Barretos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Barretos
""A capital nacional do rodeio""
Barretos.jpg

Bandeira de Barretos
Brasão de Barretos
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 25 de agosto
Fundação 1854 (160 anos)
Gentílico barretense
Lema FRATES SUMUS OMNES
"Todos somos irmãos"
CEP 14780-000 até 14789-999
Prefeito(a) Guilherme Ávila (PSDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Barretos
Localização de Barretos em São Paulo
Barretos está localizado em: Brasil
Barretos
Localização de Barretos no Brasil
20° 33' 25" S 48° 34' 04" O20° 33' 25" S 48° 34' 04" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Ribeirão Preto IBGE/2008[1]
Microrregião Barretos IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Colômbia, Guaíra, Morro Agudo, Jaborandi, Colina Olímpia e Guaraci
Distância até a capital 421 km[2]
Características geográficas
Área 1,565 639 km2 km² [3]
População 118 521 hab. (SP: 61º) –  Censo IBGE/2014[4]
Densidade O numerador (dividendo) tem que ser um número! hab./km²
Altitude 630 m
Clima tropical de altitude Cwa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,789 alto PNUD/2010[5]
PIB R$ 1.549.168,937 mil {{{data_pib}}}
PIB per capita R$ 13,819,28 IBGE/2008
Página oficial

Barretos é um município brasileiro do estado de São Paulo na Mesorregião de Ribeirão Preto. Localiza-se a uma latitude 20°33'26" Sul e a uma longitude 48°34'04" Oeste, estando a uma altitude média de 630 metros. Sua população estimada em 2014 é de 118.521 habitantes, em uma área de 1.563,6 km². A cidade é nacionalmente conhecida no Brasil pela Festa do Peão de Barretos, a qual é considerada como o maior festival de rodeio e de música sertaneja do país.

História[editar | editar código-fonte]

Em 1831, Francisco Barreto e Simão Marques, juntamente com suas famílias, chegaram à região, apossando-se de grandes extensões de terras, onde organizaram suas fazendas (Fazendas Fortaleza, Monte Alegre e Posse Seca).

Em 1854, os descendentes destes pioneiros assinaram o título de doação de 82 alqueires ao "Divino Espírito Santo" e as primeiras casas de sapé começaram a surgir ao redor da capela erguida no local (Capela do Espírito Santo de Barretos).

Foi elevada à Freguesia, pela lei no. 42, de 16 de abril de 1847, e à Município, pela lei no. 22, de 10 de março de 1885. A lei no. 1021 de 6 de novembro de 1906, mudou o nome de Espírito Santo de Barretos para Barretos, já o decreto no. 98 de 26 de novembro de 1890 tinha criado a Comarca, simplesmente de Barretos.

Como município instalado a 31 de janeiro de 1890, foi criado com a freguesia de Espírito Santo de Barretos. Em 1909 foi inaugurada a estrada de ferro. Em dezembro do ano anterior entrava na estação a primeira locomotiva do trem de lastro.

O personagem "boiadeiro" sempre teve um papel importante no transporte de gado de uma região para outra, assim como na entrega de "bois gordos" aos frigoríficos da região e Festa do Peão de Boiadeiro.

Elevada a município em 10 de março de 1885.

O prefeito atual é Guilherme Henrique de Ávila, Fisioterapeuta.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Área[editar | editar código-fonte]

  • Total: 1.563.611 km²
  • Urbana: 161;km²
  • Rural: 1.402.611;km²

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Transporte[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura mínima registrada em Barretos foi de -2,2 ºC, ocorrida no dia 28 de junho de 2011. Já a máxima foi de 40,5 ºC, observada dia 31 de outubro de 2008. O maior acumulado de chuva registrado na cidade em 24 horas foi de 144,0 mm, em 18 de dezembro de 1995.[6]

A cidade possui uma média de temperatura no verão de 22,5°C,o inverno é brando,ocorre geadas leves em alguns dias do inverno,neve não é comum.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2010

População Total: 112.102

(Fonte: IPEADATA)
Dados do Censo - 2000
  • Composição étnica
Tipo físico Percentagem
Branca 78,1%
Negra 5,5%
Parda 15,7%
Amarela 0,6%
Indigena 0,1%

Fonte: Censo 2000

Economia[editar | editar código-fonte]

A agricultura, comércio e prestação de serviço são a base de sua economia, na indústria laticínios, confecções, borracha, calçados, curtume, cutelaria, sucos cítricos e artefatos em geral além dos frigoríficos JBS-Friboi, Minerva e Minerva (Dawn Farms), importantes na industrialização de carne tanto para o mercado interno quanto externo. A cultura da cana de açúcar já predomina com 44%, vem ganhando espaço do plantio de laranja 32%, soja 7%, pastagem 6%, a borracha embora não expressivo na produção, é destaque na produção estadual, justificado pela extensão do município.. Atualmente seis grandes usinas estão instaladas na região, são elas Guarani (Cruz Alta), Guarani (São José), Colorado, Guarani (Mandú), Louis Dreyfus Commodities (Continental) e destilaria Guaíra, se considerar um raio de 60 km outras importantes como Severina e Morro Agudo. Barretos ainda abriga dois distritos industriais onde estão instaladas empresas de pequeno e médio porte Barretos é sede da 13ª Região Administrativa do Estado, com 19 municípios, a norte do Estado de São Paulo, limita-se com o Município de Colômbia ao norte, ao sul com os Municípios de Colina, Jaborandi e Severínia, a leste com Guaíra e Morro Agudo e a oeste com os Municípios de Guaraci e Olímpia. Possui dois distritos, Alberto Moreira e Ibitú.

O Projeto do Parque Agrotecnológico de Barretos é uma iniciativa da Prefeitura Municipal de Barretos para contribuir no desenvolvimento de oportunidades de negócios e ganhos de competitividade do Agronegócio Brasileiro.

Atualmente a implantação do “AGROTECHPARK”, integrante do Sistema Paulista de Parques Tecnológicos, voltado às áreas de pesquisa e desenvolvimento no setor agropecuário, será fundamental no atrativo de investimentos e geração de novas empresas intensivas em conhecimento ou de base tecnológica que poderão ser beneficiadas por incentivos fiscais na forma da lei e regulamentação da secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, Lei de Inovação e lei Municipal de Incentivos Econômicos (Lei Complementar 84/2007).

Shopping Center[editar | editar código-fonte]

O North Shopping Barretos foi reformado no local do antigo Arena Shopping Barretos, possui cerca de sessenta lojas já inauguradas, 4 âncoras, e um ambiente tranquilo e aconchegante. Possui 3 salas de cinema, sendo 1 em 3D, menu variado na praça de alimentação, parque de diversões, estacionamento com 800 vagas, e conta também com boliche, choperia e novas lojas, aumentando cada vez mais seu mix de compras e produtos. Em seis meses de operação o empreendimento conquistou o publico da cidade e da região.[carece de fontes?]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Saúde[editar | editar código-fonte]

Hospital do Câncer de Barretos[editar | editar código-fonte]

Vista Aérea do Hospital do Cãncer de Barretos

O Hospital do Câncer de Barretos ou Fundação Pio XII atende pessoas com câncer de todo o Brasil. O hospital conta com doações dos artistas que fazem shows e têm a renda revertida em doações para o hospital. Hoje o hospital realiza em média 2800 atendimentos por dia, sendo que 100% dos atendimentos são via SUS[7] .

O hospital possui um novo centro de prevenção contra o câncer de mama com 2,5 mil metros quadrados que podem atender 11 mil mulheres por mês. O novo centro faz parte de um projeto maior: o Instituto de Referência para Prevenção de Câncer Ivete Sangalo, um espaço de 7,2 mil metros quadrados voltado para outros tipos de câncer além do de mama, como o de colo uterino, próstata, digestivo, boca e pele a ser inaugurado dentro de nossa instituição em fevereiro de 2010.

O Hospital do Câncer de Barretos é um dos mais conceituados no atendimento de pessoas com câncer de todo o mundo.

IRCAD (Institut de Recherche Contre les Cancers de l'Appareil Digestif)[editar | editar código-fonte]

IRCAD Brasil

O instituto de pesquisa contra o câncer no aparelho digestivo, é o mais importante centro de tecnologia e desenvolvimento na área de cirurgia do mundo, e o mais importante instituto de pesquisa de toda a Europa. Foi fundado em 1996, na cidade de Estrasburgo, França, pelo professor Jacques Marescaux, com objetivo de criar um centro onde cirurgiões, engenheiros, pesquisadores e técnicos em informática e robótica poderiam desenvolver novas tecnologias em cirurgias invasivas e investigações básica e aplicada, hoje possui somente mais uma unidade em Taiwan, e outro em implantação em Dubai. A cada ano, em média, 3500 cirurgiões provenientes de 70 países são treinados e supervisionados por 900 experts internacionais em cirurgias contra tumores no sistema digestivo. Uma unidade do IRCAD está sendo construída em uma área em frente ao Hospital do Câncer de Barretos e será entregue provavelmente em 2011, e terá como "madrinha" a primeira-dama francesa Carla Bruni, que virá em fevereiro na inauguração do IRCAD Barretos.

Santa Casa de Barretos[editar | editar código-fonte]

Santa Casa de Barretos

Localizada no centro de Barretos, foi inaugurada em 9 de janeiro de 1921. Porém, a ideia de sua criação surgiu quatro anos antes, em 1917. Nesse mesmo ano reuniram-se na residência do Padre José Martins, os integrantes da Comissão Promotora da Fundação da Casa de Misericórdia de Barretos (Drs. José Caldas, Henrique Pamplona de Menezes, Marcos Martins e Bráulio Vasconcellos (médicos), Padre José Martins, José Garcia Vassimon, Coronel Luciano de Mello Nogueira, Evaristo Pinto da Cruz, Francisco Conde, Fuzinato Bertazzi e João Machado de Barros). E a primeira pedra da Santa Casa foi lançada em 30 de junho de 1918.[8]

O provedor e diretor clínico eram à época da inauguração Dr. Pedro Paulo de Souza Nogueira e Dr. Henrique Pamplona de Menezes, respectivamente. O primeiro paciente atendido foi o Sr. Aníbal Calabrez.[8]

O hospital conta também com um moderno centro de distribuição e logística, sendo uma referência regional. Denominado C.A.R.M. - Central Administrativa de Recursos Materiais, tem como responsável uma farmacêutica bioquímica.

Ensino Superior em Barretos[editar | editar código-fonte]

As principais entidades de ensino superior da cidade são:

  • Faculdade de Ciências da Saúde de Barretos Dr. Paulo Prata: Curso de Medicina (http://www.facisb.edu.br/)
  • UNIFEB - Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos (http://www.unifeb.edu.br): 25 cursos e 7 cursos técnicos.
  • Faculdade Barretos: 9 cursos, sendo 3 técnicos (http://www.unibarretos.com.br).
  • ISEB - Instituto Superior de Educação de Barretos: 3 cursos.
  • IFSP - Instituto Federal de São Paulo (http://www.ifsp.edu.br/barretos): 3 cursos superiores com ingresso pelo ENEM-SISU ( Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Tecnologia em Gestão de Turismo e Licenciatura em Ciências Biológicas) e 3 cursos técnicos subsequentes (Agronegócio, Alimentos e Eventos), 2 cursos técnicos integrados (Agropecuária e Manutenção e Suporte em Informática), e técnico à distância (EAD) em Administração.
  • UAB - EAD, Oferta cursos superiores na modalidade de ensino à distância, sendo ofertado pelas melhores faculdades públicas do Brasil, dentre elas UNB ( Universidade federal de Brasília), UFSCar ( Universidade Federal de São Carlos), UFPar ( Universidade Federal do Paraná), etc, são ofertados também cursos de aperfeiçoamento e especialização de diversas áreas como oferta em pós graduação, na modalidade gratuita ofertados pelas melhores universidades públicas do Brasil, tudo isto no sistema de ensino da Universidade Aberta do Brasil, mantido pelo governo federal em parceria com os municípios.

Cultura[editar | editar código-fonte]

Festa do Peão[editar | editar código-fonte]

A cidade paulista sedia a já mundialmente famosa e reconhecida como uma das maiores festas de rodeio, Festa do Peão de Barretos organizada e promovida tradicionalmente pelo Clube Os Independentes de Barretos. A festa, apesar de atrair um grande público, também é alvo de duras críticas de grupos de direitos animais e proteção animal que alegam sofrimento nos métodos empregados nos rodeios - não só o de Barretos. A festa atrai em torno de um milhão de turistas para Barretos o que abriu novos caminhos como a construção de um grande parque aquático na cidade, o maior empreendimento de águas termais do estado de São Paulo.

Turismo[editar | editar código-fonte]

  • Marco Histórico

Situado à Rua 8, esquina com a Avenida 13. É o marco inicial e geográfico da cidade. Ou seja, todas as distâncias são medidas a partir deste ponto. Ali surgiram as primeiras residências da Fazenda Fortaleza de Francisco Barreto, que deram origem ao município. Mural com sete metros de altura, construído com projeto e consultoria de Cesário Ceperó e Pedro Pedozzi, tem em relevo as imagens da Família Barreto, do Divino Espírito Santo, padroeiro do município,e do brasão da cidade, com o lema: "Frates Sumus Omnes" (Somos Todos Irmãos).

  • Museu Municipal, Artístico e Cultural "Ruy Menezes"

Situado a Avenida 17, esquina com a Rua 16. Foi criado pelo município em abril de 1974 e recebeu como doação todo o acervo do Museu Ana Rosa, que funcionava em uma das salas do Colégio Mário Vieira Marcondes. A construção com data de 1907, já foi Prefeitura e sede do Poder Legislativo. É conhecido como o "Palácio das Águias".

  • North Shopping Barretos

Shopping na zona sul com praça de eventos, 3 salas de cinema, sendo 1 sala 3D, parque infantil, boliche, 5 lojas âncora e 105 lojas com diversidade de produtos e estacionamento para 800 veículos. Foi inaugurado em 5 de dezembro de 2010. Situado a Via Conselheiro Antônio Prado, n.º 1400. Vale a pena conhecer o complexo de cinemas com decoração única e o boliche. suas lojas com projetos arrojados, além de sofás gigantes em seus corredores, ambiente aconchegante.

  • Catedral do Divino Espírito Santo
Catedral Divino Espirito Santo

Situada na Praça Francisco Barreto, s/nº (Centro da Cidade). Por serem os fundadores devotos do Divino Espírito Santo, doaram oitenta e dois alqueires de terra à igreja e construíram a primeira capela. No final do século XIX, deu-se início a construção da catedral, tendo a frente o mestre Pagani Fioravante. A obra obedece o estilo romano de linhas soberbas com colunas olímpicas e imagens de santos, bem como obras de arte pintadas em vitrais e nas paredes.

  • Recinto Paulo de Lima Correia

Situado a Praça Nove de Julho. Foi inaugurado em março de 1945, servindo de palco para as grandes exposições agropecuárias e produtos derivados. É uma obra arquitetônica de beleza singular e considerada uma raridade no gênero, dado seu estilo ímpar. O recinto foi escolhido pelo Clube Os Independentes para ser o palco da Festa do Peão desde 1956 até 1984, sendo então o berço do Rodeio Brasileiro.

  • Praça da Primavera

Situado à Rua 18 com as avenidas 33 e 35.Com um bonito projeto paisagístico, esta praça é considerada a mais bela da cidade por exibir um clima de tranquilidade. Tem coreto, passagem de córrego com pontes e fonte luminosa.

  • Estação Cultura
    Estação ferroviária de cultura

A antiga estação ferroviária, construída no início do século XIX, foi desativada devido a retirada dos trilhos de dentro da cidade, ficou um tempo desativada, e depois foi totalmente reformada, agora é polo cultural sediando vários eventos populares durante o ano, vale lembrar que um pedaço do trilhos ainda está lá preservando a história da linha de ferro que trouxe desenvolvimento muito tempo atrás... anexo a estação, no antigo leito ferroviário, está em construção o "Passeio da tradição", que conta a história da cidade que se mistura com a chegada do frigorifico (o primeiro da América Latina) devido a linha férrea.

  • Região dos Lagos

Situado à Avenida Centenário da Abolição s/nº. Conjunto de quatro lagos ornamentais, abastecidos pelo Córrego do Aleixo, contando com ciclovias e amplas calçadas para a prática de atividades esportivas. Possui fonte luminosa que funciona a noite.

  • Calçadão

Situado à Praça Francisco Barretos, s/n.º. Espaço no centro da cidade para circulação exclusiva de pedestres, com planejamento paisagístico, infra-estrutura de bancos telefones públicos, bancas de revistas e quiosques. Centro da cidade.

  • UNIFEB – Fundação Educacional de Barretos

Situado à Avenida Professor Roberto Frade Monte, n.º 389. Telefone: 3322 6411. Faculdade com 14 opções de cursos superiores, mais cursos de nível técnico e um Centro de Pós-Graduação. O campus oferece laboratórios básicos e específicos, clínicas odontológicas, centro de informática, biblioteca, cantina e teatro com capacidade para 700 espectadores.

  • Cidade de Maria.

Situada na Vicinal Nadir Kenan, km 11. Foi inaugurada em 1981. Local erigido para abrigar congregações católicas e formar religiosos.

  • Rancho Nossa Senhora de Guadalupe.

Sito à vicinal Pedro Vicentini. Propriedade privada, construída no mais fiel estilo texano, para a criação de cavalo Quarto de Milha. Conta com administração, baias, capela e residência.

  • Parque do Peão de Boiadeiro de Barretos

Sito à Rodovia Brigadeiro Faria Lima, km 428. Inaugurado em 1985, o Parque do Peão de Barretos é uma área de aproximadamente cinquenta alqueires destinados a realização da Festa do Peão de Barretos, na segunda quinzena de Agosto. O parque conta com uma área para Feira Comercial, estacionamento para 10 mil veículos, Berrantão, Rancho do Peãozinho, Área de Camping, Rancho da Queima do Alho, Fazendinha, Hípica e o magnífico Estádio polivalente de Rodeio, projetado por Oscar Niemeyer, com capacidade para trinta e cinco mil pessoas sentadas.

  • Memorial do Peão de Boiadeiro.

Localizado dentro do Parque do Peão, o Memorial conta a história da Festa do Peão de Boiadeiro de Barretos e de seu fundador, o Clube Os Independentes. Inaugurado em agosto de 2005, o memorial tem o formato que lembra uma lona de circo, homenageando a lona sob a qual aconteceu a primeira Festa do Peão, em 1956.

Esportes[editar | editar código-fonte]

Barretos conta com um time de futebol profissional Barretos Esporte Clube que tem o seu estádio Antônio Gomes Martins com capacidade para 13.996 espectadores. No atletismo Caio Cezar Fernandes dos santos, campeão dos jogos olímpicos da juventude em Cingapura 2010 é o grande nome do município e sério candidato para ganhar uma medalha nos jogos olímpicos no Rio de Janeiro em 2016. Esse ano o Barretos Esporte Clube irá disputar a serie B1 do Campeonato Paulista.

Filhos Ilustres[editar | editar código-fonte]

Administração[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. Distâncias entre a cidade de São Paulo e todas as cidades do interior paulista. Visitado em 26 de janeiro de 2011.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2011 Censo Populacional 2011 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Visitado em 21 de setembro de 2013.
  6. Sistema de Monitoramento Agrometeorológico (Agritempo). Dados Meteorológicos - São Paulo. Visitado em 12 de dezembro de 2012.
  7. Página do Hospital de câncer de Barretos - Fundação Pio XII. Visitado em 07 de abril de 2010.
  8. a b Santa Casa de Misericórdia de Barretos - O hospital da vida - Histórico. Visitado em 7 de abril de 2010.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • ROCHA, Osório. Barretos de Outrora. 1954

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Barretos

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.