Alcântara (Maranhão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Alcântara
Alcântara

Alcântara
Bandeira de Alcântara
Brasão desconhecido
Bandeira Brasão desconhecido
Hino
Fundação 22 de dezembro de 1648
Gentílico alcantarense
Prefeito(a) Araquém (PT)
(2013–2016)
Localização
Localização de Alcântara
Localização de Alcântara no Maranhão
Alcântara está localizado em: Brasil
Alcântara
Localização de Alcântara no Brasil
02° 24' 32" S 44° 24' 54" O02° 24' 32" S 44° 24' 54" O
Unidade federativa  Maranhão
Mesorregião Norte Maranhense IBGE/2008[1]
Microrregião Litoral Ocidental Maranhense IBGE/2008[1]
Região metropolitana São Luís
Distância até a capital 30 km
Características geográficas
Área 1 483,232 km² [2]
População 21 852 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 14,73 hab./km²
Altitude 32 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,6 médio PNUD/2000[4]
PIB R$ 62 130,241 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 2 828,09 IBGE/2008[5]
Página oficial

Alcântara é um município do estado brasileiro do Maranhão.Integra a Região Metropolitana de São Luis. Sua população estimada em 2004 era de 22.165 habitantes. Possui uma área de 1495,6 km².

A zona do atual município era habitada por índios tupinambás, numa aldeia chamada Tapuitapera. Os franceses estabeleceram-se aqui no início do século XVII sendo expulsos pelos portugueses. A povoação foi elevada a vila de Santo António de Alcântara em 1648 e foi durante o período colonial um importante centro agrícola e comercial. No século XIX a cidade entra num período de decadência.

Perto de Alcântara, há um centro espacial do qual são lançados os veículos lançadores de satélites no âmbito da Missão espacial completa brasileira. É o CLA - Centro de Lançamento de Alcântara. Na América Latina o CLA é o único concorrente do Centro Espacial de Kourou situada na Guiana Francesa, mas ao contrário deste, o centro espacial brasileiro não opera lançamentos constantes em razão de atrasos logísticos e tecnológicos.

Fica também perto desta cidade a ilha do Cajual, um importante sítio arqueológico do Maranhão. A presença de fósseis de espécies que também viveram na África pode comprovar que a África e a América do Sul já foram um só continente. A cidade também é muito conhecida pelos seus doces de espécie. A festa do Divino Espírito Santo ("festa do Divino") é bastante difundida no estado, já que são aproximadamente 15 dias de festa durante a qual são servidos de graça "licores" e doces.

Galeria de Fotos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Maranhão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.