Caraguatatuba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município da Estância Balneária de Caraguatatuba
"Caraguá"
Caraguatatuba panorama.JPG

Bandeira da Estância Balneária de Caraguatatuba
Brasão da Estância Balneária de Caraguatatuba
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 20 de abril de 1857 (157 anos)
Gentílico caraguatatubense
Lema DVC IN ALTVM
(traduzido do latim, significa: "Conduza para o Alto"[1] [2] )
Prefeito(a) Antônio Carlos (Partido da Social Democracia Brasileira)
(2013–2016)
Localização
Localização da Estância Balneária de Caraguatatuba
Localização da Estância Balneária de Caraguatatuba em São Paulo
Estância Balneária de Caraguatatuba está localizado em: Brasil
Estância Balneária de Caraguatatuba
Localização da Estância Balneária de Caraguatatuba no Brasil
23° 37' 12" S 45° 24' 46" O23° 37' 12" S 45° 24' 46" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Vale do Paraíba Paulista IBGE/2008[3]
Microrregião Caraguatatuba IBGE/2008[3]
Municípios limítrofes São Sebastião; Salesópolis; Paraibuna; Natividade da Serra; Ubatuba
Distância até a capital 178 km[4]
Características geográficas
Área 483,950 km² [5]
População 100 899 hab. Censo IBGE/2010[6]
Densidade 208,49 hab./km²
Altitude 2 m
Clima Subtropical úmido Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,759 alto PNUD/2010[7]
PIB R$ 919 085,818 mil IBGE/2008[8]
PIB per capita R$ 9 715,70 IBGE/2008[8]
Página oficial
Pedra do Jacaré
Praia Central

Caraguatatuba é um município situado na microrregião homônima, no estado de São Paulo, no Brasil. A população aferida na contagem de 2010 foi de 100 899 habitantes, distribuídos por uma área de 484 km², o que resulta numa densidade demográfica de 208,49 habitantes por quilômetro quadrado.

Estância balneária[editar | editar código-fonte]

Caraguatatuba é um dos quinze municípios paulistas considerados estâncias balneárias pelo Estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por lei estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. O município adquire, também, o direito de agregar, junto a seu nome, o título de "estância balneária", termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais.

Toponímia[editar | editar código-fonte]

"Caraguatatuba" é vocábulo tupi que, segundo Silveira Bueno, significa "lugar de muitos caraguatás", ou seja, "caraguatal", "caraguatazal". Do tupi caraguatá: caraguatá e tyba: abundância, grande quantidade, ajuntamento[9] . Segundo o Dicionário Silveira Bueno, caraguatá é "planta espinhosa que produz cachos de frutos amarelos extremamente ácidos".

História[editar | editar código-fonte]

Em março de 1967, o município foi atingido por uma tromba d'água. Fortes tempestades e deslizamentos de terra causaram 436 mortes,embora esse número deva ser superior à mil, já que inúmeras pessoas e famílias inteiras jamais foram encontradas. Na ocasião, cerca de 3 000 pessoas (33 por cento da população na época) perderam suas casas e familiares.[10] [11]

A partir de 2005 a cidade tem um aumento significativo nas férias de final de ano e um tanto quanto menor nas férias de meio do ano grande parte da economia é movimentada nessa época do ano pelo aumento do: Turismo (focando no Ecoturismo) , Hospedagem em Hotéis e pousadas e também pelo Comércio.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Caraguatatuba está localizada entre o Oceano Atlântico e a Serra do Mar, onde nascem os principais rios que deságuam nas praias e onde se situa o Parque Estadual da Serra do Mar.

Seus municípios limítrofes são: Natividade da Serra a norte, Ubatuba a nordeste, o Oceano Atlântico a sudeste (com a Ilha de São Sebastião a sul), São Sebastião a sul, Salesópolis a oeste e Paraibuna a noroeste.

Praias[editar | editar código-fonte]

As seguintes praias estão localizadas na Estância Balneária de Caraguatatuba: De norte para o sul

Na enseada de Caraguatatuba[editar | editar código-fonte]

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Como chegar[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://ucse.edu.ar/sede_sgo/Hermas/presentacion.htm
  2. http://sonhosdeumprofessor.blogspot.com/2010/11/duc-in-altum-texto-de-aluisio.html
  3. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  4. Distâncias entre a cidade de São Paulo e todas as cidades do interior paulista. Página visitada em 31 de janeiro de 2011.
  5. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  6. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  7. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 01 de agosto de 2013.
  8. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  9. http://www.fflch.usp.br/dlcv/tupi/vocabulario.htm
  10. Folha.com: Tragédia no Rio é o maior desastre natural em número de mortes no país - 13/01/2011. www1.folha.uol.com.br. Página visitada em 14 de janeiro de 2011.
  11. A Catástrofe de 1967. boicucanga.com.br. Página visitada em 14 de janeiro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikivoyage
O Wikivoyage possui o guia Caraguatatuba
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Caraguatatuba
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.