Arquidiocese de Aracaju

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Arquidiocese de Aracaju
Archidiœcesis Aracaiuensis
Localização
País Brasil
Dioceses Sufragâneas Diocese de Estância
Diocese de Propriá
Estatísticas
Área 7,048 km²
Informação
Rito romano
Criação da Diocese 3 de janeiro de 1910
Elevação a Arquidiocese 30 de abril de 1960
Padroeiro Nossa Senhora da Imaculada Conceição e São Pio X
Governo da Arquidiocese
Arcebispo José Palmeira Lessa
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana (Região Nordeste 3)
Contatos
Endereço Praça Mons. Olímpio de Campos, 228
Página Oficial www.arquidiocesedearacaju.org

A Arquidiocese de Aracaju (Archidioecesis Aracaiuensis) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica no Brasil. É a Sé Metropolitana da Província Eclesiástica de Aracaju. Pertence ao Conselho Episcopal Regional Nordeste III da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. A está na cidade de Aracaju, no estado de Sergipe.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Diocese de Aracaju[editar | editar código-fonte]

A Diocese de Aracaju foi ereta pelo papa Pio X, no dia 3 de janeiro de 1910, por meio da bula papal Divina disponente clementia, a partir de território desmembrado da Arquidiocese de São Salvador da Bahia.

O seu primeiro bispo foi Dom José Thomas Gomes da Silva, que assumiu o governo desta diocese em 1911, cessando apenas com a sua morte, em 1948. Desde 1913, existe o Seminário Menor, fundando pelo primeiro bispo. O segundo bispo, Dom Fernando Gomes dos Santos, assumiu a direção dos trabalhos da diocese em 1949 e permaneceu até 1957, quando foi transferido para Goiânia. Ele fundou o Seminário Maior de Aracaju, que foi fechado, alguns anos depois. Dom José Vicente Távora, o terceiro bispo assumiu a diocese em 1958 e, após um episcopado de doze anos incompletos, faleceu, deixando a sede vacante.

Arquidiocese de Aracaju[editar | editar código-fonte]

No dia 30 de abril de 1960, o Papa João XXIII, por meio da bula Ecclesiarum omnium, elevou a diocese à categoria de arquidiocese e sé metropolitana, sendo Dom José Vicente Távora o seu primeiro arcebispo. Dom Távora teve por bispo auxiliar Dom Nivaldo Monte (1963-1965) e Dom Luciano Cabral Duarte (1966-1970). Com a morte de Dom Távora, Dom Luciano Cabral Duarte assumiu a Arquidiocese como pastor próprio. Um de seus mais empenhados trabalhos foi o da reanimação vocacional, reabrindo o Seminário Menor e incentivando a oração pelas vocações.

Demografia e paróquias[editar | editar código-fonte]

Em 2004, a arquidiocese contava com uma população aproximada de 1.080.395 habitantes, com 86,1% de católicos. O território da diocese é de 7.048 km.2, organizado em 68 paróquias.

A Arquidiocese está organizada em quatro Vicariatos: Vicariato São João Evangelista, Vicariato São Lucas, Vicariato São Marcos e Vicariato São Mateus.

Bispos e Arcebispos[editar | editar código-fonte]

Nome Período Notas
Arcebispos
Dom José Palmeira Lessa 1998 Atual.
Dom Luciano José Cabral Duarte 1971-1998 Arcebispo Emérito.
Dom José Vicente Távora 1960-1970
Bispos
Dom Henrique Soares da Costa 2009-2014 Bispo auxiliar.
Dom Dulcênio Fontes de Matos 2001-2006 Bispo auxiliar.
Dom Edvaldo Gonçalves Amaral, SDB 1975-1980 Bispo auxiliar.
Dom Hildebrando Mendes Costa 1981-1986 Bispo auxiliar.
Dom João Maria Messi, OSM 1988-1995 Bispo auxiliar.
Dom Nivaldo Monte 1963-1967 Bispo auxiliar.
Dom José Vicente Távora 1957-1960
Dom Fernando Gomes dos Santos 1949-1957
Dom José Thomas Gomes da Silva 1911-1948


Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Small Mitre.svg Arquidioceses Católicas do Brasil Bandeira do Brasil
Aparecida | Aracaju | Belém do Pará | Belo Horizonte | Botucatu | Brasília | Campinas | Campo Grande | Cascavel | Cuiabá | Curitiba | Diamantina | Feira de Santana | Florianópolis | Fortaleza | Goiânia | Juiz de Fora | Londrina | Maceió | Manaus | Mariana | Maringá | Montes Claros | Natal | Niterói | Olinda e Recife | Palmas | Paraíba | Passo Fundo | Pelotas| Porto Alegre | Porto Velho | Pouso Alegre | Ribeirão Preto | Santa Maria | São Luís do Maranhão | São Paulo | São Salvador da Bahia | São Sebastião do Rio de Janeiro | Sorocaba | Teresina | Uberaba | Vitória do Espírito Santo | Vitória da Conquista


Small Mitre.svg Circunscrições eclesiásticas católicas do Brasil — Regional Nordeste III
(Bahia e Sergipe)
Bahia

Sergipe

Mapa do Brasil destacando em vermelho a área de abrangência da Regional Nordeste III: os estados da Bahia e de Sergipe.
Mapa das províncias da Regional NE 3.

Província Eclesiástica de São Salvador da Bahia
Amargosa | Itabuna | Ilhéus | Eunápolis | Alagoinhas | Teixeira de Freitas-Caravelas | Camaçari
Província Eclesiástica de Vitória da Conquista
Jequié | Bom Jesus da Lapa | Caetité | Livramento de Nossa Senhora
Província Eclesiástica de Feira de Santana
Bonfim | Barreiras | Ruy Barbosa | Barra | Paulo Afonso | Irecê | Juazeiro | Serrinha
Província Eclesiástica de Aracaju
Propriá | Estância



Bandeira do Vaticano Arquidioceses e Dioceses de Sergipe Bandeira de Sergipe

Arquidiocese de Aracaju
Diocese de Estância | Diocese de Propriá