Anonymus Gourmet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2009).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Anonymus Gourmet
Informação geral
Formato
Duração 31 minutos
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Apresentador(es) José Antônio Pinheiro Machado
Tema de abertura "Anonymus", Orquestra McQueen (Porto Alegre)
Exibição
Emissora de
televisão original
Canal Rural, TVCOM
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 1995 - presente
N.º de temporadas 2

Anonymus Gourmet é um programa de televisão brasileiro sobre culinária. É apresentado por José Antônio Pinheiro Machado. Vai ao ar na RBS TV, e também é exibido pela TVCOM, do Grupo RBS.

O personagem Anonymus foi criado por ele em 1982, no livro O brasileiro que ganhou o Prêmio Nobel, que tinha como subtítulo Uma Aventura de Anonymus Gourmet.

O programa Anonymus Gourmet começou junto com a TVCOM e, no início, era um programa semanal. Depois passou a ser apresentado diariamente e, desde 5 de abril de 2003, além do espaço diário na TVCOM, o Anonymus Gourmet ganhou também um programa na RBS TV, aos sábado pela manhã. O objetivo do programa é sempre apresentar receitas simples, fáceis, baratas e saborosas com um truque ou toque do Anonymus.

Os dois programas na TVCOM têm a mesma duração: entre 20 e 22 minutos de produção, mas se diferem nas receitas. Na TVCOM, elas são um pouco mais elaboradas, há espaços para pães e doces com Márcia Lutz e Linda Lutz, respectivamente. Na RBS TV, um canal aberto, o Anonymus procura receitas ainda mais simples e baratas, mas que encantem pela beleza e pelo sabor. Os programas fazem parte do núcleo de Produção da RBS TV que tem na gerência Silvio Barbizan, direção de William Mayer e produção de Adam Scheffel.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]