famosas cachoeiras também se localizam dentro do parque, como a Cachoeira das Posses & a Cachoeira do Veado dentre inúmeras outras.

Serviu de cenário para os filmes :

  • A Árvore dos Sexos ( 1969 );
  • Bufo e Spallanzani ( 2001 ) & Heleno ( lançamento 2011 ).

As Novelas :

  • Ana Raio e Zé Trovão ( 1990/1991 );
  • A Idade da Loba ( 1995 ) & Desejos de Mulher ( 2002 ).

As Minisséries :

  • Ilha das Bruxas ( 1991 ) & Aquarela do Brasil ( 2000 ).

Além da Série :

  • Você Decide - O Escândalo ( 1998 ) .

São José do Barreiro é famosa pelas suas festas tradicionais voltada a toda família como a Festa de São José / mais conhecida como Festa de Julho , sempre no terceiro final de semana do mês ; por sua Micareta , sempre no segundo final de semana do mês de janeiro e pelo seu animado Carnaval , com blocos de rua todos os dias .

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]