Lista de partidos políticos da Turquia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde julho de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Bandeira da Turquia

A Turquia é uma democracia parlamentar pluripartidária. Só os partidos que obtenham pelo menos 10% dos votos têm representação no parlamento, a Grande Assembleia Nacional. Estes são definidos como "partidos maiores", por oposição aos "partidos menores", os quais cumprem os requisitos do Comité Supremo de Eleições (Yüksek Seçim Kurulu) e cujos nomes já apareceram em boletins de voto.

Partidos representados no parlamento entre 2007 e 2011[editar | editar código-fonte]

Partido Sigla Nome em turco Ano
fundação
Ideologia Líder Nº de deputados
Partido da Justiça e Desenvolvimento AKP Adalet ve Kalkınma Partisi 2001 Conservadorismo, Liberalismo económico Recep Tayyip Erdoğan 236 
Partido Republicano do Povo CHP Cumhuriyet Halk Partisi 1919 Kemalismo, Social-democracia Kemal Kılıçdaroğlu 135 
Partido de Ação Nacionalista MHP Milliyetçi Hareket Partisi 1969 (histórico); 1993 (atual) Nacionalismo turco Devlet Bahçeli 53 
Partido para a Paz e Democracia BDP Barış ve Demokrasi Partisi 2008 Socialismo democrático, pró-curdo Selahattin Demirtaş 36 

Partidos menores sem representação parlamentar[editar | editar código-fonte]

Partido Sigla Nome em turco Ano
fundação
Partido Comunista da Turquia TKP Türkiye Komünist Partisi 1920 (histórico); 2001 (atual)
Partido Democrático DP Demokrat Parti 1946 (histórico); 2007 (atual)
Partido Democrático da Esquerda DSP Demokratik Sol Parti 1985
Partido da Igualdade e Democracia EDP Eşitlik ve Demokrasi Partisi 2010
Partido da Felicidade SP Saadet Partisi 2001
Partido da Liberdade e Solidariedade ÖDP Özgürlük ve Dayanışma Partisi 1996
Partido da Grande União BBP Büyük Birlik Partisi 1993
Partido Os Verdes YEŞİLLER Yeşiller Partisi 2008
Partido da Terra YP Yurt Partisi 2002
Partido da República Independente BCP Bağımsız Cumhuriyet Partisi 2002
Partido para uma Turquia Independente BTP Bağımsız Türkiye Partisi 2001
Partido Trabalhista EMEP Emek Partisi 1996
Partido Liberal Democrata LDP Liberal Demokrat Parti 1994
Partido da Pátria ANAP Anavatan Partisi 1983; 2009
Partido da Nação MP Millet Partisi 1992[nt 1]
Partido Nacional UP Ulusal Parti 2010
Partido Novo YENİPARTI Yeni Parti 2008[nt 2]
Partido da Ascensão do Povo HYP Halkın Yükselişi Partisi 2005
Partido da Voz do Povo HAS Halkın Sesi Partisi 2010
Partido Socialista Revolucionário dos Trabalhadores DSİP Devrimci Sosyalist İşçi Partisi 1997
Partido dos Direitos e Igualdade HEPAR Hak ve Eşitlik Partisi 2008
Partido Socialista Democrático TDP Toplumcu Demokratik Parti 2002
Partido da Democracia Socialista SDP Sosyalist Demokrasi Partisi 2002
Partido dos Direitos e Liberdades HAK-PAR Hak ve Özgürlükler Partisi 2002
Movimento para a Mudança na Turquia TDH Türkiye Değişim Hareketi 2009
Patido da Turquia TP Türkiye Partisi
Partido dos Trabalhadores İP İşçi Partisi 1992
Partido Jovem GP Genç Parti 2002

Partidos desaparecidos ou históricos[editar | editar código-fonte]

Nesta secção enumeram-se alguns dos partidos que foram extintos por uma razão ou por outra (dinâmicas internas, fusões, incapacidade para estabelecer bases eleitorais, intervenção governamental, nomeadamente a seguir aos golpes de estado, etc.). O partidos ilegalizados por tribunais extraordinários ou pelo Tribunal Constitucional são apresentados noutra secção.

Área política Partido Sigla Nome em turco Período Observações
Esquerda Partido Nova Turquia YTP Yeni Türkiye Partisi 2002-2004 Fundado em 2002 por cisão do Partido Democrático da Esquerda (DSP), juntou-se ao CHP em 2004.
Esquerda Partido da Social Democracia SODEP Sosyal Demokrat Parti 1983-1985 Criado em 1983 por İsmet İnönü e outros ex-membros do Partido Republicano do Povo (CHP). Fundiu-se com o Partido do Povo (Halkçı Parti) em 1985 para formar o SDHP.
Esquerda Partido do Povo HP Halkçı Parti 1983-1985 Fundado em 1983 por ex-membros do CHP que não concordavam com İsmet İnönü (que fundou o SODEP). Fundiu-se com o SODEP para formar o SDHP.
Esquerda Partido Social Democrata Populista SDHP Sosyaldemokrat Halkçı Parti 1985-1995 Resultante da fusão do SODEP e do HP ocorrida em 1985. Fundiu-se no CHP em 1995.
Esquerda Partido Popular da Democracia de Esquerda DSHP Demokratik Sol Halk Partisi 2009-2010 Fundado por dissidentes do Partido Democrático da Esquerda (DSP) liderados por Rahşan Ecevit, a esposa do ex-primeiro-ministro Bülent Ecevit, que em 2010 viria a aderir ao CHP. Foi autodissolvido em junho de 2010.
Esquerda Partido Social Democrático SHP Sosyaldemokrat Halk Partisi 2002-2010 Fundado por dissidentes do CHP liderados por Murat Karayalçın, ex-prefeito de Ancara. Foi dissolvido em 2010, tendo dado origem ao Partido da Igualdade e Democracia (Eşitlik ve Demokrasi Partisi, EDP).
Liberal Partido Republicano Liberal SCF Serbest Cumhuriyet Fırkası anos 1920 Fundado por Ali Fethi Okyar nos primeiros anos da república, nos anos 1920, por sugestão de Atatürk, foi o único partido da oposição enquanto durou. Autodissolveu-se em 1930.
Liberal Partido da Liberdade HP Hürriyet partisi 1955-1958 Criado em 1955 por dissidentes do Partido Democrático. Autodissolveu-se em 1958 e a maior parte dos seus membros aderiu ao CHP.
Liberal Partido Liberal Democrata (1986) HDP Hür Demokratik Parti 1986-1986 Formado por ex-membros do Partido Nacionalista da Democracia (MDP) em 1986, quando esse partido se autodissolveu, seria extinto meses depois, tendo muitos dos seus membros aderido ao Partido da Pátria (ANAP).
Liberal Movimento Nova Democracia YDH Yeni Demokrasi Hareketi 1994-1997 Fundado por um conjunto de empresários e académicos liderados por Cem Boyner e do qual fazia parte, entre outros, Kemal Derviş e Etyen Mahçupyan. Em 1997 juntou-se ao Partido da Paz (BP).
Liberal Partido da Paz BP Barış Partisi 1996-1999 Fundado pelo empresário e ex-deputado do CHP Ali Haydar Veziroğlu, em 1997 teve a adesão do Movimento Nova Democracia. Autodissolveu-se em 1999 após ter alacançado apenas 0,25% dos votos das eleições gerais de desse ano.
Conservador, centro-direita Partido Democrático (1946) DP Demokrat Parti 1946-1961 Fundado em 1946, foi ilegalizado em 29 de setembro de 1961. Em 2007 o Partido da Via Justa mudou de nome para Partido Democrático, reclamando a herança do antigo partido.
Conservador, centro-direita Partido da Nação (1948) MİLLET Millet Partisi 1948-1954 Foi fundado, entre outros, por Fevzi Çakmak em 1948 e esteve ativo até 1954, quando foi ilegalizado; reapareceu entre 1962 e 1977.
Conservador, centro-direita Partido Nova Turquia (1961) YTP Yeni Türkiye Partisi 1961-1973 Sem relação com o partido homónimo criado em 2002. Foi fundado em 1961, sendo um dos vários partidos criados na altura para preencher o espaço do Partido Deemocrático. A sua figura mais destacada foi Adnan Menderes. Desapareceu em 1973, tendo os seus membros de então aderiram ao Partido da Justiça.
Conservador, centro-direita Partido da Justiça AP Adalet Partisi 1962-1980 Outro sucessor do Partido Democrático, foi fundado em 1962, um dos seus líderes mais destacados foi Süleyman Demirel. Afirmava-se kemalista e defendia uma democracia e economia de estilo ocidental, apoiando fortemente a presença da Turquia na OTAN e relações estreitas com os Estados Unidos. Foi ilegalizado e extinto em 12 de setembro de 1980.
Conservador, centro-direita Partido Grande Turquia BTP Büyük Türkiye Partisi 1983-1983 Partido efémero, foi proibido no mesmo ano em que foi criado (1983). Alguns dos seus membros formaram depois o Partido da Via Justa (Doğru Yol Partisi; DYP).
Conservador, centro-direita Partido Democrático (1970) DP Demokratik Parti 1970–1980 Fundado em 1970 por dissidentes do Partido da Justiça (AP); autodissolveu-se em maio de 1980.
Conservador, centro-direita Partido do Centro Democrático DMP Demokratik Merkez Partisi 1990-1991 Fundado em 1990, em 1991 fundiu-se com o DYP.
Conservador, centro-direita Partido da Via Justa DYP Doğru Yol Partisi 1983-2007 Fundado em 1983 por Suleyman Demirel, em 2007 juntou-se com o ANAP para formar o novo Partido Democrático.
Nacionalista Partido dos Camponeses e da Nação CKMP Cumhuriyetçi Köylü Millet Partisi 1958-1969 Resultante da fusão de dois partidos. É um dos antecessores do Partido de Ação Nacionalista (MHP)
Nacionalista Partido Trabalhista Nacionalista MÇP Milliyetçi Çalışma Partisi 1983-1993 É um dos antecessores do Partido de Ação Nacionalista (MHP)
Nacionalista Partido Nacionalista da Democracia MDP Milliyetçi Demokrasi Partisi 1983-1986 Quando se autodissolveu em 1986, os seus membros dividiram-se em três grupos: uns aderiram ao Partido da Pátria (ANAP), outros ao Partido da Via Justa (DYP) e outros formaram o pequeno e efémero Partido Liberal Democrata (Hür Demokratik Parti, HDP).
Islâmico Partido de Salvação Nacional MSP Millî Selâmet Partisi 1972-1981 Fundado em outubro de 1972 como sucessor do Partido da Ordem Nacional (MNP), foi liderado por Necmettin Erbakan, que depois seria primeiro-ministro entre 1996 e 1997. Foi extinto em 1981.
Islâmico Partido do Desenvolvimento Nacional MKP Milli Kalkınma Partisi 1945-1958 Fundado em 1945, autodissolveu-se pouco depois da morte do seu líder, Nuri Demirağ.

Partidos ilegalizados[editar | editar código-fonte]

Partidos ilegalizados por tribunais extraordinários ou pelo Tribunal Constitucional. Algumas destas ilegalizações foram consideradas violações à Convenção Europeia dos Direitos Humanos pelo Tribunal Europeu dos Direitos Humanos.

Área política Partido Sigla Nome em turco Período Observações
Esquerda Partido dos Trabalhadores da Turquia TİP Türkiye İşçi Partisi 1961-1988 Não confundir com o Partido dos Trabalhadores fundado em 1992. Foi ilegalizado a seguir aos golpes militares de 1971 e 1980. Em 1988 com o Partido Comunista da Turquia (TKP).
Esquerda Partido Comunista Unido da Turquia TBKP Türkiye Birleşik Komünist Partisi 1988-1991 Resultante da fusão do TİP e do TKP, ambos banidos, foi fundado na clandestinidade em 1988, a seguir à prisão dos dois ex-líderes daqueles partidos. Foi legalizado em 1990 e ilegalizado no ano seguinte. Está na origem do Partido da Liberdade e Solidariedade (Özgürlük ve Dayanışma Partisi, ÖDP).
Islâmico Partido Republicano Progressista TCF Terakkiperver Cumhuriyet Fırkası 1924-1925 Foi o segundo partido político da Turquia. Apesar de se intitular liberal, foi acusado de ter orientação islâmica e foi banido a seguir à rebelião do Xeque Said
Islâmico Partido da Ordem Nacional MNP Millî Nizam Partisi 1970-1971 Defensor da ideologia Millî Görüş (lit.: Visão Nacional), foi fundado por Necmettin Erbakan, que depois seria primeiro-ministro entre 1996 e 1997. Foi banido por se considerar que as suas posições islâmicas violavam o secularismo inscrito na Constituição. O seu sucessor foi o Partido de Salvação Nacional (Millî Selâmet Partisi, MSP).
Islâmico Partido do Bem Estar RP Refah Partisi 1983-1998 Fundado por antigos líderes do MNP e do MSP, ambos banidos. Foi ilegalizado em 1998 por violar o secularismo constitucional.
Islâmico Partido da Virtude FP Fazilet Partisi 1997-2001 Fundado por ex-membros do MNP, MSP e RP. A deputada eleita pelo FP Merve Kavakçı foi impedida de prestar juramento no parlamento devido a usar hijab (lenço islâmico); posteriormente ser-lhe-ia retirada a cidadania turca. O partido foi banido em 2001 por violar o secularismo constitucional. Os deputados do partido fundaram depois o Partido da Justiça e Desenvolvimento (Adalet ve Kalkınma Partisi, AKP) e o Partido da Felicidade (Saadet Partisi, SP).
Pró-curdo Partido Popular do Trabalho HEP Halkın Emek Partisi 1990-1993 Fundado por sete deputados do SHP expulsos desse partido pelas suas posições pró-curdas, o HEP foi ilegalizado com base nas mesmas acusações.
Pró-curdo Partido da Democracia DEP Demokrasi Partisi 1993-1994 Após ser ilegalizado, deu origem ao HADEP.
Pró-curdo Partido da Democracia do Povo HADEP Halkın Demokrasi Partisi 1994-2003 Foi ilegalizado em 2003 por se considerar que apoiava o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), apesar da posição oficial do partido o negar tal apoio. Em 1999 já tinha estado à beira de ser ilegalizado porque um homem mascarado substituiu a bandeira turca pela bandeira do PKK num congresso do partido. O HADEP deu origem ao DEHAP.
Pró-curdo Partido Democrático do Povo DEHAP Demokratik Halk Partisi 1997-2003 Sucessor do HADEP, foi ilegalizado em 2003 por alegadas ligações ao PKK. Em 2005 fundiu-se com o Movimento Sociedade Democrática (Demokratik Toplum Hareketi, DTH) para formar o DTP.
Pró-curdo Partido da Sociedade Democrática DTP Demokratik Toplum Partisi 2005-2009 Partido fundado pela fusão do DEHAP e do Movimento Sociedade Democrática (DTH). Afirmava-se social-democrata e chegou a ser observador na Internacional Socialista. Foi ilegalizado por «desenvolver atividades contra a unidade indivisível do estado, país e nação». Deu origem ao atual Partido para a Paz e Democracia (Barış ve Demokrasi Partisi, BDP).

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. O Partido da Nação (Millet Partisi) é o terceiro partido com este nome. O atual foi fundado em 1992 e os outros em 1948 e 1962.
  2. O Partido Nacional (Ulusal Parti) atual foi fundado em 2008, mas existiu um anterior fundado em 1993.