Antroponímia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Criação de Adão de Michelangelo

Antroponímia (do grego άνθρωπος, "pessoa" e ὀνομα, "nome") é a divisão da onomástica que estuda os antropónimos (português europeu) ou antropônimos (português brasileiro), ou seja, os nomes próprios de pessoas, sejam prenomes ou apelidos de família, explicando sua origem, evolução e variação em função de local, época e costumes.

Classificação[editar | editar código-fonte]

Existem várias formas de classificação dos antropônimos:

Uso[editar | editar código-fonte]

Origem do nome[editar | editar código-fonte]

Para permitir a designação entre as pessoas, atribuíam-se (pre)nomes com base em diversas origens tais como:

  • localidade: Guimarães
  • ofício: Ferreira, Sapateiro
  • hieronônimos: Francisco, Pedro, Jesus, Maria
  • qualidade: Celina, Bela

O segundo nome inicialmente serviria para especificar com mais precisão a quem se estaria referindo:

  • João Oliveira: o João que planta ou vende oliveiras
  • João Guimarães: o João que é de Guimarães
  • João Serra: o João que vive na serra

Alteração[editar | editar código-fonte]

  • aglutinação: "Cláudio" + "Leonor"→ Claudionor
  • transposição: Thomas Woodrow Wilson→ Wilson Silva

Assuntos correlatos[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário